Tumor anexial unilateral em adolescente: relato de manifestação incomum de tuberculose / Unilateral adnexal tumor in adolescent: report of unusual manifestation of tuberculosis

Thaysa Gabrielle Marques de Melo, Giovani Barbosa Guimarães, Bruno Calvo, Letícia Rossetto da Silva Cavalcante, Thalita Mara de Oliveira, Sandra Breder Assis, Márcia Hueb

Abstract


A Tuberculose (TB) possui grande relevância nacional. Acometendo predominantemente os sítios pulmonares, esta micobacteriose pode também prevalecer em outros sistemas orgânicos. Pesquisa entre 2007 e 2011 avaliou dados da TB no Brasil, e constatou que 83,3% dos casos são da forma pulmonar; 13,4%, da forma extrapulmonar (TBEP) e 3,3%, das duas formas associadas. Apesar de menos frequentes, as formas extra-pulmonares devem ser consideradas em diversos diagnósticos diferenciais, a despeito das dificuldades que possam ocorrer. Relata-se caso de TBEP ovariano realizado através de análise de prontuário e revisão bibliográfica. Paciente, feminino, 13 anos, sem comorbidades anteriores, procurou assistência hospitalar devido a ascite volumosa e massa pélvica em topografia anexial há 5 meses. Paciente refere 3 episódios febris em um mês, perda ponderal de 900g em 5 meses, nega dor abdominal, diarreia e vômitos. Ao exame físico encontrava-se em bom estado geral, ativa, corada, hidratada, eupneica, afebril com abdome levemente globoso, normotenso, discreta dor a palpação em fossa ilíaca direita, fígado a 1 cm do rebordo costal direito e baço palpável a 1 cm do rebordo costal esquerdo. Durante investigação constatou-se aumento dos níveis de CA-125 (203,5 U/ml), cogitando-se inicialmente neoplasia. Ultrassonografia inicial demonstrou ascite de grandes proporções e massa pélvica em topografia anexial em ovário direito. Abordagem anatomopatológica e imuno-histoquímica da massa ovariana revelou presença de achados compatíveis com tuberculose (granuloma com necrose de caseificação central) além da ausência de neoplasia. Logo, fora aventada possibilidade de tuberculose anexial. Prova tuberculínica posteriormente com resultado forte reator (13 mm) corroborando a nova hipótese. Solicitado PCR para Micobaterium tuberculosis  com resultado positivo. Iniciou-se tratamento poliquimioterápico (RHZE) por 6 meses e, após término do tratamento, ultrassonografia demonstrou resolução total da tumoração, evidenciando sucesso na terapêutica. Conclui-se que a infecção tuberculosa, apesar de manifestar-se predominantemente em sua forma pulmonar, pode acometer múltiplos sítios. A forma extrapulmonar ovariana deve sempre ser tomada como diagnóstico diferencial para massas anexiais em ovário, levando-se em consideração os aspectos clínico-epidemiológicos do paciente.

 


Keywords


ascite; câncer de ovário; tuberculose.

References


WORLD HEALTH ORGANIZATION – WHO. Tuberculosis. Atualizado em 16 de fevereiro de 2018. Disponível em: http://www.who.int/en/news-room/fact-sheets/detail/tuberculosis.

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE AGRAVOS DE NOTIFICAÇÃO - SINAN. Tuberculose – Situação epidemiológica: dados. Disponível em: http://portalsinan.saude.gov.br/tuberculose.

ISEMAN MD, Tuberculose. In: Goldman L &Ausiello D. Cecil: Tratado de Medicina Interna. 22. ed. Rio de Janeiro: Campus-Elsevier, 2005, p. 2211-2220.

GOMES, T.; SANTOS, B.; BERTOLDE, A.; JOHNSON, J.; RILEY, L; MACIEL, E. Epidemiologyofextrapulmonarytuberculosis in Brazil: a hierarchicalmodel. Publicado em: BMC InfectiousDiseases 2014; 14:9.

RAMILO, I.; CAEIRO, F.; MENDINHOS, G.; SANTOS, A.; PEREIRA, J. Tuberculose do aparelho reprodutor feminino: Experiência de 10 anos. Publicado em: Revista Portuguesa de Doenças Infecciosas 2014; p. 62-69.

NAPOLI, A.; MENDES, F.; LINO, C.; DIAS, H.; REIS, L.; ALVES, L.; DIAS, A. Tuberculose urogenital: um diagnóstico desafiador. Publicado em: Com. Ciências Saúde - 22 Sup 1:S13-S20, 2011.

UNIMED Belo Horizonte. Sessões Clínicas em rede: Tuberculose extrapulmonar. Centro de Inovação, Unimed-BH, 2016. Disponível em: https://www.acoesunimedbh.com.br. Acesso em 22 de maio de 2018.

DENUE, B.; KWAYABURA, S.; NGADDA, H. OvarianTuberculosismasquerading as ovariancancer in HIV infectedpatient: a plea to avoidunnecessarysurgery. Publicado em: Pan African Medical Journal. 2014; 19:210.

RABESALAMA, S.; MANDEVILLE, K.; RAHERISON, R.; RATSIMBA, H. Isolatedovariantuberculosismimickingovarian carcinoma: case reportandliterature review. Publicado em: Afr. J. Infect. Dis. (2011) 5(1): 7 – 10.

Campagnolo Marcelo Ivo, Reis Ricardo dos, Oliveira Vaneska Fulgêncio de, MônegoHeleusa Ione, RivoireWaldermar. Tuberculose Pélvica Simulando Tumor Ovariano: a Case Report. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. .2000 Sep 22( 8 ): 525-528.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv2n4-012

Refbacks

  • There are currently no refbacks.