Propedêutica cirúrgica de mesiodens em paciente odontopediátrico / Surgical propedeutics of mesiodens in a pediatric dental patient

Rossiny Ferreira Rosa, Matheus Carvalho de Lucena Lacerda, Luiza Abreu de Oliveira, Alana Virgínia Veras de Almeida, Lídia Regina da Costa Hidalgo, Leandro Silva da Conceição

Abstract


Introdução: O elemento dental supranumerário de maior incidência é o mesiodens, cuja prevalência varia de 0,15 à 0,19% na dentição definitiva, com maior frequência pelo sexo masculino. Essa anomalia é rara na dentição decídua, podendo erupcionar normalmente devido aos espaços presentes nessa arcada ou permanecer incluso. Sua presença pode acarretar desequilíbrio no desenvolvimento maxilo-mandibular, como: diastemas, atraso na erupção de dentes permanentes, apinhamentos e problemas oclusais. O diagnóstico pode ser feito através de exames de imagens onde, as radiografias panorâmicas, oclusais e periapicais mostram-se de grande valia, juntamente com uma minuciosa anamnese e avaliação clínica do paciente. O reconhecimento dessa desordem, resultará na elaboração de um plano de tratamento adequado, prevenindo e minimizando complicações. Objetivo:Relatar propedêutica cirúrgica de mesiodens em paciente odontopediátrico. Caso Clínico: Paciente 6 anos de idade, gênero feminino, leucoderma, normoreativo, com queixa de espaço excessivo entre os dentes anteriores superiores e dificuldade de higienização no local. O responsável procurou a Clínica de Odontopediatria da FACIT e no primeiro atendimento foi feito exame clínico, anamnese e exame radiográfico, constatando a presença de um mesiodens na região de incisivos centrais. No segundo atendimento foi executado a propedêutica cirúrgica, prescrição e orientações pós-operatórias.Conclusão: O profissional deve executar minunciosamente a avaliação do paciente, com a finalidade de diagnosticar precocemente a presença de dentes supranumerários, a fim de planejar uma conduta cirúrgica de qualidade respeitando seus aspectos estético e anátomo funcionais.

 


Keywords


Dente supranumerário, diagnóstico por imagem, mesiodens.

References


Conceição LS, Morais AMD, Moreira LMS, Lopes CRP, Honda R, Klug RJ. Terapêutica cirúrgica de dentes supranumerários. J Orofac Invest. 2016;3(1):63-69.

Mercadante MMNM. Etiologia das Más Oclusões Dentais. In:Ferreira, Flávio Vellini. Ortodontia: Diagnóstico e Planejamento Clínico. ed.São Paulo: Ed. Artes Médicas, 2008. Cap. 12, p.235-252.

Montenegro JM, Romero EI. Diagnóstico y Tratamiento de Mesiodens: Revisión de la Literatura. Revista de laFacultad de Odontologia, 2007;3(5):941-945.

Buggenhout GV, Forestier, BI. Sings dysmorphology Mesiodens. Europan Journol of Medical Genetics. 2008;51(2):178-81.

Duarte DA, et al.Cirurgia Oral em Pacientes Pediátricos. In: Corrêa, M. S. N. P. Odontopediatria na Primeira Infância: ed. São Paulo: Ed.Santos, 2010. Cap. 41, p. 659-677.

Fernandes AV,Rocha NS, Almeida RAC, Silva EDO, et al. Quarto Molar Incluso: Relato de Caso. RevCirTraumatol Buco-Maxilo-Fac. 2005;5(2):61-66.

Pinheiro CC, Tostes MA, Pinheiro AR. Prevalência de Anomalia Dentária de Número em Pacientes Submetidos a Tratamento Ortodôntico: um Estudo Radiográfico. PesqBrasOdontopedClinIntegr. 2008;8(1):47-50.

Primo, B. T. Andrade MGS, Oliveira HW, Oliveira MG, et al.Dentes Retidos: Novas Perspectivas de Localização. RFO. 2011;16(1):95-99.

Macêdo TFO, Melo MNB, Freire FFP, RMX Dantas, et al.Hiperdontia: Relato de Caso com 10 Elementos Supranumerários. RBO. 2013;4(2):138-146.

Reis LFG, Giovanini A, Namba EL, Silva ELFM, et al. Dentes supranumerários retidos interferindo no tratamento ortodôntico. Rev Sul - Bras de Odont. 2006;3(2):20-25.

Moore KL, Persuad T V N. Sistema Tegumentar. In: Embriologia Clínica. ed. São Paulo: Ed. Elsevier; 2008. Cap. 19 p. 448-465.

Motta LFG, Alencar CJF. Cirurgia em Odontopediatria. In: Guedes-Pinto AC, Odontopediatria: Ed. São Paulo: Ed. Santos, 2010. Cap. 30, p. 563-586.

Cogulu D, Yetkiner E, Akay C, Seckin O, Alpoz R. Multidisciplinary management and long-term Follow-up of mesiodens: case report. J ClinPediatrDent. 2008;1(33):63-66.

Azenha MR, Zorzetto DLG, Marzola C, Moura LA, Handem RH. Abordagem Cirúrgica de Dente Supranumerário (Mesiodens) na Região Palatina: Caso Clínico. Rev Port Estomatol Cir Maxilofac. 2007;48:37-41.

Kazanci F, Celikoglu M, Miloglu O, Yildirim H, Ceylan I. The frequency and characteristics of mesiodens in a Turkish patient population. Eur J Dent. 2011;5(3):361-365.

Oliveira JB, Melo ARS, Almeida ANCL, Tavares RMC, et al . Impaction of Permanent Upper Canine caused by Supernumerary tooth With Talon Cusp Type III. J. Morphol. Sci. 2013;30(1):5962.

Puricelli E, Ponzoni D, Aspectos da Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial em Odontopediatria. In: Toledo AO, Odontopediatria Fundamentos para a prática clínica. Porto Alegre: Ed. Premier; 2012. p. 329-48.

Mangalekar SB, Ahmed T, Zakirulla M, Shivappa HS, et al .Molariform Mesiodens in PrimaryDentition. Case Reports in Dentistry. 2013;1(1):1-4.

Bezerra PKM, Bezerra PM, Cavalcanti AL. Dentes supranumerários: revisão da literatura e relato de caso. R. Ci. méd. biol. 2007;6(3):349-356.

Lara TS, Lancia M, Silva Filho OG, Garib DG, Ozawa TO. Prevalence of mesiodens in orthodontic patients with deciduous and mixed dentition and its association with other dental anomalies. Dental Press J. Orthod. 2013;18(6):9-93.

Amaral DC, Gomes CC, Carvalho JG. Melhor oportunidade cirúrgica para remoção de dente supranumerá¬rio mesiodens em paciente infantil. Sci Invest Dent 2017; 22(1):30-32.

Ramesh K, Venkataraghavan K, Kunjappan S, Ramesh M. Mesiodens: a clinical and radiographic study of 82 teeth in 55 children below 14 years. Journal of Pharmacy and Bio Allied Sciences 2013; 5(5): 60-62.

Andrade ED. Terapêutica Medicamentosa em Odontologia. Artes Médicas, São Paulo. 2014:3;139-40.

Fonoff RN, Haddad AE, Alencar CJF. Cirurgia em odontopediatria. In: Guedes-Pinto AC, Bönecker M, Rodrigues CRMD, editors. Fundamentos de odontologia: Odontopediatria. Ed. Santos; 2009. p. 277-299.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n5-004

Refbacks

  • There are currently no refbacks.