A influência do nutricionista na afetividade e na alimentação da criança na creche / Nutritionist's influence on child affectiveness and nursing

Wedja Myrelly de Andrade Lopes, Geyson Alves Marinho, Jadilson Lourenço de Lima, Mariana dos Santos Duarte, Wellida de Andrade Lopes

Abstract


As creches são uma realidade na vida de grande parcela das crianças brasileiras na idade da pré-escola e nelas permanecem por um longo período. Assim o objetivo desse estudo foi reconhecer a importância da alimentação saudável e da afetividade na educação infantil e identificar a importância do nutricionista na Creche, a participação da família para o desenvolvimento infantil e como resultados crianças saudáveis dentro do processo da afetividade e das fases do desenvolvimento humano citadas por Piaget. Para tanto a metodologia utilizada foi a bibliográfica e documental com literatura selecionada como artigos, livros e boletins de comitês de saúde disponível nas bases de dados MedLine, SciELO, e sobre as ações desenvolvidas em creches no contexto atual e a atuação do nutricionista nesta instituição.   Finalmente, apresenta os principais desafios do profissional citado neste segmento e a necessidade de sua constante atualização sobre o quadro epidemiológico da nutrição para as faixas etárias que atende, bem como as prioridades estabelecidas pela Política Nacional de Alimentação e Nutrição vigente e normas emitidas pelos órgãos de referência para esta área.  O trabalho mostra ao nutricionista a título de contribuição que cabe considerar, além das necessidades nutricionais, o viés educativo e de formação de hábitos alimentares

Keywords


Creche, Criança, Nutricionista.

References


ALVES RCP Os educadores de creche e o cotidiano entre cuidar e educar. SP, Ática,2014.

BATISTA, R. A Rotina no Dia-a-Dia da Creche: Entre o Proposto e o Vivido. SP, Atlas, 2016.

BRASIL , Parâmetros Nacionais de Qualidade para a Educação Infantil - Volume 1 e 2, Brasília, MEC, 2010.

BRASIL, Referencial Curricular para a Educação Brasília, MEC , 2014.

FERREIRA MC, A creche enquanto contexto possível de desenvolvimento da criança pequena São Paulo: Atlas; 2010.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A.. Metodologia do trabalho científico. 4. ed. São Paulo: Atlas; 2010.

MATURAMA, R.H Amar e Brincar: fundamentos esquecidos do praticado à democracia, São Paulo , Palas Athena (2014).

MENEZES RCE, Consumo energético proteico e estado nutricional de crianças menores de cinco anos, no Estado de Pernambuco, Brasil. Rev Nutr. 2017;

OLIVEIRA, Zilma Ramos. Educação Infantil: fundamentos e métodos. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

VERÍSSIMO MDLOR, O cuidado da criança segundo trabalhadoras das creches. Porto Alegre: Artes Médicas, 2015




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n1-022

Refbacks

  • There are currently no refbacks.