Vivência acadêmica em grupo de crianças com comportamento atípico do núcleo ampliado de apoio à saúde da família de águas lindas – Ananindeua- Pará / Academic experience in a group of children with atypical behavior of the expanded nucleus to support the health of the beautiful water family - Ananindeua - Pará

Isabela Lima Cavalcante, Flávia Larissa Mendonça Magalhães, Ana Paula Monteiro de Araújo, Carlos Alberto Cavalcante, Maria Clara Raiol da Silva, Manuela Lima Carvalho da Rocha, George Alberto da Silva Dias, Biatriz Araújo Cardoso

Abstract


O comportamento atípico em crianças pode ser caracterizado por aspectos como desatenção e hiperatividade, encontrados em indivíduos que possuam determinados transtornos e síndromes. Faz-se necessário que o profissional de saúde possua conhecimento para lidar com crianças que possuam este comportamento, porém, observam-se lacunas na formação profissional voltada a este quesito. O objetivo deste estudo foi relatar a vivência acadêmica em grupo de crianças com comportamento atípico do Núcleo Ampliado de Apoio à Saúde da família de Águas Lindas – Ananindeua – Pará. O presente artigo é um relato de experiência das atividades desenvolvidas com um grupo de crianças com comportamento atípico por estagiários do curso de Fisioterapia e Terapia Ocupacional; foram realizados três encontros com o grupo e em cada um deles haviam objetivos, tais como: estimular dependência funcional, habilidades motoras, melhorar coordenação, equilíbrio, memória e aperfeiçoar as Atividades de Vida Diária.  Ao longo dos três encontros, as maiores dificuldades encontradas pelos estagiários foram a tonalidade e forma de falar diferente para cada criança, conseguir focá-las nas atividades e a maneira de chamar atenção de cada uma quando ocorrido algum comportamento inadequado, além de tranquiliza-las frente à desorganização de outro colega. Foi concluído que é de suma importância desenvolver atividades que visam autonomia e socialização de tais crianças, além de dar atenção aos pais e não somente à criança durante o atendimento no setor público. Ademais, a experiências com crianças de comportamento atípico é imprescindível para a formação completa de profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.


Keywords


Transtornos do Comportamento; Estratégia Saúde da Família; Fisioterapia.

References


Marteleto, MR, Ferreira TH, Chiari BM, Perissinoto J. Problemas de Comportamento em Crianças com Transtorno Autista. Psicologia: Teoria e Pesquisa. 2011. 7(1): 5-12.

Coelho L, Guedes M, Rodrigues E, Santos A, Veríssimo M. Perfis de comportamentos de brincadeira e conhecimento emocional em crianças de idade pré-escolar. Análise Psicológica. 2018. 1(34): 87-100.

Espin LL. Ribela AC, Reis PV, Gioia PS. Procedimento de ensino de interações sociais entre jovens com desenvolvimento atípico e seus pares baseado na análise do comportamento. Psicologia: Teoria e Prática. 2009. 11(2):161-181.

Azevedo A, Gusmão M. A importância da fisioterapia motora no acompanhamento de crianças autistas. Rev. Eletrôn. Atualiza Saúde. 2016. 2(2):76-83.

Rohde LA, Halpern R. Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade: atualização. Jornal de Pediatria. 2004. 80(2):61-70.

Guedes MJ, Alves NB, Wyszomirska RMA.Ensino e práticas da fisioterapia aplicada à criança na formação do fisioterapeuta. Fisioterapia Mov. Curitiba. 2013.26(2):291-305.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n4-029

Refbacks

  • There are currently no refbacks.