O uso do Nintendo®Wii para reabilitação de escoliose postural: relato de caso / The use of Nintendo®Wii for rehabilitation of postural scoliosis: case report

Aline Margioti Zanella, Tarcísio Menezes Rodrigues de Souza, Cristiane Bonvicine

Abstract


Introdução: Atualmente pesquisadores começaram a dar importância aos videogames denominados “Exergames”, cuja particularidade principal é a interação física com o usuário, ou seja, jogos que ao mesmo tempo são uma forma de exercício, como por exemplo: o Nintendo® Wii. Estudos sobre a reabilitação com o Wii relatam uma boa e significativa aceitação de crianças com câncer ao tratamento de quimioterapia, a melhora de pacientes que tiveram acidente vascular encefálico (AVE), bem como no equilíbrio; aumento da coordenação motora, ganho de força muscular, amplitude de movimento, qualidade da marcha e correções posturais. Objetivo: relatar um caso em que foi utilizado exercícios por meio do Nintendo® Wii com a finalidade de correção postural, além de fazer uma descrição de exercícios do mesmo que podem ser utilizados para reabilitação postural. Método: foi avaliado um adolescente, do gênero masculino, PAV, com 14 anos de idade. Foi realizado fotografia, seguida de fotogrametria, nas vistas anterior, posterior e perfil. Paciente portador de escoliose postural destro-torácica, com ângulo de Cobb de 20 graus. O tratamento consistiu em 30 sessões de exercícios com utilizaçãoRmesmo concordou em não realizar nenhum tratamento concomitante a este proposto. Ao término do tratamento, as fotos foram repetidas e comparadas. O responsável pelo adolescente assinou o termo de consentimento livre e pós-esclarecimentos e a pesquisa  foi aprovada pelo Comitê de ética da Universidade Paulista – UNIP, com o  CAAE: 02057512.3.0000.5415.Resultados: Observou-se melhora na simetria de ombros e pelve na vista anterior e na vista em perfil, notou-se diminuição da cifose torácica e melhora da projeção anterior de cabeça. Apesar da melhora postural observada, os graus da escoliose não teve o grau diminuído. Conclusão: Concluiu-se com este estudo que a utilização do Nintendo Wii para reabilitação é valida, sendo uma proposta lúdica e promissora. Contudo, ainda existem poucos estudos sobre o assunto o que dificulta a previsão correta de todos os benefícios e possíveis riscos trazidos por esta tecnologia; sendo necessário novos  estudos envolvendo o tema.

 


Keywords


Video games; Fisioterapia; Correção Postural.

References


Bortoli, PO. História da Fisioterapia. [dissertação de Graduação].Curitiba: Curso de Engenharia da Computação da Universidade Positivo; 2009.

Cyrillo, FN. Wii é utilizado em reabilitação na fisioterapia, em SP. Informe Tecnologia.[dissertação de Graduação] . Curitiba : Curso de Engenharia da Computação da Universidade Positivo; 2009.

Malfatti SM, Coutinho EAG, Santos SR. Utilizando Realidade Virtual e Wiimote para a Criação de Jogos Voltados à Reabilitação. X Simpósio SBGames - Salvador – BA. 2011.

Bogost I. A Retórica da Exergaming.GeorgiaInstituteof Technology .[dissertação de mestrado]. Bauru: Curso de Mestrado da Unesp; 2005.

Sousa FH. O uso do Nintendo® Wii como instrumento de reabilitação na Fisioterapia: revisão bibliográfica. Acessado em: 13/08/2011. Disponível em: http://artigocientifico.com.br/uploads/artc_1283750849_64.pdf

Benveniste S, Jouvelot P, Lecourt E, Michel R. Designing Wiimprovisation for Mediation in Group Music Therapy with Children Suffering from Behavioral Disorders. Interaction Design and Children. 2009;6(3/5):18-26.

Merians AS, Jack D, Boian R, Tremaine M, Burdea GC, Adamovich SV, et al. Virtual reality - augmented rehabilitation for patients following stroke. Phys Ther. 2002; 82(9):898-915.

Fritz WZ; Jones S, Tjondronegoro D. Detecting gesture force peaks for intuitive interaction. Em: Proceedings of the 5th Australasian Conference on Interactive Entertainment. 2008;15(1):475-483.

Papastergiou, M. Exploring the Potential of Computer and Video Games for Health and Physical Education: A Literature Review. Computers & Education. 2009;53(3):603-622

Sothern, M. Obesidy prevention in children: Physical activity and nutrition. Nutrition,Londres. 2004;20(7/8):704-708.

Bekker TM, Eggen BH. Designing for children’s physical play. Em: Extended abstracts onHuman factors in computing systems.Florence: Italy. 2008;15(1):076-088.

Lianza, S. Medicina de Reabilitação. Terceira Edição. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002:10-12.

Daley AJ. Can Exergaming Contribute to Improving Physical Activity Levels and Health Outcomes in Children? Pediatrics (journal). 2009; 124(2):763-771.

