Desenvolvimento urbano como ferramenta de dissipação de gases poluentes da atmosfera emitidos por veículos automotores em 2015 no município de Castelo, ES / Urban development as main tool of dissipation of atmospheric pollutants gas emitted by automotive vehicles in 2015 in the municipality of Castelo, ES

Caio Henrique Ungarato Fiorese, Michaela Picoli Scolforo Gouvêa, Donizete Andrade, Gilson Silva Filho

Abstract


O objetivo deste trabalho foi avaliar o inventário de emissões de poluentes do ar para identificar as principais fontes de poluição e, analisar tendências anuais de redução ou aumento de determinados poluentes, principalmente monóxido de carbono e hidrocarbonetos, no município de Castelo, para o ano de 2015, e associado ao desenvolvimento urbano e melhor qualidade das cidades. Com base na metodologia adotada pela CETESB, essa estimativa considerou o número de veículos de acordo com o ano de fabricação e os fatores médios de emissão, que foram corrigidos. A frota do município foi estimada em 19365 veículos, com a maior parte compreendida dos anos 2001 a 2005. Veículos mais antigos apresentaram os maiores índices de poluição. As emissões decresceram, de acordo com o tempo de uso veicular, mas foram elevadas: 802,187 toneladas de CO e 128,857 toneladas de HC. A metodologia apresentada se mostrou eficaz, porém não totalmente precisa, pois considera uma variável de obtenção complicada: o fator de emissão. Como medida mitigadora, as construções urbanas deverão permitir maior dissipação dos poluentes.

 


Keywords


Emissões Veiculares; Gases Poluentes; Poluição Atmosférica

References


ALVES, K. M. da S., ALVES, A. E. L.; SILVA, F. M. Poluição do ar e saúde nos principais centros comerciais da cidade de Natal/RN. Revista Holos. Natal, v. 04, s.n., p. 81-95, 2009.

BRASIL. Ministério da Ciência e Tecnologia. Primeiro Inventário Brasileiro de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2006.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. PROCONVE: Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2013.

BRASIL. Departamento Nacional de Trânsito. Frota de veículos. Brasília: Departamento Nacional de Trânisto, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2017.

LIMA, E. P; GIMENES, M. L., LIMA, O. C. da M. Estimação das emissões originadas de veículos leves na cidade de Maringá para o ano de 2005. Revista Acta Scientiarum. Technology, Maringá, v. 31, n. 1, p. 43-50, abr. 2009.

PINTO, W. de P. et. al. Estimativa das emissões de poluentes atmosféricos geradas por veículos leves em Santa Maria de Jetibá, ES. Revista Ciência e Natura, vol. 38, s.n., p.337- 341, 2016.

SÃO PAULO. Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo. Relatórios e publicações. São Paulo: Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo, 2015.

TEIXEIRA, E. C. et. al. Estudo das emissões de fontes móveis na região metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Revista Química Nova, Porto Alegre, v. 31, n. 2, p. 244-248, jan. 2008.

TESTA, J. F. A poluição atmosférica por veículos automotores na Região Metropolitana de São Paulo: causas e impactos. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 19, n. 2, p. 1209−1221, 2015.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.