Identificação e quantificação de metais pesados nas panelas de barro vitrificadas de fabricação artesanal / Identification and quantification of heavy metals in vitrified clay pots of artisanal manufacture

Joseína Moutinho Tavares, Jorge Tadeu de Freitas, Paulo Moutinho Andrade de Souza, Walter da Silva Júnior

Abstract


A panela de barro vitrificada é uma grande tradição da cultura brasileira, tornando-se um “ingrediente” fundamental no preparo de pratos típicos, principalmente da gastronomia baiana e capixaba. No entanto, inexiste controle de qualidade em relação a sua confecção, tratando-se de métodos de confecção absolutamente artesanais. O problema consiste no fato de que durante o processo de fabricação destas panelas podem ser introduzidos metais pesados, prejudiciais ao ser humano; que consequentemente podem ser repassados aos alimentos durante os diversos períodos de cocção. Nesta pesquisa, objetivou-se verificar se a água aquecida em panelas de barro vitrificadas apresenta elevados teores de Pb, Cr, Cd e Ni, já  que os alimentos preparados  nestas panelas geralmente recebem grande quantidade de água durante o processo. Com base nos valores do padrão de metais para a água potável da Portaria 518/04 do Ministério da Saúde é possível verificar se a água utilizada nos alimentos cozidos continuamente empregando panelas de barro vitrificadas fabricadas artesanalmente poderá conter teores elevados de metais pesados, elementos comprovadamente prejudiciais à saúde humana.


Keywords


Panela de Barro, Metais Pesados, Chumbo e Saúde Pública.

References


AZEVEDO, F. A.; CHASIN A. A. M. Metais: gerenciamento da toxidade. São Paulo: Atheneu, 554p. In: Elementos Químicos em Águas Subterrâneas, originados nos Resíduos Sólidos do Lixão de Irecê (Estado da Bahia). SILVA, J.A. 2003. 151 f. Dissertação (Mestrado em Geoquímica) - Instituto de Geociências, Universidade Federal da Bahia, 2003.

BLANES, B. W. Panelas: Interferência na http://www.clinicaberenicewilkeblanes.med.br/5206/49833.htmlSaúde. Disponível em: />. Acesso em: 20 dezembro. 2008.

BRYAN, G. W. Pollution due to heavy metals and their compounds. Marine Ecology, v.5 p. 1289-1431, 1984.

KAKADE, V.; AGTE, V. Effect of using iron utensils on ionisable iran content of traditionan vegetarian food. J. Food Sci Tech. (Mys), v 34, 1997.

DOENÇAS de origem alimentar. Disponível em: http://fitoenergetico.wordpress.com/2008/03/31/190/Acesso em; 26 maio. 2009.

FILHO, E. S; Silva, R. S; Barreto, H. H. C; Inomata, N.K. O; Lemes, V. R. R; Sakuma, A.M; Scorsafava,

M. A. Concentrações sanguíneas de metais pesados e praguicidas organoclorados em crianças de 1.a10 anos. Revista de Saúde Pública. v.27 n.1 São Paulo Fev. 1993.

GOMES, C. F. Argilas: o que são e para que servem . Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1988. 457 p.

HANSEN, D. J.; BERRY, W. J.; MAHONY, J. D.; BOOTHMAN, W. S.; DI TORO, D. M.; ROBSON,

D. L.; ANKLEY, G. T.; MA, D.; YAN, Q.; PESH, C. E. Predicting the toxicity of Metal-contaminated

field sediments using interstitial concentrations of metals and acid-volatile sulfide normalizations, Environm. Toxicol. Chem, v. 15, p.2080 – 2094, 1996.

DIAS, Carla. Panela de Barro Preta: A Tradição das Panelas de Goiaberas – Vitória – ES. Rio de Janeiro. Editora Mauad X : Facitec, 2006

SANTOS, P. de S. Tecnologia de argilas aplicada as argilas brasileiras. São Paulo: Edgard Blucher, 1975. 2v.

SOUZA, J. V. de. Estudo tecnológico de algumas argilas e caulins do recôncavo do Estado da Bahia. Guanabara: Ministério das Minas e Energia, [19--].2004. 142 p

ROTEIROS Eco turísticos da Bahia: Baia de Todos os Santos. Salvador: Secretaria da Cultura e Turismo, 2000. 207 p. (Selo turismo; 3) ISBN 8586485993 (broch.).




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-090

Refbacks

  • There are currently no refbacks.