Dias RS, Sampaio ILA, Taddeo LS. Fisioterapia x Wii: A Introdução do Lúdico no Processo de Reabilitação de Pacientes em Tratamento Fisioterápico. VIII Brazilian Symposium on Games and Digital Entertainment. 2009.

Silveira JCCP, Weiss SLI. A Utilização de Jogos Interativos Virtuais no Desenvolvimento da Aptidão Física e Motora da Criança. Acessado em: 03/11/2012. Disponível em: http://www.pergamumweb.udesc.br/dados-bu/000000/00000000000E/00000EE3.pdf

Rojas VG, Cancino EE, Silva CV, López MC, Arcos JF. Impacto delEntrenamientodel Balance através de Realidad Virtual em una Población de Adultos Mayores. Int. J. Morphol. 2010;28(1):303-308.

Finco MD, Reateghi EB, Fraga AB. Wii Fit: Seduzindo usuários através de novas possibilidades interativas. In: Sbgames Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital. [dissertação de mestrado]. Porto Alegre: Curso de Ciências do Movimento da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2010.

Rodrigues J. Videogame Wii põe diversão na fisioterapia. Revista Veja. 2009.

Bresciani TA, Conto SM.O Impacto da Tecnologia Nintendo® Wii no Tratamento Fisioterapêutico e na Satisfação de Pacientes em uma Clínica do Vale do Taquari.RevistaDestaquesAcadêmicos. 2012;4(1).

Deutsch JE, Borbely M, Filler J, Huhn K, Guarrera-Bowlby P. Use of a low-cost,commercially available gaming console (Wii) for rehabilitation of an adolescent with cerebral palsy. PhysTher. 2008; 88(10):1196-1207.

Dias, P. Hipertexto, Hipermédia e Media do Conhecimento: Representação Distribuida e Aprendizagens Flexiveis e Colaborativas na Web. Minho. 2000;13(1):141-167.

Sardi MD, Schuster RC, Alvarenga LFC. Efeitos da Realidade Virtual em Hemiparéticos Crônicos Pós-Acidente Vascular Encefálico.Rev. Bras. Ciênc. Saúde. 2012;10(32):29-35.

Barcala L, Colella F, Araujo MC, Salgado ASI, Oliveira CS. Análise do equilíbrio em pacientes hemiparéticos após o treino com o programa Wii Fit. Fisioter. Mov. 2011;24(2):337-343.

Monteiro Junior RS, Carvalho RJP, da Silva EB, Bastos FG. Efeito da Reabilitação Virtual em Diferentes Tipos de Tratamento. Rev. Bras. Ciênc. Saúde. 2011; 9(29):56-63.

Finco MD. Wii Fit: um videogame do estilo de vida saudável. [dissertação de mestrado] Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano. 2010.

Cavaçana J, Medicina Cura e entretém. Usado com bons resultados em hospitais como fisioterapia para recuperar a força e o equilíbrio de pacientes, o videogame tem a vantagem de ser divertido. RevistaVeja. 2010.

Nitz JC. Is the Wii Fit a new-generation tool for improving balance, health and well-being? A pilotal study. Climacteric: The journal of international menopause. 2010; 13(5):487-491.

Anderson BD, Spector A. Introductions to pilates-based rehabilitation. Orthop. Phys. Ther. Clin. North AM.; 2000;9(3):395-410.

Marques AP. Escoliose tratada com Reeducação Postural Global. Ver. Fisioter. Univ.São Paulo.1996;3(1/2):65-68.

Strottmann IB, Santana RR. Postura corporal e a reeducação postural global: definições teóricas. In: XI Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e VII Encontro Latino Americano de Pós-Graduação – Universidade do Vale do Paraíba. 2007.

Silva RMV, Lima MS, Costa FH, da Silva AC. Efeitos da quiropraxia em pacientes com cervicalgia: revisão sistemática. Rev Dor. São Paulo. 2012;13(1):71-74.

Monte-Raso VV, Ferreira PA, de Carvalho MS, Rodrigues JG, Martins CC, Iunes DH. Efeito da técnica isostretching no equilíbrio postural. Fisioter Pesq. 2009;16(2):137-42.

Neto Junior J, Pastre CM, Monteiro HL. Alterações posturais em atletas brasileiros do sexo masculino que participaram de provas de potência muscular em competições internacionais.RevBrasMed Esporte. 2004;10(3):195-198.

Baroni BM, Bruscatto CA, Rech RR, Trentin L, Brum LR. Prevalência de alterações posturais em praticantes de musculação. Fisioter Mov. 2010;23(1):129-39.

Santos CIS, Ocorrência de desvios posturais em escolares do ensino público fundamental de Jaguariúna, São Paulo. Rev Paul Pediatr. 2009;27(1):74-80.

Teodori RM, Negri JR, Cruz MC, Marques AP. Reeducação postural global: uma revisão da literatura. RevBrasFisioter. 2011;15(3):185-9.

Cailliet R. Escoliose: diagnóstico e tratamento. São Paulo: Manole. 1979.

Lamotte ACS. Contribuições da musculatura na postura em portadores de escoliose estrutural. [dissertação de pós-graduação] Universidade Católica de Brasília. Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Fisica.2003.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.