Negócios on-line: uso de ferramentas da toc para analisar o problema da receita nula em uma empresa de venda de terapias holísticas / Online Business: Using toc tools to analyze the problem of zero revenue in a holistic therapy sales company

Marcia Maria Costa Bacovis, Reno Schmidt Junior, Ágata Ritter

Resumo


Este artigo discute um problema real de faturamento nulo de uma plataforma de venda de ingressos on-line e tem como objetivo analisar quais as causas da baixa atratividade da empresa no mercado on-line, visando o segmento de terapias holísticas. A relevância da pesquisa apoia-se no fato do mercado on-line estar aumentando 7,5% ao ano e o segmento de terapias holísticas ter sido incluído na lista de cobertura do Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro. A abordagem da pesquisa foi qualitativa, de cunho exploratório. O método de pesquisa adotado foi o estudo de caso e os dados foram coletados a partir de entrevista com as sócias fundadoras da empresa, análise dos planos de negócio, documentos da empresa e quantidade de acesso à plataforma. Com intuito de identificar a causa raiz da baixa atratividade, foi utilizado o processo de raciocínio da Teoria das Restrições, através da construção da Árvore da Realidade Atual (ARA), acompanhada da Árvore da Realidade Futura (ARF). Dentre os resultados da pesquisa foi identificado que as causas raízes para o faturamento nulo são: falta de um plano para desenvolvimento de clientes; falta de um plano para vendas recorrentes; incapacidade em firmar contrato com os organizadores; não elaboração de um plano de marketing digital, dentre outros. Em termos gerenciais destaca-se que os resultados desta pesquisa podem trazer incentivos ou pontos de alavancagem para a empresa tornar-se sustentável financeiramente.

 

 

Palavras-chave


Teoria das Restrições, Terapias holísticas, marketing digital, Árvore da Realidade Atual (ARA).

Texto completo:

PDF

Referências


ADOLPHO, C. Os 8 Ps do Marketing Digital: O Guia Estratégico de Marketing Digital. Novatec Editora, 2011.

AGARWAL, Ashish; HOSANAGAR, Kartik; SMITH, Michael D. Do organic results help or hurt sponsored search performance?Information Systems Research, v. 26, n. 4, p. 695-713, 2015.

ANDERSON, C. A cauda longa. São Paulo: Editora Campus 2007.

BOCK, G., AHUJA, M. K., SUH, A., YAP, L. X. Sustainability of a Virtual Community: Integrating Individual and Structural Dynamics. Journal of the Association for Information Systems, 16, nº 6, p. 418-447, 2015.

BUGHIN, J. Brand success in an era of digital Darwinism. Mckinsey Quarterly. February: 2015.

CASTRONOVO, Cristina & HUANG, Lei. (2012). Social media in an alternative marketing communication model. Journal of Marketing Development and Competitiveness. 6. 117-134.

COX, J. F.; SPENCER, M. S. Manual da Teoria das Restrições. Porto Alegre: Bookman, 2002.

COX, J. F.; SCHLEIER, J. G. Handbook da Teoria das Restrições. Porto Alegre: Bookman, 2013.

DIÁRIO OFICIAL. Portaria amplia oferta de PICS. Acessado em: http://dab.saude.gov.br/portaldab/noticias.php?conteudo=_&cod=2297. 2017.

DIBB, S.; SIMKIN, L. Implementation rules to bridge the theory/practice divide in market segmentation.Journal of Marketing Management, 25(3), pp. 375-396 2009.

G1, Empresários investem em produtos naturais e terapias alternativas. Acessado em: http://g1.globo.com/economia/pme/noticia/2013/04/empresarios-investem-em-produtos-naturais-e-terapias-alternativas.html. 2013.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GOLDRATT, E. M.; COX, J. F. A Meta. São Paulo: IMAM, 1986.

GOLDRATT, E. M.; FOX, R. E. A Corrida pela vantagem competitiva. São Paulo: Educator, 1989.

HLAVA, M. M.K., CAMLEK, V. How to spot a real value proposition. Information Services & Use, 30, p119-123, 2010.

KANNAN, P. K.; LI, H. A. Digital marketing: A framework, review and research agenda. International Journal of Research in Marketing 34 (2017) 22–45

KAUFMAN, D. Processo de tomada de decisão no Ciberespaço. O papel das redes sociais no jogo das escolhas individuais. Tese de Mestrado em Comunicação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2010.

KOCHE, J. C. Fundamentos de Metodologia Científica. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

KORNISH, Laura J.; LI, Qiuping. Optimal referral bonuses with asymmetric information: Firm-offered and interpersonal incentives. Marketing Science, v. 29, n. 1, p. 108-121, 2010.

KOTLER, P.; KARTAJAYA, H.; SETIAWAN, Iwan. Marketing 4.0. Rio de Janeiro: Sextante2017.

LACERDA, D. P.; RODRIGUES, L. H.; SILVA, A. C. Uma abordagem de avaliação de processos baseados no mundo dos custos para processos no mundo dos ganhos em instituições de ensino superior. Gestão da produção, São Carlos, v. 16, nº 4, p. 584-597, 2009.

NADEEM, W., ANDREINI, D., SALO, J., LAUKKANEN, T. Engaging consumers on-line through websites and social media:A gender study of Italian Generation Y clothing consumers. International Journal of Information Management, 35, p. 432–442, 2015.

RACKHAM, N. Alcançando excelência em vendas: SPIN Selling. M. Books do Brasil Editora, 2009.

ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projeto de Estágio do Curso de Administração: guias para pesquisa, projeto, estágio e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas, 1996.

SEBRAE - http://blog.sebrae-sc.com.br/crescimento-do-e-commerce-no-brasil-por-que-obter-um-negocio-on-line/. Acessado em 19 de setembro de 2017.

TERRA. Mercado de terapias alternativas em alta. Acessado em:https://www.terra.com.br/noticias/dino/mercado-de-terapias-alternativas-em-alta,409e1ed15778e21deed02a427506d8062097exbu.html. 2017.

YIN, Robert K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.