Portadores da síndrome de down no contexto de educação especial com abordagem sistêmica entre escola e família / Bearers of down syndrome in the context of special education with a systemic approach between school and family

Gelci Nogueira

Abstract


A educação especial é um contexto de inserção de psicólogas/os em equipe multidisciplinar, com vínculo empregatício via SUS, sistemas APAEs. Aborda-se um estudo sistêmico com quatro alunos Downs, três meninos e uma menina, entre as faixas-etárias de 8 anos/9 meses, 7 anos/7 meses, 5 anos/6 meses e   4 anos/3 meses, com o respectivo vínculo escola e família. Os dados foram coletados através de observação clínica, encontros de pais, entrevistas individuais com cada família e visitas domiciliares. O tratamento das informações e a análise dos dados permitiu verificar o êxito ou o fracasso do desenvolvimento psicossocial do aluno em diferentes faixas – etárias, sendo o foco principal, o método González Rey (2002,2003, 2005) em que afirma ser a Epistemologia Qualitativa, a possibilidade de pesquisar a subjetividade, cujos aspectos centrais tratam do caráter construtivo-interpretativo da produção de conhecimento, como processo de comunicação e diálogo na legitimação do singular, como instância de produção do conhecimento científico. Devidamente fundamentada na abordagem sistêmica envolvendo escola/equipe, alunos/famílias e seu entorno, numa dinâmica integrativa-inclusiva com resgate da função afetiva parental. A escolha do método e a abordagem sistêmica foram essenciais para o alcance dos objetivos do estudo e proporcionaram um melhor entendimento sobre a dinâmica das famílias que possuem membros com Síndrome de Down. Aponta-se com destaque surpreendente, em termos de desenvolvimento psicológico, cognitivo, social e funcional, o menor de 4 anos. É o resultado de um trabalho de observação, interação e reintegração escola e família, numa abordagem de pesquisa qualitativa e exploratória, que objetivou trazer, à realidade presente, novas modalidades interventivas psicológicas com resultados promissores, nas intervenções, em Educação Especial.


Keywords


Psicologia educação especial. Funções parentais. Portadores da Síndrome de Down.

References


FUNIBER, F.U.IBA. Disciplina Introdução à Programação Neurolinguística. TOMO IV, capítulo 1, pg 09 a 17, 2017.

MOCARZEL, E. Do luto à luta: um novo olhar sobre o Síndrome de Down. São Paulo: Casa Azul Produções Artísticas/Circuito Espaço de Cinema, 2004. 76min.

MOREIRA, LÍLIA MA, EL-HANI, CHARBEL N AND GUSMÃO, FÁBIO AF. A Síndrome de Down e sua patogênese: Considerações sobre o determinismo genético. REV. BRAS. PSIQUIATR., JUN 2000, VOL.22, NO.2, P.96-99. ISSN 1516-4446.

M. Rossato. Método González Rey (2002,2003A, 2005). Desenvolveu o que denomina Epistemologia qualitativa como possibilidade para pesquisa da subjetividade. www.scielo.br/pdf/pee/v17n2/v17n2a11.pdf, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n4-020

Refbacks

  • There are currently no refbacks.