Sucesso pessoal, profissional e intelectual a partir do diagnóstico e intervenção na discalculia nos anos iniciais do ensino fundamental / Personal, professional and intellectual success from diagnosis and intervention in dyscalculia years Starting elementary school

Ailton Batista de Albuquerque Junior, Carolina Filgueiras Freund, Célia Araújo de Carvalho, Flávia de Araújo Coelho, José Alberto Rodrigues de Sousa, Marilene Oliveira Viana, Raimundo Rodrigues Amâncio, Raila Beserra Viana, Raquel Miranda Mota, Regina Daucia de Oliveira Braga, Roberta Silva Costa

Resumo


O presente artigo compreende um estudo bibliográfico realizado em artigos acadêmicos e sítios da internet relacionados ao campo da Psicopedagogia Clínica, objetivando abordar a discalculia em seus aspectos e manifestações no ensino fundamental I – fase da vida escolar dos alunos em que começa a se trabalhar com a quantificação e números propriamente ditos – bem como, relatar sobre orientações psicopedagógicas nesse contexto. O primeiro capítulo vem abordar conceitos em geral sobre a discalculia no ambiente escolar, tendo por fundamentação autores correlacionados e ambientes virtuais de comunicação, quais sejam: Silva (2008), Furlanetto (2012),  Westein (2013), Silva (2008), Bossa (2007), Coll, Marchesi & Palácios (1995), Moura (2000), Andrade & Silva (2009), Pinheiro (2009), dentre outros. Em seguida trago observações concernentes ao papel do docente no processo de diagnóstico e encaminhamento ao profissional da Psicopedagogia. Por fim, venho sugerir estratégias e materiais que possam ser utilizados pelos profissionais competentes no processo de tratamento da discalculia em alunos considerados anteriormente nos processos de avaliação e intervenção pedagógicas como discalcúlicos.


Palavras-chave


Discalculia, Psicopedagogia, Dificuldades, Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Íris Danúbia Santos; SILVA, Joilson Pereira. Percepção dos professores sobre discalculia em estudantes de matemática, Itaibiana – SE, 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2020.

BEZERRA, Maria da Conceição Alves. O uso de materiais concretos para o ensino/aprendizagem das operações aritméticas. Disponível em: . Acesso em 31 de janeiro de 2013 às 20:10 >. Acesso em: 03 jan. 2020.

BOSSA, N. A. A psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática. Porto Alegre, Artes Médica,2000.

BRASIL. Secretária de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática/ Secretaria de Educação Fundamental – Brasília: MEC/SCF. 1997.

COLL, C, PALÁCIOS, J; MARCHESI, A (Orgs.). Desenvolvimento psicológico e educação: psicologia evolutiva. Porto Alegre: Artes Médicas, v. 1, 1995.

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA. Senado Federal. Projeto de Lei do Senado n° 557, de 2013. Disponível em: . Acesso em: 06 jan. 2020.

FURLANETTO, Helllô. Discalculia: diagnóstico e intervenção psicopedagógica Disponível em: < http://professorahelo.blogspot.com.br/2012/04/discalculia-diagnostico-e-intervencao.html acesso em 04/01/2013 às 10:30>. Acesso em: 03 jan. 2020.

KWIECINSKI, Inês Maria. Diagnóstico e intervenção psicopedagógica. 2012 disponível em: < http://psico09.blogspot.com.br/2012/10/diagnostico-e-intervencao.htm acesso em 29 de janeiro de 2012 as 09:13 >. Acesso em: 03 jan. 2020.

MANUAL DE DIAGNÓSTICO E ESTATÍSTICA DE DOENÇAS MENTAIS (DSM-5). American Psychiatric Association; tradução Maria Inês Correia Nascimento et al.; revisão técnica: Aristides Volpato Cordioli et al.- 5.ª ed. – Porto Alegre: Artmed, 2014.

MOURA, M. O. A série busca no jogo: do lúdico na matemática. In. KISHIMOTO, Tizuko (org.). Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. São Paulo: Cortez, 2000.

NÚCLEO DE AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA (NAD). Material de apoio para o professor trabalhar com alunos com discalculia. Secretaria de Educação de Luzianea., janeiro de 2010. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2020.

PINHEIRO, Lurdes da Silva Visintainer. Discalculia: estudos e estratégias para desenvolver habilidades matemáticas. 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2020.

SINDICATO DOS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO NO ENSINO MUNICIPAL DE SÃO PAULO (SINPEEM). Portaria nº 6.566 (DOC de 25/11/2014, página 12). Dispõe sobre a implantação e implementação do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem – Naapa, nas Diretorias Regionais de Educação da Secretaria Municipal de Educação, e dá outras providências, 2014.

SILVA, Marcelo Carlos. Dificuldades de aprendizagem em Matemática: a manifestação da discalculia, 2008. Psicologia.com.pt: o portão dos psicólogos. Disponível em:< https://proftina.pbworks.com/f/A0427.pdf>. Acesso em: 07 jan. 2020.

WEINSTEINS, Mônica C.A, Considerações dobre a discalculia: estratégias para uma aprendizagem com sucesso, número 2, volume 1 UFS-BRASIL disponível em < http://www.ldworldwide.org/pdf/portuguese/portugal/ssl/portugal-ssl-n2v1-weinstein.pdf . Acesso em: 03 jan. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.