O enfermeiro na promoção da saúde frente ao pé diabético na atenção básica de saúde / The nurse in the promotion of health against diabetic foot in basic health care

Ana Kelly Américo Siqueira, Ingrid Raffaela Silva do Nascimento, João Gabriel de Siqueira Barroso, Késia Pereira da Rocha, Gabriela Meira de Moura Rodrigues, Josivan da Costa Sousa

Abstract


Introdução: O diabetes é causado pelo aumento da glicemia. Uma intercorrência grave é o pé diabético. O enfermeiro na atenção básica de saúde promove o incentivo do autocuidado, essencial na prevenção. Justifica-se pelos dados elevados de problemas relacionados ao pé diabético. Objetivo: Mostrar a importância do enfermeiro frente ao pé diabético, apresentando as formas de promoção da saúde feitas pelo enfermeiro dentro de uma atenção básica de saúde e especificando os cuidados relacionados às úlceras diabéticas. Métodos: Estudo descritivo do tipo revisão bibliográfica. Fonte de pesquisa foram o Google Acadêmico, Scielo e BVS. 51 fontes de literatura pesquisados, selecionando-se 20 e excluindo os outros 31. Produzidas entre 2001 e 2018. Conclusão: O enfermeiro será essencial na assistência do pé diabético, por ter contato contínuo com o paciente. Desta forma, lhe orientará acerca do autocuidado que inclui deste a observação do estado do pé até o uso de métodos confortáveis.


References


Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção. Diabetes Mellitus. [Internet]. Brasília: MS; 2006. [acesso em 2019 mar 20]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diabetes_mellitus.PDF

Patrão AR, Tavares D, Vaz IR, Marques J, Silva A, Polónia J. Hiperglicemia. [Internet]. [S.l.]: UFS; 2013. [acesso em 2019 mar 20]. Disponível em: http://www.ff.ul.pt/ufs/files/2015/09/08Hiperglicemia.pdf

Caiafa JS, Castro AA, Fidelis C, Santos VP, Silva ES, Jr CJS. Atenção integral ao portador de pé diabético. Jornal Vascular Brasileiro [Internet]. 2011; 10(42):1-32. [acesso em 2019 mar 22]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jvb/v10n4s2/a01v10n4s2.pdf

Revilla GP, Sá AB, Carlos JS. O pé dos diabéticos. Rev Port Clin Geral [Internet]. 2007; 23:615-26. [acesso em 2019 abr 22]. Disponível em: https://docs.google.com/viewerng/viewer?url=http://www.rpmgf.pt/ojs/index.php/rpmgf/article/viewFile/10410/10146

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde. [Internet]. 3. ed. Brasília: MS; 2010. [acesso em 2019 mar 29]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_promocao_saude_3ed.pdf

Brasil. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017 [Internet]. [S. l.]: MS; 2017. [acesso em 2019 mar 29]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html

Gomes MB, Cobas R. Diabetes Mellitus. In: SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Departamento de Enfermagem da Sociedade Brasileira de Diabetes. Cuidados de Enfermagem em Diabetes Mellitus. [Internet]. São Paulo: [s. n.]; 2009. cap 1: 6-17. [acesso em 2019 abr 21]. Disponível em: http://www.saudedireta.com.br/docsupload/13403686111118_1324_manual_enfermagem.pdf

Duarte N, Gonçalves A. Pé diabético. Angiologia e Cirurgia Vascular [Internet]. 2011;7(2):65-79. [acesso em 2019 abr 19]. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/ang/v7n2/v7n2a02.pdf

Schimidt MI, Duncan BB, Silva GA, Menezes AM, Monteiro CA, Barreto SM et al. Doenças crônicas não transmissíveis no Brasil: carga e desafios atuais. The Lancet [Internet]. 2011: 61-74. [acesso em 2019 abr 17]. Disponível em: http://dms.ufpel.edu.br/ares/bitstream/handle/123456789/222/1%20%202011%20Doen%E7as%20cr%F4nicas%20n%E3o%20transmiss%EDveis%20no%20Brasil.pdf?sequence=1

International Diabetes Federation. IDF Diabetes Atlas. 8 ed. [S.l]: IDF; 2017.

Souza CM, Gross JL, Gerchman F, Leitão CB. Pré-diabetes: diagnóstico, avaliação de complicações crônicas e tratamento. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet]. 2012; 56(5):275-84. [acesso em 2019 maio 16]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abem/v56n5/a01v56n5.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Manual do Pé Diabético. [Internet]. Brasília: MS;2016. [acesso em 2019 mar 22]. Disponível em: http://www.sgas.saude.ms.gov.br/wp-content/uploads/sites/105/2016/06/manual_do_pe_diabetico.pdf

DEALEY, C. Cuidando de feridas. 3. ed. São Paulo: Atheneu; 2006.

Borges DB, Lacerda JT. Ações voltadas ao controle do Diabetes Mellitus na Atenção Básica: proposta de modelo avaliativo. Saúde em Debate [Internet]. 2018; 42(116):162-78. [acesso em 2019 abr 19]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-11042018000100162&script=sci_abstract

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Diabetes Mellitus. Brasília: MS; 2013.

Hirota CMO, Haddad MCL, Guariente MHDM. Pé diabético: o papel do enfermeiro no contexto das inovações terapêuticas. Cienc Cuid Saude [Internet]. 2008; 7(1): 114-20. [acesso em 2019 abr 19]. Disponível em: http://hiperbaricasantarosa.com.br/arquivos/PE_DIABETICO_O_CONTEXTO_DOS_ENFERMEIROS_NAS_INOVACOES_TERAPEUTICAS.pdf

Santos GILSM, Capirunga JBM, Almeida OSC. Pé diabético: condutas do enfermeiro. Revista Enfermagem Contemporânea [Internet]. 2013; 2(1): 225-41. [acesso em 2019 abr 19]. Disponível em: https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/303/261

Grupo de Trabalho Internacional sobre Pé Diabético. Consenso Internacional sobre pé diabético. Brasília, DF: Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal; 2001.

Lima MHM, Araújo EP. Diabetes mellitus e o processo de cicatrização cutânea. Cogitare Enferm [Internet]. 2013; 18(1):170-2. [acesso em 2019 abr 19]. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/31323/20032

Moreira W. Revisão de Literatura e Desenvolvimento Científico : conceitos e

estratégias para confecção. [Internet] 2004. [acesso em 2018 set 29]. Disponível em: https://portais.ufg.br


Refbacks

  • There are currently no refbacks.