Resíduos da Construção Civil: matéria prima verde a ser investigada / Civil Construction Waste: green raw material to be investigated

Rodrigo Barcelos Pinto, Edmar Pereira Fabrício, Nelci Denti Brum, Felipe Ariel Köhler

Abstract


O grande volume de resíduos de construção e demolição (CDW) gerados pela indústria de construção causa um impacto ambiental significativo nas áreas centrais. Mesmo que a Resolução 307/2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) lide com a obrigação de elaborar e implementar um plano de manejo sustentável, o volume de CDWs se expandiu e a destinação final dos resíduos foi aumentada pela Administração Pública e pela indústria da construção civil. . A pesquisa recente realizada nas nove cidades que integram o Vale do Jaguari / RS identificou e quantificou o destino dos resíduos, onde acumula 750 toneladas de resíduos por semestre na região. O presente estudo tem como objetivo reduzir os impactos ambientais e motivar a indústria a investir em elementos construtivos que contenham em sua composição resíduos da Classe A, como tijolos, pisos de vedação, pisos intertravados, placas de revestimento diversas e decorativas. Até o momento, 21 traços foram estudados, divididos em três métodos de produção - forma plástica em mesa vibratória, máquina vibratória de concreto e máquina vibratória de solo. Melhorias no tratamento e no processo de cicatrização ainda são necessárias, mas o uso do CDW em artefatos construtivos já mostra sua viabilidade na região.

Keywords


CDW; Impacto; Pesquisa; Produção

References


AGENDA 21. 1992. Manejo ambientalmente saudável dos resíduos sólidos e questões relacionadas com os esgotos. Cap.21. Acessado em: 07/12/2007, disponível em: http://www.mma.gov.br.

ÂNGULO, S.C.; ZORDAN, S.E.; JOHN, V.M. Desenvolvimento sustentável e a reciclagem de resíduos na construção civil. Reciclagem na Construção Civil, 2001. Acessado em: 23/05/2014, disponível em: http://www.pedrasul.com.br/artigos/sustentabilidade.pdf

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.834: Bloco vazado de solo-cimento sem função estrutural. Rio de Janeiro. 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8.492: Tijolo maciço de solo-cimento – determinação da resistência à compressão e da absorção d’água. Rio de Janeiro. 1984.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6.136: Bloco vazado de concreto simples para alvenaria estrutural. Rio de Janeiro. 1984.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12.118: Blocos vazados de concreto simples para alvenaria – métodos de ensaio. Rio de Janeiro. 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.836: Bloco de solo-cimento sem função estrutural — Análise dimensional, determinação da resistência à compressão e da absorção de água — Método de ensaio. Rio de Janeiro. 2013.

BRASIL. 2002. Resolução CONAMA n.º 307 - Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Diário Oficial da República Federativa do Brasil de 17 de julho de 2002.

COLOMBO, C.R.; BAZZO, W.A.Desperdício na construção civil e a questão habitacional: Um enfoque CTS. Revista Roteiro, Laçaba, 2001. Acessado em: 23/05/2014, disponível em:http://www.nepet.ufsc.br/Documentos/Construcao_Civil_com_enfoque_CTS.pdf

MOTA, J. D.; OLIVEIRA, D. de F.; TRAJANO, M. F.; SANTIAGO, N. de O.; SILVA A. P. de A. Aproveitamento dos Resíduos de Granito e Caulim como Materiais Aditivos na Produção de Tijolos Ecológicos. Acessado em 03 de agosto de 2014. Disponível em: https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=APROVEITAMENTO%20DOS%20RES%C3%8DDUOS%20DE%20GRANITO%20E%20CAULIM%20COMO%20MATERIAIS%20ADITIVOS%20NA%20PRODU%C3%87%C3%83O%20DE%20TIJOLOS%20ECOL%C3%93GICOS.

NUNES, K. R. A. 2004. Avaliação de investimentos e de desempenho de centrais de reciclagem para resíduos sólidos de construção e demolição. Rio de Janeiro, RJ. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 276 p.

SANTIAGO, Prefeitura Municipal de Santiago.Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos – PGIRS -Município de Santiago. Santiago, RS, 2013.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.