Levantamento farmacoepidemiológico de antibióticos dispensados em um bairro da zona leste de São José dos Campos/SP/ Pharmacoepidemiological Survey of Antibiotics Dispensed in a Neighborhouse in the East Zone of São José Dos Campos / SP

Ana Carolina Mendonça Nubile, Fernanda Malagutti Tomé, Adriano Moraes da Silva, Fernanda Sant’Ana de Siqueia e Oliveira, Viviane Gadret Borio Conceição, Hanna Flávia Santana dos Santos, Karen Cristiane Higa, Simone Aparecida Biazzi de Lapena

Abstract


Levantamento farmacoepidemiológico de antibióticos dispensados em uma Drogaria de bairro da Zona Leste de São José dos Campos – SP, onde a coleta de dados foi realizada entre os meses de janeiro de 2017 a junho de 2019 através de um relatório de saída de medicamentos (SNGPC) previsto pela ANVISA – RDC 68/2014. Foram coletadas informações sobre os antibióticos mais dispensados para os usuários da comunidade, sendo Amoxicilina e a Azitromicina os de maior frequência. Foram inclusas todas as faixas etárias e diferentes formas farmacêuticas para posterior discussão dos dados obtidos. A finalidade deste estudo foi discutir sobre a importância do uso racional dos antibióticos a fim de prevenir efeitos adversos e resistências bacterianas.


Keywords


Farmacoepidemiologia, Antibióticos, SNGPC, Resistência bacteriana.

References


Tavares W. Manual de Antibióticos e Quimioterápicos Antiinfecciosos. São Paulo: Atheneu, 1990.

Organização Mundial de Saúde. A crescente ameaça da resistência antimicrobiana: opções de ação: sumário executivo. Brasilia: OMS; 2012.

Oliveira AC, Silva RS. Desafios do cuidar em saúde frente à resistência bacteriana: uma revisão. Revista Eletrônica de Enfermagem 2008; 10 (1): 189-97.

Munita JM, Arias CA. Mechanisms of Antibiotic Resistance. Microbiol Spectr. 2016;4(2):10.1128/microbiolspec.VMBF-0016-2015.

Ventola CL. The antibiotic resistance crisis: part 1: causes and threats. P T. 2015;40(4):277–283.

Prestinaci F, Pezzotti P, Pantosti A. Antimicrobial resistance: a global multifaceted phenomenon. Pathog Glob Health. 2015;109(7):309–318.

Exner M, Bhattacharya S, Christiansen B, et al. Antibiotic resistance: What is so special about multidrug-resistant Gram-negative bacteria?. GMS Hyg Infect Control. 2017;12:Doc05.

Li B, Webster TJ. Bacteria antibiotic resistance: New challenges and opportunities for implant-associated orthopedic infections. J Orthop Res. 2018;36(1):22–32.

Amato Neto V, Nicodemo AC, Lopes HV. Antibióticos na prática clínica. 6ª ed. São Paulo: Sarvier Editora; 2007

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 68, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a atualização do Anexo I, Lista de Antimicrobianos Registrados na Anvisa, da Resolução – RDC nº 20, de 5 de maio de 2011 e dá outras providências.

Brasil. RDC nº 138, de 29 de maio de 2003. Dispõe sobre o enquadramento na categoria de venda de medicamentos. Diário Oficial da União, Brasília, 2 de junho de 2003.

BRASIL, ANVISA. Especial RDC 44/2010 – Antibióticos. Disponível em: Acesso em 12 de abril de 2019.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Série Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde- Assistência segura: uma reflexão teórica aplicada à prática – 2013.

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. RESOLUÇÃO - RDC nº 20, de 5 de maio de 2011. Dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição, isoladas ou em associação. Disponível em: < http://www.anvisa.gov.br/sngpc/Informe_Tecnico_Procedimentos_RDC_n_20.pdf > Acesso em: 12 de Julho de 2019.

Manual de orientações Básicas para prescrição médica. Célia Maria Dias Madruga, Eurípedes Sebastião Mendonça de Souza. Conselho Federal de Medicina. João Pessoa: Ideia, 2009. 34p.: il

Kehrer JP, James DE. The Role of Pharmacists and Pharmacy Education in Point-of-Care Testing. Am J Pharm Educ. 2016;80(8):129.

