Gestão profissional com foco em resultados: estudo da gestão profissional de um clube de futebol Mineiro / Professional management with focus on results: study of the professional management of a Minas Gerais football club

Andrea Soares Dias, Cristiano Moreira da Silva, Davson Mansur Irffi Silva, João Victor Pereira Gonçalves, Jordana de Castro Sousa

Abstract


Este artigo é um estudo da gestão profissional com foco em resultados. Trata-se de um estudo de caso da gestão de um clube de futebol mineiro, cujo o objeto de estudo é a gestão profissional com foco em resultados. O problema de pesquisa que permeia esse estudo é: “a falta de foco em resultados caracteriza problemas na eficiência da equipe dentro de campo? ”. Para tanto, foi contextualizada a evolução histórica do futebol no mundo e no Brasil, demonstrada as boas práticas de gestão profissional organizacional desportiva e avaliado o impacto da gestão do clube em relação as participações em campeonatos realizadas. A metodologia utilizada para o referido estudo é uma abordagem qualitativa, cuja pesquisa será bibliográfica descritiva. Essa é uma pesquisa de natureza teórica e empírica, posto que serão coletados os dados primários através de uma entrevista semiestruturada com o gestor do clube desportivo na região metropolitana de Belo Horizonte. Diante dos resultados pode-se concluir que a gestão de um clube de futebol é composta por diversos fatores, que quando, não se alinhamao foco em resultados, afetam diretamente a eficiência do clube dentro de campo, tendo em vista que quando se dividem os objetivos da gerência ficam mais obscuras a eles as metas da organização.


Keywords


Gestão profissional; Foco em Resultados; Gestão desportiva.

References


AIDAR, A. C. K.; LEONCINI, M. P. A necessidade de profissionalização na gestão dos esportes. In: AIDAR, A. C. K.; OLIVEIRA, J. J.; LEONCINI, M. P. A nova gestão do futebol. Rio de Janeiro: FGV, 2002.

AIDAR, A. C. K.; OLIVEIRA, J. J.; LEONCINI, M. P. A nova gestão do futebol. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

BATEMAN, T, S.; SNEL S. A. Administração: construindo vantagem competitiva. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 1998.

BATEMAN, T, S.; SNEL S. A. Management: building competitive advantage. 3ª ed. Chicago: Irwin, 1996.

BIAGIO, L. A.; BATTOCHIO, A. Plano de Negócios: estratégia para micro e pequenas empresas. 2ª ed. Barueri, SP: Manole, 2012.

BORGES, M. S. Turnover: uma consequência de estratégias ineficientes de gestão empresarial? VIII Convibra Administração: Congresso Virtual Brasileiro de Administração. Publicado em: 04 de nov. 2011 – www.convibra.com.br. Disponível em: http://www.convibra.org/upload/paper/adm/adm_2784.pdf. Acesso em: 10 de nov. 2018.

BRASIL. Lei nº 13.155/2015. Publicada em: 04 de ago. 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/. Acesso em: 10 de nov. 2018.

BRASILEIRO, A. M. M. Manual de produção de textos acadêmicos e científicos. São Paulo: Atlas, 2013.

BRUNORO, J. C.; AFIF, A. Futebol 100% profissional. São Paulo: Editora Gente, 1997.

CAPELO, R. O endividamento da primeira divisão sobe para R$ 4,8 bi. Época Esporte Clube, 2016. Disponível em https://epoca.globo.com/vida/esporte/noticia. Acesso em: 15 de ago. 2018.

CBF. LANCE. Brasil perde número de clubes e 90% dos registrados na CBF jogam pouco. Publicado em: 28 de fev. 2018. Disponível em:https://www.lance.com.br/. Acesso em: 25 de out. 2018

CBF. Publicado em: 21 de mai. 2018. Disponível em: https://www.cbf.com.br/a-cbf/institucional/index/a-cbf. Acesso em: 30 de out. 2018.

CHIAVENATO, I. Administração para não administradores: a gestão de negócios ao alcance de todos. São Paulo: Saraiva, 2008.

CHIAVENATO, I. Introdução a teoria geral da administração. 7ª ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

COSTA, A. Técnicas de coleta de dados e instrumentos de pesquisa. Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), 2013. Disponível em: http://docente.ifrn.edu.br/. Acesso em: 05 de abr. 2015.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO. Raio x dos 24 mil jogadores profissionais em atividade nos 722 clubes do Brasil. Publicado em: 17 de jan. 2018. Disponível em: http://blogs.diariodepernambuco.com.br/esportes. Acesso em: 30 de out. 2018.

DIMITROPOULOS, P. Corporate governance and earnings management in the European football industry. European Sport Management Quarterly, 11(5), 2011. p. 495-523

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, 1997.

GONÇALVES, J. C. S.; CARVALHO, C. A.; ALCÂNTARA, B. C. Transformações no contexto do futebol brasileiro: o estado como agente de mudança. In: Encontro nacional de estudos organizacionais. v. 3, n. 1, 2005. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/. Acesso em:11 de nov. 2018.

GUTERMAN, M. O futebol explica o Brasil: uma história da maior expressão popular do país. São Paulo: Contexto, 2009.

HELAL, R. O que é sociologia do esporte. Brasiliense (Coleção Primeiros Passos): São Paulo, 1990.

IBGE. Ministério do esporte: a prática de esporte no Brasil, 2013.Disponível em: www.esporte.gov.br/diesporte/2.html Acesso em: 30 de out. 2018.

IRFFI SILVA, D. M.Gestão do Conhecimento: um mecanismo de maximização de resultados organizacionais. Revista Iniciação Científica. v.8, p.http://blog.new - , 2014.

IRFFI SILVA, D. M.; FERNANDES, D. C.; RODRIGUES, D. S. S.; SOUSA, J. C. A efetividade nos resultados apresentados com o uso do Ciclo PDCA na gestão de resultados de uma instituição financeira. Brazilian Journal of Development, v.4, p.1 - 15, 2018.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de marketing. 7ª ed. Tradução de Vera Whately. Rio de Janeiro: Pretince-Hall do Brasil, 1998.

LEITE LOPES, J. S. Considerações em torno da transformação do profissionalismo no futebol a partir da copa de 1998. In Estudos Históricos, n.º 23, 1999.

MASCARENHAS, S. A. Metodologia científica. São Paulo: Pearson, 2012.

MAXIMIANO, A. C. A. Administração de projetos: como transformar ideias em resultados. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2014.

NETO, F. P. M. Administração e marketing de clubes esportivos. Rio de Janeiro: Editora SPRINT, 1998.

NONAKA, I; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues e Priscila Martins Celeste. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

PADOVEZE, C. L., Contabilidade gerencial: um enfoque em sistema de informação contábil. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2000.

PEREIRA, A. C. Uma contribuição ao modelo de mensuração. Tese (doutoramento) apresentada a FEA/USP. 2000.

PORTER, M. E. Competição: estratégias competitivas essenciais. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

PORTER, M. E. Estratégia competitiva: técnicas para análise de indústrias e da concorrência. Rio de Janeiro: Campus, 1991.

REBOUÇAS, D. P. O. Planejamento Estratégico: conceitos, metodologia e práticas. 31ª ed. São Paulo: Atlas, 2013.

ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. 11ª ed. São Paulo: Pearson Pretince Hall, 2005.

SLACK, T.; PARENT, M. M. Understanding sport organizations: the application of organizational theory. 2nd ed. Champaign: Human Kinetics, 2006.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.