Estratégia de combate à tuberculose na atenção primaria / Strategies to combat tuberculosis in primary care

Gustavo Nunes de Mesquita, Daniela Marcondes Gomes, Laisa Marcato Souza da Silva, Lilian Reinaldi Ribeiro, Bruna Porath Azevedo Fassarella, Luiz Henrique dos Santos Ribeiro, Ana Lucia Naves Alves, Julia Gonçalves Oliveira

Abstract


Objetivo: refletir sobre a relevância da prevenção aos agravos relacionados à tuberculose como ferramenta na promoção em saúde e no combate à tuberculose na saúde pública. Metodologia: Estudo de revisão integrativa de literatura, feita através de obras científicas no meio online que abordam o tema em questão e que foram publicadas entre 2013 a 2018. Busca através das plataformas: biblioteca virtual, Scielo-Scientific Electronic Library Online. Foi realizado uma pré-seleção, na qual foram selecionadas as obras que encaixam no tema abordado buscando refletir sobre a relação entre elas. Realizado a seleção de acordo com os critérios de inclusão e exclusão. Obteve-se um total de 45 artigos, 1 manual e 1 reportagem, sendo selecionados 12 artigos em inglês e português. Conclusão: A partir da análise dos estudos encontrados para a construção desse estudo, foi possível compreender que apesar das políticas voltadas para a tuberculose, ainda no país persiste incidência. Tal incidência dos casos caracteriza-se por uma necessidade de campanhas educacionais que abordem os agravos relacionados aos determinantes sociais e contexto de vida que influenciam no comportamento da população.


Keywords


Tuberculose, Promoção da saúde, Educação em saúde, Tuberculose resistente a múltiplos medicamentos

References


Barreira. Os desafios para a eliminação da tuberculose no Brasil. Epidemiol. Serv. Saude, Brasília, 2018; 27(1): 1-4.

Bertolozzi et al. O controle da tuberculose: um desafio para a saúde pública. Rev Med (São Paulo). 2014; 93(2): 83-9.

Kritski et al. O papel da Rede Brasileira de Pesquisas em Tuberculose nos esforços nacionais e internacionais para a eliminação da tuberculose. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. 2018; 4(2): 77-81

Maciel, sales. Epidemiological surveillance of tuberculosis in Brazil: How can more progress be made?. Epidemiol. Serv. Saúde. 2016; 25(1) :175-178.

Ministério da saúde, secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasil Livre da Tuberculose Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública [Internet]. 2017; [acessado em: 12/08/18]; 1-54. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/brasil_livre_tuberculose_plano_nacional.pdf

SINAN - Sistema de Informação de Agravos de Notificação - Sinan Net. Casos confirmados por ano diagnóstico segundo tipo de entrada [Internet]. [acesso em 12/05/18]. Disponível em http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sinannet/cnv/tubercbr.def.

Moura, silva, lima. Análise dos fatores envolvidos no abandono do tratamento da tuberculose: uma revisão integrativa. Pernambuco. Monografia [Graduação em enfermagem]. - Faculdade integrada de Pernambuco; 2013.

Rossetto et al. Comunicação para promoção da saúde: as campanhas publicitárias: sobre tuberculose no brasil. Rev Enferm UFSM, 2017; 7(1): 18-28.

Secretaria de Vigilância em Saúde. Implantação do Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Problema de Saúde Pública no Brasil: primeiros passos rumo ao alcance das metas. Boletim Epidemiológico, 2018; 49(11): 1-18.

Silva, moura, caldas. Fatores associados ao abandono do tratamento da tuberculose pulmonar no Maranhão, Brasil, no período de 2001 a 2010. Cad. Saúde Pública, 2014; 30(8): 1745-1754.

Hamilton et al. RePORT International: Advancing Tuberculosis Biomarker Research Through Global Collaboration. Clin Infect Dis. 2018; 44(2):77-81.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-071

Refbacks

  • There are currently no refbacks.