Diagnóstico das lesões pleurais / Diagnosis of pleurial injuries

Reneê Dominik Carvalho Pereira Osório, Juliana Rodrigues Rolim, José Eurides Liberalino, Arlon Silva Alencar, Wenya Cristiana de Almeida Abreu, Rízia Ferreira Ivo Cavalcante, Denise Parente Pinheiro Miranda, Manoel Ilton Sarmento Neto

Abstract


O objetivo deste trabalho é uma revisão sistemática dos artigos científicos sobre os principais métodos de diagnóstico das lesões pleurais, dando uma maior ênfase as lesões mais comuns: derrame pleural, pneumotórax e empiema. O presente trabalho trata-se de um estudo bibliográfico com recorte temporal entre 2009 e 2019. Teve como base a seguinte pergunta norteadora: quais são os melhores métodos diagnósticos das lesões pleurais?.A pesquisa foi realizada inicialmente com a procura dos descritores derrame pleural; diagnóstico; empiema; pneumotórax no DescBVS e no Sielo. Logo após a obtenção do mesmo, foi realizada uma pesquisa de informações no BVS e na Scielo e aplicado 7 filtros no cruzamento desses descritores para utilização na íntegra dos artigos encontrados. Foi definido como critério de inclusão: ser artigo científico, disponível na íntegra, publicado entre 2009-2019, de acesso livre e gratuito. Como critérios de exclusão, incluíram-se: publicações repetidas e trabalhos só com o resumo disponível. Os resultados encontrados evidenciam que a avaliação de um paciente com doença pleural inicia-se pela história clinica, a partir de um ou mais sintomas. Segue-se o exame físico geral do paciente, o qual poderá fornecer subsídios ao diagnóstico. A segunda etapa consiste no emprego de exames complementares. Didaticamente podemos lançar mão para o diagnóstico de lesões pleurais diversos métodos de imagem, que  podem ser divididos em dois grupos: métodos não invasivos (Radiografia de Tórax, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética) e métodos invasivos (Toracocentese).A radiografia de Tórax na incidência Póstero-Anterior é o primeiro recurso a ser empregado para avaliação do paciente com queixa pleuropulmonar. A tomografia computadorizada é hoje um dos recursos diagnósticos de maior valia na investigação de doenças pleurais podendo distinguir patologias pleurais de processos parenquimatosos, como o empiema, de um abcesso pulmonar periférico.  A Ressonância fornece imagens capazes de mostrar diferenças significativas de sinal no transudato, exsudato simples, exsudato infeccioso e exsudato maligno. A toracocentese é um procedimento simples quanto a técnica e materiais necessários, não há contra indicações absolutas, porém, há contra indicações relativas: diátese hemorrágica, uso de anticoagulantes, pequeno volume de liquido, ventilação mecânica e paciente não cooperativo. Portanto, através deste estudo, foi possível concluir que a avaliação clínica associada aos estudos imaginológicossão de suma importância no diagnostico e para traçar o tratamento dos pacientes acometidos.


Keywords


derrame pleural; diagnóstico; empiema; pneumotórax.

References


AUN, F. G.; FELICIANO, M. R.;IETSUGU, M. V. Utilização do radiodiagnóstico em doenças oportunistas. 5ª Jornada Científica e Tecnológica da FATEC de Botucatu 24 a 27 de Outubro de 2016, Botucatu – São Paulo, Brasil.

CAPONE, D.; ALVES, U. D.; CAPONE, R. B. Supurações Pulmonares: Revisão dos principais aspectos clínicos e achados de imagem. Pulmão RJ 2014;23(3):13-18

CIPRIANO, F. G.; DESSOTE, L. U. Drenagem pleural. Medicina (Ribeirão Preto) 2011;44(1): 70-8.

MORAES, P. H.; SATO, F. R. L.; ASPRINO, L.; MOREIRA, R. W. F. Barotrauma pulmonar durante anestesia geral para procedimento cirúrgico de traumatismo facial. Rev. Cir. Traumatol. Buco-Maxilo-fac., Camaragibe v.10, n.2, p. 13 - 17, abr./jun. 2010.

OLIVEIRA, T. G. V.; REZENDE, R. R.. Derrame pleural: relato de um caso com difícil confirmação de diagnóstico etiológico. Cadernos UniFOA Edição nº 21 -Abril/2013.

PRINA, E., TORRES, A., CARVALHO, C. R. R. Ultrassom de pulmão na avaliação de derrame pleural. J Bras Pneumol. 2014;40(1):1-5

SANTS, M. K.; ELIAS JUNIOR, J.; MAUAD, F. M.; MUGLIA, V. F.; TRAD, C. S. Ressonância magnética do tórax: Aplicações tradicionais e novas, com ênfase em pneumologia. J Bras Pneumol. 2011;37(2):242-258.

SILVA JÚNIOR, C. T.; MARCHI, E.; TEIXEIRA, L. R. Diagnóstico e tratamento dos derrames pleurais malignos. Pulmão RJ 2016;25(1):17-20.

SILVA, P. J. V. Doenças pulmonares intersticiais relacionadas ao fumo: avaliação de achados clínicos, radiológicos e anatomopatológicos. [Monografia]. SALVADOR (BAHIA) Marco, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n4-089

Refbacks

  • There are currently no refbacks.