Processo de enfermagem na saúde mental / Nursing process in mental health

Liliane Taveira Damasceno Borges, Tatiana Peres Santana Porto Wanderley, Isabelle Rebelo Simões Nobre, Simone Sampaio da Costa, Guiomar Virgínia Vilela Assunção de Toledo Batello

Abstract


Doença mental é um termo usado sem que haja uma definição mais concreta, pode ser utilizado para descrever o nível emocional e cognitivo na qualidade de vida das pessoas, portanto refere se há uma alteração na cognição e afetividade, que se traduz em perturbações em nível do raciocínio, comportamento, compreensão da realidade e da adaptação às condições da vida. O processo de enfermagem é a aplicação de parâmetros teóricos da enfermagem tendo em vista resolver ou amenizar os problemas observados e referidos pelos pacientes, família e comunidade, esse instrumento é um facilitador da assistência, trazendo como benefício o acompanhamento do estado do paciente estimulando o autocuidado e auxiliando na sua melhora. Nesse contexto foi realizado um estudo de revisão narrativa de literatura, com os objetivos de identificar na literatura o que tem produzido sobre o processo de enfermagem na saúde mental, descrever quais as patologias prevalentes nos estudos, listar os principais títulos diagnósticos de enfermagem da Taxonomia NANDA Internacional identificados nos clientes psiquiátricos e evidenciar , quais os cuidados específicos de enfermagem recomendados aos pacientes portadores de doença mental. Os dados foram levantados no Scielo, Redalyc e BVS. Trabalhou-se com 15 publicações de acordo com a relevância, objetivos do estudo e critérios de inclusão e exclusão. Os resultados evidenciaram como patologias prevalentes: Ansiedade, transtorno relacionado ao uso de álcool e outras drogas, depressão, Esquizofrenia, Alzheimer, demência e transtornos neuróticos. Constatamos ainda que o diagnóstico de enfermagem da Taxonomia NANDA Internacional mais identificado nos clientes psiquiátricos, foi a ansiedade. Os cuidados específicos recomendados foram: intervenções extra hospitalares; promoção à saúde e cuidado humanizado, valorizando corpo, mente e vida social. Evidenciamos assim a importância da avaliação no processo de enfermagem, pois através dela podemos assegurar um cuidado adequado a esse paciente.


Keywords


doença, processo de enfermagem, saúde mental.

References


ANDRADE, F.B., et al. Saúde Mental na Atenção Básica: um estudo epidemiológico baseado no enfoque de risco um estudo epidemiológico baseado no enfoque de risco. Revista Brasileira de Enfermagem. pág.; 676, Brasília 2009. Acesso em 07 de set. 2017.

BADIN, M.; FRANCISCHETTI, R.; GARCIA, A.P.P.T.V. Aplicabilidade do Processo de Enfermagem não cuidar de doença psiquiátrica: revisão integrativa. Revista Eletrônica de Saúde Mental, Álcool e Drogas 2013. Disponível em: ISSN 1806-6976.

BRASIL, Ministério da Saúde. Comunicação e Educação em Saúde. Caderno de Atenção Básica. Saúde Mental. Projeto de Profissionalização dos Trabalhadores da Área de Enfermagem, Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação na Saúde Série F. 2ª Edição. 1ª Reimpressão. Brasília – DF, 2003. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_34_saude_mental

CAMPOS, C.J.G.; SOBRAL F.R.G. Problematizadora: experiência na disciplina de cuidar em enfermagem processo psiquiátricos. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste -2013.Disponível em:www.redalyc.org/articulo.oa?id=324028789022.

CARDOSO, L. GALERA A.F. O cuidado em saúde mental na atualidade. Revista da escola de Enfermagem da USP. 2011. Disponível em: www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342011000300020.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. RESOLUÇÃO COFEN nº358 de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a sistematização da assistência de enfermagem e a implementação do processo de enfermagem em ambientes públicos ou privados, em que ocorre o cuidado profissional de enfermagem. Processo de enfermagem. Brasília DF, 2009. Disponível em http://www.cofen.gov.br.

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM (São Paulo). Processo de Enfermagem - Guia para a Prática. São Paulo, 2015. Disponível em: http://www.coren-sp.gov.br.

GARCIA et al, Processo de Enfermagem na Saúde Mental: revisão integrativa da literatura. Revista Brasileira de Enfermagem, 2017, Disponível em: www.redalyc.org/articulo

OLIVEIRA, F.B.; FORTUNATO, M.L. Saúde mental: reconstruindo saberes em enfermagem. Rev. bras. Enfermagem ,2013 Brasília Disponível: em:.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672003000100014&lng=pt&nrm=iso>.

SPADINI, L.S; SOUZA, M.C.B.de M. A doença mental sob o olhar de A doença mental sob o olhar de pacientes e familiares Revista da escola de Enfermagem da USP. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v40n1/a17v40n1.pdf.

TEIXEIRA, G.V.;SILVA, M.O.;REGINA N. Considerações sobre clínica ampliada no processo de enfermagem. Revista de Saúde Coletiva, 2013. Disponível em: www.redalyc.org/articulo.oa?id=84212375006> ISSN 1806-3365.

WAIDMAN, M.A.P. et al. Assistência de enfermagem às pessoas com transtornos mentais e às famílias na Atenção Básica. Acta Paulista de Enfermagem. São Paulo, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002012000300005.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n1-030

Refbacks

  • There are currently no refbacks.