Relato de caso de miastenia grave infantil / Case report of serious child miastenia

Victor Hugo Rodrigues Bandeira, Yure Augusto Souza Fonseca Oliveira, Juliana Chianca Neves, Yuri Ribeiro Carneiro, Rebeca Alecrim Bessa, Iury Gabriel Amazonas Tussolini

Abstract


 

Introdução : A Miastenia Grave ou Myasthenia Gravis ( MG ) é uma doença autoimune da junção neuromuscular na qual ocorre a produção de anticorpos que atuam contra os receptores nicotínicos da acetilcolina, localizados na membrana pós - sináptica da placa motora. Foi internado no Instituto da Saúde da Criança do Amazonas - ICAM com o quadro estável. Mantém as pálpebras semiabertas pela manhã, mas evolui com ptose palpebral e fadiga proeminentes ao final do dia. Ptose palpebral bilateral. Hipótese diagnóstica : Miastenia Grave. Resultados : Eletroneuromiografia compatível com Miastenia Grave de 06/10/2017 e Tomografia Computadorizada de Tórax com imagem nodular sugestivo de sombra tímica de 17/11/2017. Conclusão : A Miastenia Grave deve ser encarada como um problema de saúde pública, a investigação deve avançar na tentativa de se encontrar uma solução eficaz, segura, com um perfil de efeitos adversos favorável, que corrija especificamente as alterações imunitárias causadoras da doença, sem comprometer o restante sistema imunitário.

 


Keywords


Miastenia; Eletroneuromiografia; Saúde Pública.

References


Ana Laura Colle Kauling. Miastenia Gravis: Relato de Dois Casos e Revisão da Literatura. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rba/v61n6/v61n6a07.pdf. Acesso em: 18/05/2018

Hannyele Cristina dos Reis Alves Costa.Miastenia Gravis: aspectos epidemiológicos e evidências sanitárias no Brasil, no período de 2009 a 2013. 2016. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/13680/1/2016_HannyeleCristinadosReisAlvesCosta.pdf. Acesso em: 18/05/2018.

ALESSANDRA CAMILLO DA SILVEIRA CASTELLO BRANCO. Atualizações e Perspectivas na Miastenia gravis. 2011. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/. Acesso em: 18/05/2018


Refbacks

  • There are currently no refbacks.