Fatores de risco para doenças crônicas em adolescentes na Amazônia: um estudo com alunos do 9º ano do estado do Amapá / Risk factors for chronic diseases in adolescents in the Amazon: a study with 9th grade students in the state of Amapá

Diovana de Sena Alberto, Hêule Nilton Santos de Oliveira, Ketlen de Sena Silva, Amanda Alves Fecury, Anneli Mercedes Celis de Cardenas, Demilto Yamaguchi da Pureza, Rosemary Ferreira de Andrade, Alvaro Adolfo Duarte Alberto

Abstract


Introdução: O advento da modernidade além de proporcionar uma qualidade de vida melhor em comparação aos nossos antepassados, também criou um agravamento das péssimas condições de vida. Constituindo assim campo fértil para os fatores de risco das Doenças Crônicas não transmissíveis, principalmente entre os jovens contemporâneos.  Objetivo: Analisar os resultados apresentados pela PeNSE 2015, dos Fatores de Risco de alunos do nono ano do Estado do Amapá, em comparação com o Brasil. A comparação desses resultados, nos permitirá ter um vislumbre da realidade, acerca desses fatores para as doenças crônicas não transmissíveis neste segmento. Método: Trata-se de um estudo transversal retrospectivo, com base nos dados da PeNSE 2015. Resultados: O estudo evidenciou que os adolescentes possuem um elevado percentual de inatividade física, bem como hábitos alimentares que precisam ser evitados como a ingesta de frituras e refrigerantes. Os escolares entrevistados demonstram que o consumo tanto de álcool quanto do cigarro vem se igualando entre rapazes e moças tanto em âmbito Nacional quanto no Amapá, que ultrapassa os valores da média nacional. Concluísse então que, o Amapá ultrapassa os índices nacionais no tocante a alguns Fatores de Risco. Conclusão: Os escolares do sexo feminino estão pareados com os do sexo masculino na adoção dos Fatores de Risco como hábitos do cotidiano, o que requer políticas de intervenção por parte do estado e sociedade civil organizada. 


Keywords


Doenças Crônicas não Transmissíveis, Fatores de Risco, Adolescentes, Amazônia.

References


ABREU, M. N. S., SOUZA, C. F. D., E CAIAFFA, W. T. Tabagismo entre adolescentes e adultos jovens de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil: influência do entorno familiar e grupo social. Cadernos de Saúde Pública, 2011. Disponível em: https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0102-311X2011000500011&script=sci_arttext&tlng=pt. Último acesso: 21 de out. de 2019.

Brasil. Ministério da Saúde (MS). Instituto Nacional do Câncer (Inca). Tabagismo e Saúde nos Países em Desenvolvimento. Documento organizado pela Comissão Europeia em colaboração com a Organização Mundial de Saúde e o Banco Mundial para a Mesa Redonda de Alto Nível sobre Controle do Tabagismo e Políticas de Desenvolvimento. Rio de Janeiro: Inca; 2003.

BRAZ, M; BARROS FILHO, A.A.; BARROS, M. Saúde dos adolescentes: um estudo de base populacional em Campinas, São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 29, p. 1877-1888, 2013.

COÊLHO, J.D. Produção de Grãos: Feijão, Milho e Soja. Caderno Setorial ETENE, v. 19, nov. 2017. Último acesso em 31 de out. 2019. Disponível em: https://www.bnb.gov.br/documents/80223/2789548/19_graos_11-2017.pdf/453bc21b-eb4c-3d66-3e61-7f825669a2ad

FREIRE RS, LÉLIS F.L.O, FONSECA FILHO J.A, NEPOMUCENo M.O, SILVEIRA M.F. Prática regular de atividade física: estudo de base populacional no Norte de Minas Gerais, Brasil. Rev Bras Med Esporte. 2014; Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbme/v20n5/1517-8692-rbme-20-05-00345.pdf. Último acesso: 04 de nov. 2019.

HALLAL, P. C., KNUTH, A. G., CRUZ, D. K. A., MENDES, M. I., e MALTA, D. C. Prática de atividade física em adolescentes brasileiros. Ciência e Saúde Coletiva. 2010. Disponível em: https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S1413-81232010000800008&script=sci_arttext&tlng=en. Último acesso em: 25 de out. 2019.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde 2013: percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas – Brasil, grandes regiões e unidades da federação. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2014.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa nacional de saúde escolar. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2016.

Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv97870.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde Escolar. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística; 2016.

Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv97870.pdf. Último acesso: 30 de out. de 2019.

MALTA, D.C. et al. A vigilância e o monitoramento das principais doenças crônicas não transmissíveis no Brasil-Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 18, p. 3-16, 2015.

MALTA, D.C. et al. Mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil e suas regiões, 2000 a 2011. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 23, p. 599-608, 2014.

MARIOSA, D.F; FERRAZ, R.R.N; SANTOS SILVA, E.N. Influência das condições socioambientais na prevalência de hipertensão arterial sistêmica em duas comunidades ribeirinhas da Amazônia, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 23, p. 1425-1436, 2018.

MARMOT, M. e WILKINSON. R. Social determinants of health. New York: Oxford University. 1999.

MELO, M. F. T.; SILVA, H.P. Doenças crônicas e os determinantes sociais da saúde em comunidades quilombolas do Pará, Amazônia, Brasil. Revista da ABPN v. 16, n. 7, p. 168-89, 2015.

SILVA JG, TEIXEIRA MLO, FERREIRA MA. Alimentação na adolescência e as relações com a saúde do adolescente. Texto e Contexto Enfermagem [Internet]. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v23n4/pt_0104-0707-tce-23-04-01095.pdf. Último acesso em: 31 de out. 2019

SURÍS, J.C. Global trends of young people with chronic and disabling conditions. Journal of Adolescent Health, v. 17.1, p. 17-22, 1995. Disponível em: https://www.jahonline.org/article/1054-139X(95)00075-4/pdf

SZKLO, A.S; CAVALCANTE, T.M. Descumprimento da lei que proíbe a venda de cigarros para menores de idade no Brasil: uma verdade inconveniente. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 2018, Disponível em: http://www.jornaldepneumologia.com.br/detalhe_artigo.asp?id=2872. Último acesso: 04 de nov. 2019.

World Health Organization Report. chronic disease report, Geneva, Switzerland: World Health Organization. 2005. Disponível em:

https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/43314/9241563001_eng.pdf;jsessionid=02139A6D720531A3276F98508603DBBA?sequence=1 Último acesso: 30 de out. de 2019.

World Health Organization. Global status re - port on noncommunicable diseases 2010. Ge - neva: World Health Organization; 2011. Disponível em: https://www.who.int/nmh/publications/ncd_report2010/en/. Último acesso: 04 de nov. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-044

Refbacks

  • There are currently no refbacks.