Galato DA, Trauthman SC, Vieira AC. A dispensação de medicamentos: uma reflexão sobre o processo para prevenção, identificação e 37 resolução de problemas relacionados à farmacoterapia. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v.44, n.3, abril./maio., 2017.

Miguel MD, Miguel OG. Atenção Farmacêutica na Formação do Acadêmico de Farmácia. Visão Acadêmica. Curitiba, UFPR, 2000.

Feitosa FPJ. O Papel do Farmacêutico no Controle do Uso Racional de Antibióticos. Crato-Ceará, 2006.

Melo DO, Molino CGRC, Ribeiro E, Romano-Lieber NS. Treinamento de técnicos de farmácia para dispensação de medicamentos na Atenção Primária à Saúde. Ciênc. saúde coletiva vol.22 no.1 Rio de Janeiro jan. 2017

Berquó LS, Barros AJD, Lima RC, Bertoldi AD. Utilização de medicamentos para tratamento de infecções respiratórias na comunidade. Rev Saude Publica

Foxman B. A epidemiologia da infecção do trato urinário. Nature Rev Urol. 2010; 7 : 653-660.

Dias Neto JA, Martins ACP, Silva LDM, Tiraboschi RB, Domingos ALA, Colonia AJ, Paschoalin EL, Tucci Jr S. Infecção urinária adquirida na comunidade: etiologia e suscetibilidade bacteriana. Acta Cir. Bras. vol.18 suppl.5 São Paulo 2003

Conde KA, Silva E, Silva CO, Ferreira E, Freitas FG, Castro I, et al. Differences in sepsis treatment and outcomes between public and private hospitals in Brazil: a multicenter observational study. PLoS One. 2013;8(6):e64790.

BAHLIS, L. F., DIOGO L. P., KUCHENBECKER R. S., FUCHS S. C. Perfil clínico, epidemiológico e etiológico de pacientes internados com pneumonia adquirida na comunidade em um hospital público do interior do Brasil. J. bras. pneumol. vol.44 no.4 São Paulo July/Aug. 2018

Marinho F., Passos VMA, Malta DC, França EB et al. Burden of disease in Brazil, 1990–2016: a systematic subnational analysis for the Global Burden of Disease Study 2016. Lancet 2018; 392: 760–75

Baars EW, Zoen EB, Breitkreuz T, et al. The Contribution of Complementary and Alternative Medicine to Reduce Antibiotic Use: A Narrative Review of Health Concepts, Prevention, and Treatment Strategies. Evid Based Complement Alternat Med. 2019;2019:5365608. Published 2019 Feb 3.

Azevedo SMM. Farmacologia dos Antibióticos Betalactâmicos. Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas. Faculdade de Ciências da Saúde - Universidade

Fernando Pessoa, Porto, 2014.

Garza-Ramos G, Xiong L, Zhong P, Mankin A. Binding site of macrolide antibiotics on the ribosome: new resistance mutation identifies a specific interaction of ketolides with rRNA. J Bacteriol. 2001;183(23):6898–6907.

Brook I. Treatment Challenges of Group A Beta-hemolytic Streptococcal Pharyngo-Tonsillitis. Int Arch Otorhinolaryngol 2017;21:286–296.

Akhavan BJ, Vijhani P. Amoxicillin. [Updated 2019 Sep 26]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2019 Jan.

Shaikh S, Fatima J, Shakil S, Rizvi SM, Kamal MA. Antibiotic resistance and extended spectrum beta-lactamases: Types, epidemiology and treatment. Saudi J Biol Sci. 2015;22(1):90–101.

Horumpende PG, Sonda TB, van Zwetselaar M, et al. Prescription and non-prescription antibiotic dispensing practices in part I and part II pharmacies in Moshi Municipality, Kilimanjaro Region in Tanzania: A simulated clients approach. PLoS One. 2018;13(11):e0207465. Published 2018 Nov 21.

Yakimova Y. Pharmacists' knowledge of the safety of antibiotics for systemic use. Int J Risk Saf Med. 2015;27 Suppl 1:S11-2.

Torres, N.F., Solomon, V. & Middleton, L.E. Patterns of self-medication with antibiotics in Maputo City: a qualitative study. Antimicrob Resist Infect Control. 2019; 8, 161




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n1-088

Refbacks

  • There are currently no refbacks.