Energy quality of waste from Brazil nut (bertholletia excelsa), in the state of Pará / Qualidade energética de resíduos da castanha-do-Brasil (bertholletia excelsa), no estado do Pará

Dálleth Thauanny de Oliveira Pereira, João Rodrigo Coimbra Nobre, Maria Lúcia Bianchi

Abstract


A quantidade de resíduos que são descartados da castanha-do-Brasil gerados na extração de um fruto é de 1,6 kg de casca e 2 kg de ouriço. Uma alternativa de utilização para esses resíduos é a produção de energia. Logo, o objetivo do presente trabalho é analisar o poder calorífico da casca da castanha-do-Brasil e o rendimento do carvão produzido a partir desse resíduo, afim de conhecer o potencial energético do mesmo. Os resíduos da castanha foram coletados no município de Castanhal-PA. Parte do material foi triturado e peneirado com granulometria de 40, 60, 100, 200 e 270 mesh e acondicionados em sala de climatização para a realização das análises e a parte in natura foi carbonizada em forno tipo Mufla com temperatura de 450º por 60 minutos. O rendimento gravimétrico foi determinado pela massa do carvão seco dividido pela massa da madeira seca, multiplicado por 100 e o poder calorífico superior (PCS) determinado segundo a norma ABNT NBR 8633/84 e conforme o manual do calorímetro PARR 1201, além da determinação do poder calorífico inferior (PCI) e poder calorífico líquido (PCL). O resultado de rendimento gravimétrico da carbonização encontrado para os resíduos de Bertholletiaexcelsa foi de 41,67%. O poder calorífico superior para o carvão foi de 7092,5 kcal/kg, para poder calorífico inferior, 6905,6 kcal/kg e 6877,4 kcal/kg para poder calorífico líquido. Esses resultados estão relacionados a composição química e elementar da carbonização, determinando assim o potencial dos resíduos para serem utilizados com fins energéticos.


Keywords


biomassa; carvão vegetal; rendimento; poder calorífico.

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. NBR 8633/84.

Determinação do poder calorífico superior. 13p. 1984.

CARMONA, I.N.; SAMPAIO, J.S.; ANDRADE, F.W.C.; JÚNIOR, C.D.C.; JUNIOR, S.M.O.M.; MOREIRA, L.S.; MOUTINHO, V.H.P. Potencial energético da biomassa e carvão vegetal de resíduos de Castanha-do-pará (Bertholletia excelsaBonpl.). CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA MADEIRA, 3, 2017. Resumos. Florianópolis, 2017.

DOAT, J.; PETROFF, G. La carbonizationdes bois tropicaux. RevueetForetsdesTropíques. Nogent-sur-Harne, 55-72, 1975.

FAUSTINO, C. de L.; WADT, L. de O. Resistência mecânica do pericarpo de frutos de Bertholletia excelsaBonpl. (Lecythidaceae). Ciência da Madeira, Pelotas, v. 5, n. 1, p. 25-33, 2014.

FERREIRA, B. Pesquisadores fazem tijolo com cascas e caroços. Globo Rural, 17 jun. 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 de junho de 2018, 14:15:22.

GONÇALVES, J. D. Equilíbrio líquido-líquido dos sistemas biodiesel de castanha do brasil + metanol + (glicerina ou água): determinação experimental e modelagem termodinâmica. 2013. 121p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

LEANDRO, R.I.M.; ABREU, J.J.C.; MARTINS, C.S.; SANTOS, I.S.; BIANCHI, M.L.; NOBRE, J.R.C. Determinação das características elementares, químicas e de energia dos resíduos da castanha do Brasil (Bertholletia excelsa) no estado do Pará. In: CONFERÊNCIA DE BIOMASSA E BIOENERGIA, 2018. Resumos. Sorocaba, 10 a 12 de abril de 2018.

NOBRE, J. R. C. Produção e qualidade do carvão ativado de resíduos de madeira de espécies do estado do Pará. 2013. 115p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.

NOGUEIRA, R.M; RUFFATO, S.; CARNEIRO, J.S; PIRES, E.M.; ÁLVARES, V.S. Avaliação da carbonização do ouriço da castanha-do-Brasil em forno tipo tambor.ScientificElectronicArchives, v. 6, p. 7-17, 2014.

OLIVEIRA, J.M.C.; LOBO, P.C. Avaliação do potencial energético de resíduos de biomassa amazônica. In: Encontro de Energia no Meio Rural, 4, 2002, Campinas. Anais. Campinas, 2002.

SANTIAGO, F. L. S. Aproveitamento de resíduos florestais de Eucalyptus spp. na indústria de fabricação de celulose para geração de energia térmica e elétrica. 2013.

p. Tese (Doutorado em Agronomia) – Faculdade de Ciências Agronômicas,

Universidade Estadual de São Paulo, Botucatu, 2013.

SILVA, J.C.; BARRICHELO, L.E.G.; BRITO, J.O. Endocarpos de babaçu e de macaúba comparados a madeira de Eucalyptusgrandis para a produção de carvão vegetal. IPEF, n.34, p.31-34. 1986.

VALE, A.T.; MENDES, R.M.; AMORIM, M.R.S.; DANTAS, V.F.S. Potencial energético da biomassa e carvão vegetal do epicarpo e da torta de pinhão manso (Jatrophacurcas). Revista Cerne, Lavras, v. 17, n. 2, p. 267-273, abr./jun. 2011.

VILAS BOAS, M.A.; CARNEIRO, A.C.O.; VITAL, B.R.; CARVALHO, A.M.L.; MARTINS, M.A. Efeito da temperatura de carbonização e dos resíduos de macaúba na produção de carvão vegetal. Scientia Forestalis. V.38, n.87, p. 481-490. 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.