A satisfação e o comprometimento no trabalho numa instituição filantrópica de João Pessoa - PB / Satisfaction and commitment to workin a philanthropic institution of João Pessoa – PB

Allisson Silva dos Santos, Reginaldo Elias Chaves, Ana Lúcia Ladislau de Azevedo, Thiago Gomes Gama, Maria Luiza da Costa Santos

Abstract


Nas organizações do século XXI deve-se estabelecer uma maior atenção às necessidades existentes dos colaboradores que ali perpassam diariamente. Com isso, aspectos de satisfação, como também, o entendimento de como surge o comprometimento com o trabalho não podem se tornar despercebidos. Assim posto, este estudo tevecomo objetivo geral compreender a relação entre a satisfação dos colaboradores e o comprometimento com o trabalho em uma Instituição Filantrópica na cidade de João Pessoa – PB, que tem como missão cuidar de criançasportadoras de câncer e, devido ao caráter filantrópico, traz, em seu cerne, a característica principal da não lucratividade em sua atuação. Para fundamentar essa compreensão apresentaram-se percepções de estudiosos sobre as temáticas satisfação e comprometimento no trabalho. Para a coleta de dados da pesquisa, considerada de abordagem quanti-qualitativa, utilizou-se de uma amostra aleatória simples por conveniência de 10 colaboradores. Os dados foram analisados fazendo-se uso de medidas estatísticas simples (frequência e percentual), da análise de conteúdo e confrontados com a literatura que subsidiou o estudo. Os resultados apontam que, na Instituição estudada, registram-se níveis elevados de satisfação das necessidades dos colaboradores, por ser atendido de maneira positiva os fatores higiênicos e motivacionais que foram exaltados no estudo, como: remuneração, boas condições estruturais físicas, bom relacionamento interpessoal, trabalho dinâmico e desafiante, o alcance de objetivos pessoais e profissionais e oportunidades de progresso. Foi observado que os colaboradores apresentam um forte comprometimento com as tarefas laborais e com a organização em si, envolvendo os três tipos de comprometimento evidenciados no estudo, com predominância do comprometimento afetivo, no que se refere ao sentimento de orgulho em pertencer à organização.


Keywords


Satisfação, Comprometimento, Instituição Filantrópica.

References


BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Portugal. Edições 70, LDA, 2009.

BASTOS, Antonio Virgílio B; BRANDÃO, Margarida G. A; PINHO, Ana Paula M. Comprometimento organizacional: uma análise do conceito expresso por servidores universitários no cotidiano de trabalho. Revista de Administração Contemporânea. Curitiba, v. 1, n. 2, mai./ago., 1997, p. 97-120.

BRITO, A. P. M. P.; BASTOS, A. V. B. O schema de ‘trabalhador comprometido’ e gestão do comprometimento: um estudo entre gestores de uma organização petroquímica. Organizações e Sociedade, Salvador, v. 8, n. 22, 2001.

COSTA, Francisco José da. Mensuração e Desenvolvimento de Escalas: Aplicações em Administração. Rio de Janeiro: Ciência Moderna Ltda, 2011.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HERZBERG, F. One more time: how do you motivate employees? Harvard Business Review, 1968.

HITT Michael A; MILLER, C. Chet; COLELLA, Adrienne. Comportamento organizacional. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2013.

MEYER J. P.; ALLEN, N. J. A three-component conceptualization of organizational commitment. Human Resource Management Review, p. 61-98, 1991.

PEREIRA, Milton et al (Org.). Gestão para Organizações Não Governamentais. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2013.

RIBEIRO, J. A; BASTOS, A. V. B.Comprometimento e justiça organizacional:um estudo de suas relações com recompensasassimétricas. Psicologia: Ciência e Profissão. Salvador: UFBA, v.30, n. 1, 2010, p. 4-21.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento organizacional. 11. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

ROBBINS, Stephen P. Fundamentos do comportamento organizacional. 8. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

SILVA, Edna Lúcia da; MENEZES, EsteraMuszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3. ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino A Distância da UFSC, 2001.

SPECTOR, Paul E. Psicologia nas organizações. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.