Desempenho de sementes de soja submetidas a tratamento com fungicida/inseticida e períodos de armazenamento / Performance of soybean seeds submitted to fungicidal/insecticide treatment and storage periods

Gabriel de Oliveira Dorneles, Rodolpho Gonçalves Silveira, Vagner Portes Guesser Guesser, Elizete Beatriz Radmann, Eloir Missio

Abstract


O tratamento de sementes com fungicidas/inseticidas é indispensável para controle das principais pragas iniciais em soja e, é realizado na unidade básica de sementes ou na propriedade rural. As sementes tratadas são semeadas logo após tratadas, mas às vezes, ficam armazenadas por longo período até semeadura, e são desconhecidos os efeitos do tratamento e tempo de armazenagem na qualidade das mesmas. O objetivo foi avaliar a influência do tratamento de sementes de soja com Standak Top® (piraclostrobina, tiofanato metílico e fipronil) influência na qualidade inicial, em diferentes períodos de armazenagem. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições, onde sementes da cultivar Nidera 5909 RG, foram tratadas com 2 ml de produto comercial por kg de sementes e armazenadas por sete períodos (0, 7, 14, 21, 28, 35 e 42 dias), além de testemunha sem tratamento e armazenagem. Avaliou-se a porcentagem de germinação (G), comprimento de parte aérea (CPA) e comprimento de raízes (CR) das plântulas e conclui-se que tratamento de sementes com Standak Top® em diferentes períodos de armazenamento não interfere na G, enquanto que o CPA e CR sofre influência do tratamento e tempo de armazenagem. Sementes tratadas e armazenadas por 7 e 14 dias propiciaram maior CPA enquanto que a armazenagem por 14 e 21 dias, refletiram em maior CR de plântulas.

 

 


Keywords


Glycine max L., vigor, germinação, semeadura, estabelecimento de plântulas.

References


ALMEIDA, A. S.; VILLELA, F. A.; MENEGHELLO, G. E.; LAUXEN, L. R.; DEUNER, C. Desempenho fisiológico de sementes de aveia-preta tratadas com tiametoxam. Semina: Ciências Agrárias, Londrina v. 33, n. 5, p. 1619-1628, set./out. 2012.

BARROS, R. G.; BARRIGOSSI, J. A. F.; COSTA, J. L. S. Efeito do armazenamento na compatibilidade de fungicidas e inseticidas, associados ou não a um polímero no tratamento de sementes de feijão. Bragantia, Campinas, v. 64, n. 3, p.459-465, mai. 2005.

BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: MAPA/ACS, 399p, 2009.

BRZEZINSKI, C. R.; HENNING, A. A.; ABATI, J.; HENNING, F. A.; FRANÇA-NETO, J. B.; KRZYZANOWSKI, F. C.; ZUCARELI, C. Seeds treatment times in the establishment and yield performance of soybean crops. Journal of Seed Science, Londrina, v. 37, n. 02, p. 147-153, abr./jun. 2015.

CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento Safra Brasileira de Grãos, v. 5 - Safra 2017/18, n. 11 - Décimo Primeiro Levantamento, Brasília, ago. 2018.148p. Disponível em: https://www.conab.gov.br/info-agro/safras. Acesso em: 22 ago. 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência & Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, nov./dez., 2011.

FRANÇA NETO, J. B.; KRZYZANOWSKI, F. C.; HENNING, A. A.; PÁDUA, G. P. Tecnologia de produção de Soja: Tecnologia da produção de semente de soja de alta qualidade, Informativo – Abrates, v. 20, n.3, p. 26-32, out. 2010.

PEREIRA, C. L., GARCIA, M. M., BRACCINI, A. L., PIANA, S. C., FERRI, G. C., MATERA, T. C., FELBER, P. H., MARTELI, D. C. V. Efeito da adição de biorregulador ao tratamento industrial sobre a qualidade de sementes de soja (Glycine max (L.) Merr.) aos sessenta dias de armazenamento convencional. Revista Colombiana de Investigaciones Agroindustriales. v. 3, nº 1, p. 15-22, nov. 2016.

PICCININ, G. G.; BRACCINI A. L.; DAN, L. G. M.; BAZO, G. L.; LIMA, L. H. S. Influência do armazenamento na qualidade fisiológica de sementes de soja tratadas com inseticidas, Ambiência, v.9, n. 2, p. 289-298, mai. /ago. 2013.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.