Associação entre asma e rinite alérgica em pacientes pediátricos atendidos em ambulatório especializado / Association between asma and allergic rhinitis in pediatric patients treated in specialized outpatient

Debora Carinhato Thomaz, Juliana Cintra Teixeira, Mariana Rodrigues Castilho de Oliveira, Rosa Aparecida Ferreira e Parreira

Abstract


No mundo industrializado, estima-se que 30-50% da população pediátrica apresenta sensibilização alergênica. No Brasil, oInternationalStudyof Asma ofAllergies in Childhood(ISAAC)constatou que as prevalências de asma e rinite alérgica foram 21% e 39%, respectivamente.Estas patologias frequentemente coexistem,sendo que a rinite é, atualmente, reconhecido fator de riscopara desenvolvimento e agravamento da asma. Ambas as doenças interferem na qualidade de vida com prejuízos para o sono, no rendimento escolar e limitação das atividades de lazer e esportivas. Foi objetivo do presente estudoavaliar a prevalência de crianças com rinite alérgica e asma em seguimento em ambulatório especializado; verificando a interferência do histórico familiar nessas patologias.Foram analisados os prontuários de 109 pacientes, sendo 61 (55,96%) do sexo masculino e 48 (44,04%) do sexo feminino, com idades variando entre6 meses e 16 anos (média de 8 anos e 3 meses).Com relação ao histórico familiar dos pacientes analisados 43(45,26%) apresentavam pai ou mãe com uma das patologias, 14 (14,73%) apresentavam pai e mãe com elas, 17 (17,89%) possuíam irmão com as doenças e 21(22,10%) não apresentavam nenhum familiar com a doença. Evidenciou-se um fator genético relevante na aquisição dessas doenças.


Keywords


asma; rinite alérgica; prevalência; fator de risco;histórico familiar; qualidade de vida.

References


CONSENSO RINITE–iv-v2.indd- SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. www.sbp.com.br//fileadmin/user_upload/consenso_rinite_9_-27-11-2017_Final.pdf

SOLE D, YAMADA E, VANA AT, et al. International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC): prevalence of asthma and asthma related symptoms among Brazilian school children. J InvestigAllergolClinImmunol. 2001;11(2):123-8.

Worldwide variation in prevalence of symptoms of asthma, allergic rhinoconjunctivitis, and atopic eczema: ISAAC. The International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) Steering Committee. Lancet. 1998;351(9111):1225-32.

SOARES, F.A.A.; SEGUNDO, R.A.; YNOUE, L. H.; RESENDE, R.O; SHUNG, J.S.; TAKETOMI,E.A. Perfil de sensibilização a alérgenosdomicilares em pacientes ambulatoriais. RevAssocMedBras 2007; 53(1):25-8.

IV Diretrizes Brasileiras para o Manejo da Asma. Jornal Brasileiro dePneumologia. 2006;32 Supl 7:S447-74.

Global Iniciative for Asthma- GINA2018- Global Strategy for asthma management andprevention (2018 update). https://ginasthma.org/wp-content/.../2018/04wms-GINA-2018-report-tracked_v1.3.pdf

KINCHOKU,V.M; OLIVEIRA,I.S; WATANABE,L,A; FOMIN,A.B.F; CASTRO, A.P.B.M; JACOB, C.M.A; PASTORINO, A.C.Fatores associados ao controle da asma em pacientes pediátricos em centro de referênciaRev Paul Pediatr 2011;29(4):591-8.

CAMARGOS P.A.M. ET ALL. Asma e rinite alérgica como expressão de uma única doença: um paradigma em construção Asthmaandallergicrhinitis as symptomsofthesamedisease: a paradigmunderconstruction. Jornal de Pediatria - Vol. 78, Supl.2, p. S123-128, 2002


Refbacks

  • There are currently no refbacks.