A análise dos indicadores de sustentabilidade: um estudo do caso de uma mineradora do estado de Minas Gerais / Analysis of sustainability indicators: a study of the case of a mining company from the state of Minas Gerais

Cristiano Moreira da Silva, Davson Mansur Irffi Silva, Diva de Souza Silva Rodrigues, Geyson Chagas Cavalcante, Jordana de Castro Sousa

Abstract


O referido trabalhofoi um estudo da análise dos indicadores de sustentabilidade. Tratou-se de um estudo do caso de uma mineradora localizada no Estado de Minas Gerais. O objeto de estudo perpassa pela análise desses indicadores, cujo objetivo foi o controle efetivo desses números. O objetivo desse artigo foi comparar os indicadores de sustentabilidade da mineradora com os indicadores propostos pela Global Reporting Initiative – GRI/2015. O problema de pesquisa que se apresentou foi: as ações realizadas pela mineradora localizada no Estado das Minas Gerais são efetivas quando comparadas aos indicadores propostos GRB/2015? A metodologia utilizada para o referido estudo foi uma abordagem qualitativa. Essa foi uma pesquisa bibliográfica e descritiva, cuja natureza foi teórica e empírica, em razão da análise comparativa de dados secundários.Como resultado, observou-se que o mesmo apresentou consonância, visto que o relatório analisado se alinha às diretrizes propostas pela GRI (2015). O relatório sugere que, apesar de ser desafiador ser sustentável no setor da mineração, a empresa atue no sentido de mitigar impactos econômicos, sociais e ambientais negativos; dessa forma, seus investimentos ocorrem em campos diversos com o propósito de minimizar os impactos das suas ações operacionais.

 


Keywords


Sustentabilidade; GRI; Mineração.

References


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2006. 223p.

BARRETO, M. L. Mineração e Desenvolvimento Sustentável: desafios para o Brasil. Rio de Janeiro: CETEM/MCT, 2001, 215p.

CLARO, P. B. O.; CLARO, D. P; AMÂNCIO, R. Entendendo o conceito de sustentabilidade nas organizações. Revista de Administração – RAUSP, v. 43, n. 4, out.-dez. p. 289-300, 2008.

COLLIS, J.; HUSSEY, R. Pesquisa em administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação. Porto Alegre: Bookman, 2005. 349 p.

DANTAS, F. A.; FREITAS, L. S. Sustentabilidade da Indústria Mineral do Município de PEDRA LAVRADA-PB: um estudo a partir do uso do ISM- índice de sustentabilidade da mineração.Revista Universo Contábil, v. 10, n. 2, p. 144-160, 2014.

FAUSTINO, M.; AMADOR, F. O conceito de sustentabilidade: migração e mudanças de significados no âmbito educativo. Indagatio Didactica, v. 8, n. 1, p. 2021-2033, jul. 2016.

GRI – Global Reporting Initiative. Diretrizes para relato de sustentabilidade, 2015. Disponível em:. Acesso em: 28mar. 2018.

LIMA, S. F. Introdução ao conceito de sustentabilidade: aplicabilidade e limites. Cadernos da Escola de Negócios, v. 4, n. 4, jan. /dez. 2006.

MOTA, J. A.; MANESCHY, M. C.; SOUZA-FILHO, P. W. M.; TORRES, V. F. N; SIQUEIRA, J. O.; SANTOS, J. F.; MATLABA, V. Uma nova proposta de indicadores de sustentabilidade na mineração. Sustentabilidade em Debate, Brasília, v. 8, n. 2, p. 15-29, ago. 2017.

ROOS, A.; BECKER, E. L. S. Educação ambiental e sustentabilidade. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 5, n. 5, p. 857-866, 2012.

SACHS, I. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

SARTORI, S.; LATRÔNICO, F.; CAMPOS, L. M. S. Sustentabilidade de desenvolvimento sustentável: uma taxonomia no campo da literatura. Ambiente&Sociedade, v. XVII, n. 1, p. 1-22, jan.-mar., 2014.

SOUZA, J. B.; SACOMANO, J. B.; KYRILLOS, S. L. Sustentabilidade empresarial e cultural organizacional sob a ótica das relações intraorganizacionais. Ten years working together for a sustainable future, p. 1- 9, 2017.

VERGARA, S. C.Métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2005.

____. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 10ª. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

VIANA, M. B. Avaliando Minas: índice de sustentabilidade da mineração (ISM). 2012. 372 f.Tese(Doutorado em Desenvolvimento Sustentável) -Universidade de Brasília, 2012. Disponível em:< http://repositorio.unb.br/handle/10482/10542>. Acesso em 10 jul. 2016.

WORLD COMISSION ON ENVIROMENTAL AND DEVELOPMENT (WCED). Our common future. Oxford: Oxford University Press, 1987.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.