Sob nova direção:um estudo de caso sobre a política de gestão de estoque em um restaurante de foodservicena região centro-sul de Belo Horizonte / Under new direction:a case study on stock management policy at a food service restaurant in the south-central region of Belo Horizonte

Davson Mansur Irffi Silva, Diva de Souza Silva Rodrigues, Guilherme Souza Oliveira, Jordana de Castro Sousa, Silvana Alves de Oliveira

Abstract


O artigo: Sob nova direção. Trata-se de um estudo de caso sobre a política de gestão de estoque em um restaurante de food service na região centro-sul de Belo Horizonte. O objeto de estudo refere-se a política de gestão de estoque de um restaurante na modalidade foodservice, cujo objetivo foi aplicar uma política de gestão de estoque em um restaurante localizado na região centro-sul da capital, Belo Horizonte. Dessa forma, a proposição se propôs em averiguar: uma política de gestão de estoque eficiente proporciona maiores ganhos e menores perdas. A situação problema apresentada: é possível reduzir os gastos destinados à compra de produtos para um restaurante do tipo food service sem comprometer a demanda produtiva? Para tanto, a metodologia desse estudo está pautada em uma abordagem qualitativa. Essa foi uma pesquisa bibliográfica e descritiva, cuja natureza foi teórico-empírica. A entrevista foi realizada por meio de perguntas abertas ao proprietário, sendo a amostra por conveniência. O resultado obtido relaciona-se a oferecer a proposta de instalação de um controle gerencial como o uso da Ferramenta Gerencial – Curva ABC. Com a classificação dos produtos em estoque, o processo facilitaria o gerenciamento dos recursos, assim como minimizaria o número de compras realizadas sem planejamento. O direcionamento dessas compras diminuíra as perdas e, por consequência, poderiam aumentar as margens de ganhos obtidos.

 


Keywords


Gestão de estoque; Foodservice; Restaurante.

References


ANDRADE, R. O. B.; AMBONI, N. Teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

ARNOLD, J. R. Tony. Administração de Materiais. São Paulo: Atlas, 1999.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2003.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. 4ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

BALLOU, R. H. Logística empresarial: transportes, administração de materiais, distribuição física. São Paulo: Atlas, 2001.

BETHLEM, A. Estratégia empresarial: conceitos, processo e administração estratégica. São Paulo: Atlas, 1999.

CHIAVENATO, I. Administração teoria, processo e prática. 4ª ed. São Paulo: Elsevier, 2007.

CHOPRA, S; MEINDL, P. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: estoque, planejamento e operação. 3ª ed. New Jersey: Prentice Hall, 2003.

DIÁRIO DO COMÉRCIO. Mercado de Delivery cresce muito no Brasil. Disponível em: Acesso em 09/06/2018.

GITMAN, L. J. Princípios de administração financeira. 12ª ed. São Paulo: Pearson, 2010.

HANSEN, Don R.; MOWEN, Maryanne M. Gestão de Custos: contabilidade e controle. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001.

HOOLEY, Graham; PIERCY, Nigel F.; NICOULAND, Brigitte. Estratégias de marketing e posicionamento competitivo. Tradução de Luciane Pauletti e Sonia Midori. 4ª. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011.

IRFFI SILVA, D. M.et al.O Balanced Scorecard como sistema de gestão estratégica:um estudo de caso aplicado em uma na indústria de materiais da construção civil. Trabalho de Conclusão de Curso em MBA em Finanças, Auditoria e Controladoria. Faculdade Pitágoras, 2018.

IRFFI SILVA, D. M.Gestão do Conhecimento: um mecanismo de maximização de resultados organizacionais. Revista Iniciação Científica. v.8. Disponível em: http://blog.new, 2014. Acesso em: 10 de nov. 2018.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. A estratégia em ação:Balanced Scorecard–. Rio de Janeiro, Campus, 1997.

KOTLER, P.; KELLER, K. L. Administração de Marketing. Tradução de Sônia Midori Yamamoto. 14. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

LAS CASAS, A. L. Plano de marketing para micro e pequena empresa.São Paulo: Atlas, 1999. p. 87.

LAS CASAS, A. L. Administração de marketing: conceitos, planejamentos e aplicações à realidade brasileira. São Paulo: Atlas, 2006.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M.Metodologia científica. São Paulo: Atlas. 2010.

MAXIMIANO, A. C. A. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. 4ª.ed. São Paulo: Atlas, 2006.

NONAKA, I; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues e Priscila Martins Celeste. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

OLIVEIRA, D. P. Rebouças de. Estratégia empresarial. São Paulo: Atlas, 1991.

OLIVEIRA, D. P. Rebouças de. Teoria geral da administração: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 2008.

OLIVEIRA, D. P. Rebouças. Administração de processos: conceitos, metodologias e práticas. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2007.

POZO, H. Administração de recursos materiais e patrimoniais. São Paulo: Atlas, 2004.

POZO, H. Administração de recursos materiais e patrimoniais. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2016.

SEBRAE. Critérios de classificação de empresas: MEI - ME – EPP. Disponível em: http://www.sebrae-sc.com.br/leis/default.asp?vcdtexto=4154.Acesso em: 10 de nov. 2018.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da produção e materiais. Tradução Maria Teresa C. de Oliveira. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

SENGE, M. P. A quinta disciplina: arte e prática da organização que aprende. 26ª ed. Rio de Janeiro: Best Seller, 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.