Gestão por processos: aplicação da metodologia BPM em uma empresa produtora de bebidas energéticas / Process management: application of the BPM methodology in an energy drink company

Aurelia Altemira Acuna Idrogo, Maria Clara da Cunha Bezerra, Alexandre Magno Vieira Gonçalves de Bri Brito, Eli José Bernardes Junior

Resumo


Em um ambiente caracterizado pelo constante dinamismo, as empresas buscam ferramentas que lhes propiciem vantagens competitivas, almejando destaque no mercado. A gestão por processos representa um instrumento de melhoria de desempenho das instituições de negócios, porém muitas empresas, principalmente as de médio e pequeno porte ainda não se encontram orientadas para os processos. Dada a importância de conhecer minuciosamente o funcionamento deste modelo de gestão, este trabalho teve como objetivo aprofundar o conhecimento nos conceitos da gestão por processo. Neste contexto insere-se a abordagem de gerenciamento dos processos de negocio (BPM), segundo sua definição existente no BPM CBOK (2013) este constitui um conjunto de capacidades de negócio para identificar, desenhar, executar, documentar, medir, monitorar, controlar e melhorar processos de negócio, automatizados ou não, para alcançar resultados consistentes e alinhados com os objetivos estratégicos da organização. O BPM envolve um ciclo feedback sem fim para assegurar que os processos de negócio estejam alinhados com a estratégia organizacional e ao foco do cliente. O modelo criado por Baldam (2008), que é o adotado neste trabalho baseia-se nos modelos anteriores de ciclo de gerenciamento BPM, no entanto diminui o número de etapas, sendo elas: planejamento, modelagem e otimização dos processos, execução dos processos, seu controle e a análise de dados, e engloba as ferramentas necessárias para cada uma delas. O Planejamento do BPM tem o propósito de definir as atividades de BPM que contribuirão para o alcance das metas organizacionais, através do entendimento do ambiente externo e interno. A Modelagem e otimização de processos é a fase mais visível do BPM, que compreende duas importantes atividades, que são a de modelagem do estado atual do processo, denominada modelagem “As Is”, uma vez que entender o processo em uso é o primeiro passo para otimizar um processo e a de otimização e modelagem “To Be”, que consiste em empregar metodologias para otimizar os processos. A execução de processos é onde são postas em prática as definições da fase de modelagem e otimização, é uma etapa crítica e decisiva, pois o projeto do processo passará às mãos dos usuários de fato e serão percebidos os efeitos da gestão de mudança, com todos seus impactos positivos e negativos, e por fim o controle e análise de dados, uma vez que além da implantação do processo em si há ainda o controle do mesmo quando em operação onde se obtêm informações sobre o comportamento dos processos em execução. É importante afirmar que a modelagem e redesenho de processos não bastam para que a empresa obtenha resultados, para que isso ocorra é preciso que os envolvidos entendam a importância da gestão por processos e busquem as mudanças. Esta pesquisa possibilitou ampliar o conhecimento sobre os conceitos de gestão por processos, assunto esse de grande importância e aplicabilidade nas organizações sejam elas de grande ou pequeno porte. Compreender os processos é um passo primordial para traçar planos de ação, porém o desenvolvimento e implantação destes acontecem gradativamente para que o sucesso almejado pela empresa seja alcançado.

 


Palavras-chave


gerenciamento de processos de negócio. Gestão por processos. Modelagem de processos. BPM.

Texto completo:

PDF

Referências


ABPMP. Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio - Corpo Comum de Conhecimento - (BPM CBOK®). Versão 3.0. 2013.

BALDAM, R. Gerenciamento de processos de negócios no setor siderúrgico: proposta de estrutura para implantação.2008. 251 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. 2008

BROCKE, J.V.; ROSEMANN, M. Manual de BPM: Gestão de Processos de negócio. Porto Alegre: Bookman, 2013.

DAVENPORT, T. H. Reengenharia de processo: como inovar na empresa através da tecnologia da informação. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

DE SORDI, J.O. Gestão por processos: uma abordagem da moderna administração. São Paulo. Editora Saraiva, 2008.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa.5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GONÇALVES, J.E. L. As empresas são grandes coleções de processos. RAE – Revista de Administração de Empresas, v. 40, n 1, p. 6-19, 2000a.

HAMMER, M.; CHAMPY, J. Reengenharia revolucionando a empresa em função dos clientes, da concorrência e das grandes mudanças da gerência. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

HARRINGTON, H. J. Aperfeiçoando processos empresariais. São Paulo: Makron Books, 1993.

BEZERRA, M. Gestão por processos: O caso da utilização do BPM em uma empresa produtora de concentrados líquidos e sólidos para bebidas energéticas. 2015.103f. TCC (Graduação em engenharia de produção mecânica) – Universidade federal da Paraíba. João Pessoa, 2015.

MARTINS, G.A. Estudo de Caso: Uma Estratégia de Pesquisa. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

OLIVEIRA, D.P.R. Administração de Processos: Conceitos, metodologia e prática. 5. ed. São Paulo: ATLAS, 2013.

PAIM, R. et al. Gestão de Processos - Pensar, Agir e Aprender. Ed. Bookman, 2009.

SEBRAE. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira. Disponível em:. Acesso em: 26 nov. 2015

______. Sobrevivência das Empresas no Brasil. Disponível em:. Acesso em: 26 nov. 11 2015.

VALLE, R.; COSTA, M.M. Gerenciar os processos para agregar valor à organização. In:

VALLE, R.; OLIVEIRA, S. B.B.J. Descrevendo os processos de sua organização. São Paulo: Atlas, 2013.p.28-36.

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.