Doenças do aparelho circulatório no Brasil de acordo com dados do Datasus: um estudo no período de 2013 a 2018/ Diseases of the circulatory device in Brazil according to Datasus: a study from 2013 to 2018

Stephanie Guardabassio de Oliveira, Jozyane Ribeiro Fuginami Gotto, Amanda Oliva Spaziani, Raissa Silva Frota, Márcio Augusto Garcia de Souza, Cleber José de Freitas, Giovana Tomaelo Bunder Pelissari, Otávio Leão da Silveira, Maria Fernanda Aguilar de Azevedo, Dieison Pedro Tomaz da Silva, Luis Carlos Spaziani

Abstract


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças do aparelho circulatório representam cerca de 15,2 milhões de óbitos em todo o mundo, mostrando que as doenças isquêmicas do coração e acidente vascular encefálico são as causas com maiores incidências. As doenças cardiovasculares são causadoras de 29,4% dos óbitos identificados no Brasil em um ano, mais de 308 mil indivíduos morrem por ano, sobretudo de infarto e acidente vascular cerebral (AVC). O constante problema insere o Brasil entre os 10 países com maior taxa de óbitos cardiovasculares. Objetivou-se descrever a situação da doença do aparelho circulatório no Brasil no período de 2013 a 2018. Foi realizado levantamento de estudos descritivos dos casos confirmados da doença cardiovascular registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), datando de 1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2018 com taxas de mortalidade por sexo, raça/cor, internações no SUS e faixas etárias, segundo as regiões do Brasil com base nos registros do Sinan e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Há uma elevação nos custos diretos relacionados ao manejo das DAC no Brasil, com alto impacto no orçamento dos órgãos que são financiadores da saúde, especialmente com os gastos em medicamentos, internações e na atenção terciária ou quaternária, que são de alta complexidade. Os Determinantes Sociais de Saúde (DSS) são caracterizados pelas condições de vida e trabalho da população, contribuindo para as desigualdades de saúde, resultando em morbimortalidade.


Keywords


Doenças do aparelho circulatório. Doença cardiovascular. Doença crônica não transmissível.

References


SOARES, Gabriel Porto et al. Evolution of Mortality from Diseases of the Circulatory System and of Gross Domestic Product per Capita in the Rio de Janeiro State Municipalities. Int. J. Cardiovasc. vol.31 no.2. Brasil. 2018. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2359-56472018000200123&lng=en&nrm=iso&tlng=en&ORIGINALLANG=en>. Acesso em: 21/out/2019.

SILVA, Lucas Costa Cardoso et al. Evolução da mortalidade por doenças do aparelho circulatório em um município mineiro. 2019. Disponível em: . Acesso em 01/nov/2019.

NATAL, Evoneis Farias; LARANJA, Ruth Elias de Paula; ALMEIDA, Elton Kleiton Albuquerque de. Análise da influência das variáveis climáticas na mortalidade por doenças do aparelho circulatório no distrito federal, Brasil, 2003-2012. Repositório Institucional da Universidade de Brasília. V. 9, n. 3, p. 25-36. Rev. Saúde Públ. Santa Cat., Florianópolis, Brasil. 2016. Disponível em: . Acesso em: 21/out/2019.

SALIM, Thais Rocha et al. Mortalidade por Doenças e Malformações do Aparelho Circulatório em Crianças no Estado do Rio de Janeiro. Arq. Bras. Cardiol. vol.106, n.6, p.464-473. 2016. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/abc/v106n6/pt_0066-782X-abc-20160069.pdf>. Acesso em: 25/out/2019.

GRADELLA, Matheus Henrique Fontes; GAMARRA, Carmen Justina; SIBIM, Alessandra Cristiane. Tendência da mortalidade por doenças do aparelho circulatório no Estado do Paraná e Foz do Iguaçu, 1980 a 2013. Brasil. 2016. Disponível em: . Acesso em: 01/nov/2019.

BEZERRA, Polyana Caroline de Lima; MONTEIRO, Gina Torres Rego. Tendência de mortalidade geral e por doenças do aparelho circulatório em idosos, Rio Branco, Acre, 1980-2012. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro, p. 145-157. Disponível em: . Acesso em: 01/nov/2019.

MARQUES, Larissa Pruner; CONFORTIN, Susana Cararo. Doenças do Aparelho Circulatório: Principal Causa de Internações de Idosos no Brasil entre 2003 e 2012. Universidade Federal de Santa Catarina. V. 19, n. 2, p. 83-90. Rev. Brasileira de ciências da saúde. Santa Cat., Florianópolis, Brasil. 2015. Disponível em: . Acesso em: 25/out/2019.

WEBER, Cícero et al. Atividade física após hospitalização por doenças do aparelho circulatório. Rev Bras Ativ Fís Saúde. p. 492-502. Brasil. 2015. DOIhttp://dx.doi.org/10.12820/rbafs.v.20n5p492. Disponível em: . Acesso em: 01/nov/2019.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

CONFORTIN, Susana Cararo et al. Premature mortality caused by the main chronic noncommunicable diseases in the Brazilian states. Rev. Bras. Enferm. vol.72 no.6 Brasília. Brasil. 2019. Disponível em: . Acesso em: 01/nov/2019.

SOBRAL, Janaína Paula Calheiros Pereira et al. A mulher e as doenças cardiovasculares: morbidade hospitalar em Alagoas. GEPNEWS, Maceió, a.3, v.1, n.1, p.32-38. Brasil. 2019. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.

ZUANAZZI, Serena et al. Resultados preliminares sobre a precipitação e doenças circulatórias entre 2001 e 2014 em Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.

OPAS. Organização Pan-Americana de Saúde. Organização Mundial de Saúde. Brasil. Doenças cardiovasculares. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.

VIEIRA, Emmily Coelly et al. Ocorrência de internações hospitalares por doenças do aparelho circulatório no estado da Bahia. 2016. DOI: 2238-2704rpf.v6i2.920. Disponível em: . Acesso em: 31/10/2019.

WHO. World Health Organization. Cardiovascular diseases (CVDs). 2019. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.

BEZERRA, Gustavo Iago Silva; SENA, Érico Bezerra de; ALVES, Kelly Cristina Gomes. Premature mortality from diseases of the circulatory system in Palmas, Tocantins. Revista de Patologia do Tocantins. p. 54-58. Brasil. 2017. Disponível em: . Acesso em: 03/nov/2019.

OPAS. Organização Pan-Americana de Saúde. Organização Mundial de Saúde. Brasil. Doenças cardiovasculares. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.

FERNANDES, Vinicius; LEITE, Maysa de Lima. Relationship between climate variables and mortality for diseases of circulatory apparatus in old people in the city of Paranavaí –pr. Visão Acadêmica, Curitiba, v.19, n.2. Brasil. 2018. Disponível em: . Acesso em: 02/nov/2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n1-066

Refbacks

  • There are currently no refbacks.