Gestão de custos no setor público: um estudo em um restaurante universitário / Cost management in the public sector: a study in a university restaurant

Greiciele Macedo Morais, Valdeci Ferreira dos Santos, Mário Teixeira Reis Neto

Abstract


Nas últimas décadas, o cenário de atuação das organizações educacionais tem apresentado desafios e pressões, mediante a constante e acelerada transformação da sociedade. Nesse contexto, as Universidades também são pressionadas a se aperfeiçoar e apresentar competências para inovar seus padrões e reinventar-se. Precisam ainda desenvolver estratégias que proporcionem resultados sustentáveis em seus processos organizacionais e acadêmicos, uma melhor utilização dos recursos públicos, retornos satisfatórios e de qualidade para seu principal financiador, a sociedade. Nesse contexto, o artigo analisou como a gestão de custos pode contribuir para o processo decisório sobre a melhor aplicação dos recursos em um restaurante universitário, analisando os possíveis ganhos e a aplicabilidade do sistema de custeio baseado em atividades (ABC). Foi realizada uma pesquisa qualitativa e quantitativa. O estudo de caso assinalou que a Universidade necessita de um eficiente sistema de custeio, sendo que o método ABC pode contribuir para um melhor processo decisório a cerca da aplicação eficiente dos recursos públicos, além de identificar alguns gargalos nos processos, que limitam a implantação e utilização do Sistema de Custeio ABC como ferramenta de gestão em Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES). A pesquisa contribuiu com a literatura, apontando questões específicas da gestão de custos em IPES, que carecem de maior número de estudos. Contribui também no âmbito gerencial, registrar um panorama da gestão de custos neste tipo de instituição. O artigo também apresenta as limitações do estudo e sugestões para pesquisas futuras.

 


Keywords


Controle. Custeio ABC. Orçamento. Planejamento. Universidade.

References


ABBAS, Kátia. Gestão de custos em organizações hospitalares: 2001. 155 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

ABREU, A. L; GUSKE, A. C.; GARCIA, R. L. Análise de Custos: Uma Comparação Entre duas Universidades Públicas do Sul do Brasil. In: Convenção de Contabilidade, 15, 2015, Rio Grande do Sul. Anais... Bento Gonçalves: 2015.

ANDIFES, Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior. Disponível em: http://www.andifes.org.br/repasses-mec-para-universidades-federais-chegam-ao-menor-patamar-em-sete-anos/. Acesso em: 11 ago. 2018.

ANDRADE, N. de A.; BATISTA, D. G.; SOUSA, C. B. Vantagens e Desvantagens da Utilização do Sistema de Custeio ABC. 2010. p. 1-14. Disponível em: http://files.andreamorim.webnode.com/200000040-8791b888c0/ARTIGO%20CUSTEIO%20ABC.pdf. Acesso em: 14/04/2017.

BACKER, Morton; JACOBSEN, Lyle E. Contabilidade de custos: um enfoque de administração de empresas. Rio de Janeiro: Mc Graw-Hill, 1974. 410p.

BONACIM, C. A. G.; ARAUJO, A. M. P. Gestão de custos aplicada a hospitais universitários públicos: a experiência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 4, p. 903-931, 2010.

BOTELHO, Ernani Mendes. Custeio baseado em atividades – ABC: uma aplicação em uma organização hospitalar universitária. 2006. 349 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo, Faculdade de economia, administração e contabilidade, São Paulo.

BRASIL, Lei. 8.666, de 21 de junho de 1993. Dispõe sobre normas para licitações e contratos da administração pública.

BRASIL. Lei nº 11.947 de 16 de junho de 2009. Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica.

BRUNI, A. L. Gestão de custos e formação de Preços. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2004. 551p.

BRUNI, A. L.; FAMÁ, R. Gestão de custos e formação de preços: com aplicações na HP 12C e Excel. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2004.

CHIAU, A. V.; PANUCCI-FILHO, L. Custos nas instituições federais de ensino superior: análise comparativa entre duas universidades federais do sul do Brasil. Revista Iberoamericana sobre Calidad, Eficacia y Cambio em Educación, v.12, n. 1, p. 55-71. Madri, 2014. Disponível em: < https://repositorio.uam.es/handle/10486/661489 >. Acesso em: 10 ago. 2018.

