Conhecimento e atitudes de universitários acerca do suicídio: Influências sociodemográficas e acadêmicas / Knowledge and attitudes of undergraduate students about suicide: Sociodemographic and academic influences

Luziane de Fátima Kirchner, Francine Nathalie Ferraresi Rodrigues Queluz

Abstract


O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento e as atitudes dos universitários acerca do suicídio, e se características sociodemográficas e acadêmicas influenciariam na percepção de universitários acerca do tema suicídio. Participaram do estudo 164 universitários, idade média de 21 anos (DP = 4,3), das áreas biológicas, humanas ou exatas, matriculados em uma Instituição Privada de Ensino Superior da Região Oeste do Paraná, em diferentes cursos de graduação e períodos. Aplicou-se um questionário para identificar as características sociodemográficas (e.g.: idade, sexo) e acadêmicas (e.g.: período do curso, tempo de estágio ou participação em cursos que abordaram o tema), além do contato com pessoas que apresentaram comportamento suicida, e o Questionário de Atitudes em Relação ao Comportamento Suicida (QUACS). De acordo com os resultados, as características idade e tempo de estágio podem ter influenciado na percepção dos universitários acerca do suicídio. Os universitários que se encontraram em períodos mais avançados dos cursos apresentaram mais sentimentos negativos, incapacidade e atitudes moralistas relacionadas ao suicídio em comparação aos alunos dos períodos iniciais. Em contrapartida, aqueles que realizaram cursos que abordaram o tema, apresentaram menos sentimentos negativos e maior percepção de capacidade profissional. Conclui-se que o conhecimento adequado sobre o suicídio, a partir de cursos e discussões, deve ser incentivado nas universidades. 

 


Keywords


suicídio, ensino superior, formação acadêmica

References


Almeida, H.M.D.S.; Benedito, M.H.A.; Ferreira, S.B. (2017). Quebrando tabus: os fatores que levam o suicídio entre universitários. Revista de Pesquisa Interdisciplinar, 2, p. 647 – 659.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Sistema de Informações sobre Mortalidade – SIM, 2017. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/obt10uf.def. Acesso em: 11 maio 2019.

Dancey, C.P., & Reidy, J. (2013). Estatística sem Matemática. (pp. 220-249). Porto Alegre, RS: Artmed.

Dutra, E. (2012) Suicídio de universitários: o vazio existencial de jovens na contemporaneidade. Estudos e Pesquisas em Psicologia,12(3), p. 924-937. Doi: 10.12957/epp.2012.8229.

Levin, J., & Fox, J. A. (2004). Estatística para ciências humanas. São Paulo, SP: Pearson.

Magalhães, C.A.; Neves, D.M.M.; Brito, L.M.D.M.; Leite, B.C.C.; Pimenta, M..F.; & Vidal, C.E.L. (2014). Atitudes de estudantes de medicina em relação ao suicídio. Revista Brasileira de Educação Médica, 38 (4), p. 470-476. Doi: 10.1590/S0100-55022014000400008

Moraes, M.S.; Magrini, D.F.; Zanetti, A.C.G.; Santos, M.A.; Vedana, K.G.G. (2016). Atitudes relacionadas ao suicídio entre graduandos de enfermagem e fatores associados. Acta Paulista de Enfermagem, 29(6), p.643-649. Doi: 10.1590/1982-0194201600090

Ozturk, A.; & Akin, S. (2018). Evaluation of knowledge level about suicide and stigmatizing attitudes in university students toward people who commit suicide. Journal of Psychiatric Nursing, 9(2), p. 96-104. Doi 10.14744/phd.2018.49389

Pitman, A.L.; Stevenson, F.; Osborn, D.P.J., & King, M.B. (2018). The stigma associated with bereavement by suicide and other sudden deaths: A qualitative interview study. Social Science and Medicine, 198, 121-129. doi: 10.1016 / j.socscimed.2017.12.035

Rivera-Segarra, E.; Rosario-Hernández, E.; Carminelli-Corretjer, P.; Tollinchi-Natali, N.; & Polanco-Frontera, N (2018). Suicide Stigma among Medical Students in Puerto Rico. International Society Doctors for the Environment, 15(7), p.1366-1373. Doi: 10.3390/ijerph15071366.

Santos, H.G.B.; Marcon, S.R.; Espinosa, M.M.; Bapitsta, M.N.; Paulo, P.M.C. (2017). Fatores associados à presença de ideação suicida entre universitários. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 25, e2878. Doi: 10.1590/1518-8345.1592.2878

Vedana, K.G.G.; Zanetti, A.C.G. (2019). Atitudes de estudantes de enfermagem frente ao comportamento suicida. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 27, e3116. doi: 10.1590/1518-8345.2842.3116.

Westefeld, JS, Homaifar, B., Spotts, J., Furr, S., Range, L. e Werth, JL (2005). Perceptions concerning college student suicide: data from four universities. Suicide and Life-Threatening Behavior, 35 (6), 640–645. doi: 10.1521 / suli.2005.35.6.640

World Health Organization. (‎2014)‎. Preventing suicide: a global imperative. World Health Organization. Acessado em: 19 de maio de 2019. Disponível em: http://www.who.int/iris/handle/10665/131056




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n4-077

Refbacks

  • There are currently no refbacks.