Análise de instrumentos quantitativos na investigação da violência doméstica contra os idosos: uma revisão bibliográfica / Analysis of quantitative instruments in the research of domestic violence against the elderly: a bibliographical review

Maria Gabriela Costa de Freitas, Karolina Rodrigues Araújo, Karen Ariele Ferreira da Costa, Rafaela Pessoa Santana

Abstract


Introdução: A violência contra o idoso é um desafio às políticas sociais, uma violação dos direitos humanos e civis que não envolvem somente a vítima, mas todos os responsáveis por seu cuidado. O uso de instrumentos validados durante sua avaliação clínica torna-se benéfico, pois identifica causas, atores e formas de expressão da violência, sendo o primeiro passo para a prevenção. Objetivos: Analisar os instrumentos quantitativos na investigação da violência doméstica contra os idosos. Metodologia: O presente estudo trata-se de uma revisão da literatura dos últimos 10 anos, com coleta nas bases de dados: Bireme, LILACS, Pubmed, SciELO e PEDro. Encontrando um total de 135 resultados, dos quais apenas 9 artigos foram selecionados, os demais sendo excluídos por: não estarem relacionados ao tema ou textos duplicados. Resultados e Discussões: Os artigos analisados abrangiam uma amostra no total de 3.071 idosos, de ambos os sexos, 40 cuidadores, e 17 profissionais da saúde, que foram entrevistados por meio de um questionário exclusivos, ou com finalidade de adaptação transcultural. Apesar das diferenças e/ou semelhanças nos questionários aplicados aos idosos, cuidadores e profissionais de saúde eles são formas de constatação, circunstâncias de identificação, e auxiliam nas dificuldades encontradas para o reconhecimento da violência e os tipos mais frequentes, além dos seus sinais e agressores. Conclusão: Nesse sentido, a aplicação de instrumentos quantitativos pode contribuir significativamente na identificação dos fatores associados a violência doméstica, dando direção para a compreensão, implantação de políticas públicas de combate e a prevenção da violência contra o idoso.


Keywords


Violência Doméstica; Maus – Tratos do Idoso; Questionários; Fisioterapia.

References


______. Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2006

DUQUE, A.M; LEAL, M.C.C ; MARQUESI, A.P.O ; ESKINAZI, F.M.V; DUQUEI, A.D.Violência contra idosos no ambiente doméstico: prevalência e fatores associados (Recife/PE); Ciênc. saúde coletiva vol.17 no.8 Rio de Janeiro Aug. 2012

GIL, A.P; SANTOS, A.J; KISLAYA, I; SANTOS, C; MASCOLI, L; FERREIRA, A.I; VIEIRA, D.N. Estudo sobre pessoas idosas vítimas de violência em Portugal: sociografia da ocorrência. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 31(6):1234-1246, jun, 2015.

LEMOS N, MEDEIROS SL. Suporte social ao idoso dependente. In: Freitas EV, Cançado FAX, Gorzoni ML, organizadores. Tratado de geriatria e gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002

MAIA, R.S; MAIA, E.M.C. Adaptação transcultural para o português (Brasil) da Vulnerabilityto Abuse ScreeningScale (VASS) para rastreio da violência contra idosos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 30(7):1379-1384, jul, 2014.

MUSSE, J.O; RIOS, M.H.E. Atuação do enfermeiro perante a violência doméstica sofrida pelo idoso. Estud. interdiscipl. envelhec., Porto Alegre, v. 20, n. 2, p. 365-379, 2015.

PAIXÃO JR., C.M; REICHENHEIM, M.E; MORAES, C.L; COUTINHO, E.S.F I; VERAS, R.P. Adaptação transcultural para o Brasil do instrumento Caregiver Abuse Screen (CASE) para detecção de violência de cuidadores contra idosos; Cad. Saúde Pública vol.23 no.9 Rio de Janeiro Sept. 2007.

PAIVA, M.M; TAVARES, D.M.S. Violência física e psicológica contra idosos: prevalência e fatores associados. Rev. Bras. Enferm. vol.68 no.6 Brasília Nov./Dec. 2015.

PILLEMER K. Domestical violence against the elderly: a control study [unpublished doctoral dissertation].Walthon, Massachusetts, Boston: Dept. of Sociology, Brandeis University; 1985./.

QUEIROZ, Z.P.V; LEMOS, N.F.D; RAMOS, L.R. Fatores potencialmente associados à negligência doméstica entre idosos atendidos em programa de assistência domiciliar. Ciênc. saúde coletiva vol.15 no.6 Rio de Janeiro Sept. 2010.

QUINN MJ, TOMITA SK. Elder abuse and neglect: causes, diagnosis and intervention strategies. New York: Springer Publishing Company; 1990.

REICHENHEIM, M.E; PAIXÃO JR, CM.M; MORAES, C.L. Adaptação transcultural para o português (Brasil) do instrumento Hwalek-Sengstock Elder Abuse Screening Test (H-S/EAST) utilizado para identificar risco de violência contra o idoso.Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(8):1801-1813, ago, 2008.

SHIMBO, A.Y; LABRONICI, L.M; MANTOVANI, M.F. Reconhecimento da violência intrafamiliar contra idosos pela equipe da estratégia saúde da família. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 13, n. 3, p. 506-510, jul./set. 2011.

SOUZA, E.R; RIBEIRO, A.P; ATIE, S; SOUZA, A.C; MARQUES, C.C. Rede de proteção aos idosos do Rio de Janeiro: um direito a ser conquistado. Ciência & Saúde Coletiva, 13(4):1153-1163, 2008.

VILELA, K.P. Violência contra idosos na perspectiva dos profissionais do Programa de Saúde da Família em Uberlândia – MG. 2009. 106 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) —Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, Minas Gerais, 2009.

WORLD HEALTH ORGANISATION (OMS)/ International Network for the Prevention of Elder Abuse (INPEA) (2002), Missing Voices: Views of older persons on elder abuse. Geneva: WorldHealthOrganization.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.