COGAN, Samuel. Activity Based Costing (ABC): a poderosa estratégia empresarial. São Paulo: Pioneira, 2000.129p.

COLOSSI, N.; CONSENTINO, A.; QUEIROZ, E. G. de. Mudanças no contexto do ensino superior no Brasil: uma tendência ao ensino colaborativo. Revista FAE Business School. v. 4. n.1, p.49-58, 2001.

CUNHA, Maria Isabel da. A QUALIDADE E ENSINO DE GRADUAÇÃO E O COMPLEXO EXERCÍCIO DE PROPOR INDICADORES: É POSSÍVEL OBTER AVANÇOS? Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v. 19, n. 2, 2014.

DE SOUZA, Erica Xavier et al. Implantação de um Sistema de Custos no Setor Público: um Estudo de Caso em um Hospital de Ensino do Nordeste Brasileiro. VIII SEGeT – Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia – 2011.

DE SOUZA, Marcos Antônio et al. A gestão pública por resultados e avaliação de desempenho. In: Congresso USP de Controladoria e Contabilidade. 2008.

DIAS, A. B.; SANTOS, V. A.; BEIRUTH, A. X. Consistência das estratégias de instituições de ensino superior: Um estudo baseado na percepção dos stakeholders utilizando-se do Balanced Scorecard. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, n. 10, v 4, 2016, 431-448.

LAUX, R. O; PERTSCHY, G. L. Gestão Universitária ou “Gestação” Universitária? Desafios Pendentes. In: Colóquio Internacional de gestão universitária, 14, 2014, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. 10 ed. São Paulo: Atlas, 2010. 388p.

PEREIRA, J. R. T.; SILVA, A. C. A importância da implantação de sistema de custo para a gestão do setor público. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 10, 2003. Anais... 2003.

PETER, M. DA G. A; PESSOA, M. N. M; PINHO, R. C. DE S; PETER, F. A. Sistema de apuração de custos das universidades federais brasileiras: uma análise crítica, 2003. Disponível em http://porteiras.s.unipampa.edu.br/cpecg/files/2011/08/sistema-apura%C3%A7%C3%A3o-de-custos-nas-ifes.pdf Acesso em: 14.02.2017.

SANTOS, Welinton Vitor dos. Sistema de informação de custos do Governo Federal: Modelo conceitual, solução tecnológica e gestão do sistema. 2011.

SARAIVA, Luiz Alex Silva; DE SOUZA NUNES, Adriana. A efetividade de programas sociais de acesso à educação superior: o caso do ProUni. Revista de Administração Pública, v. 45, n. 4, p. 941-964, 2011.

SOUZA, Aurélio Aragão et al. A IMPORTÂNCIA DA ÉTICA PARA O PROFISSIONAL CONTÁBIL. Cadernos de Graduação Ciências Humanas e Sociais, Aracaju, v. 13, n. 14, p. 11-27, 2011.

STRUETT, Mirian Aparecida Micarelli. Custeio baseado em atividades em laboratórios de análises clínicas: estudo de caso em um hospital filantrópico. 2005. 166 f. Dissertação (Mestre em Administração) - Universidade Estadual de Maringá, Londrina.

UNESCO. 2013. Panorama e diagnóstico da oferta e qualidade da Educação Superior brasileira. Projeto CNE/UNESCO 914BRZ1136. Brasília: UNESCO/CRUB. Disponível em: Acesso em: 07 abr. 2017.

VIEIRA, Eusélia Paveglio. Iniciação a contabilidade de custos. Apostila Contabilidade de Custos I Ijuí: Unijui, v. 2, 2010.

ZONATTO, Vinicius Costa da Silva; CORDEIRO, Adilson; SCARPIN, Jorge Eduardo. Práticas de gestão de custos em uma instituição de ensino superior: uma análise a luz da teoria da agência. In: CONTECSI-International Conference on Information Systems and Technology Management. Anais… 2012. p. 1095-1112.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.