Método de orçamentação fundamentado no orçamento base zero e no orçamento renovado visando o alinhamento das metas orçamentárias baseado no balanced scorecard / Budgeting method based on zero base budget and renewed budget aiming at alignment of budget goals based on balanced scorecard

Danilo Andrade Fontenele, Maxweel Veras Rodrigues, Marina Arruda Araujo, Lara Barreira Ferreira, Francisco Nemesio Ramalho Filho

Resumo


Nos últimos anos, o cenário de crise vem se estabelecendo, e as empresas precisam procurar formas de se manterem vivas e competitivas no mercado. Desse modo, a preocupação em enxugar despesas, diminuir gastos e manter a competitividade é uma preocupação geral. A grande dificuldade das empresas é a não inclusão de medidas amplas de desempenho como direcionadores de valor. Este estudo objetivou reunir a contribuição do orçamento base zero em redução de despesas, com as medidas de desempenho oferecidas pelo balanced scorecard, e desenvolver uma proposta de orçamento renovado com alinhamento das metas orçamentárias de vendas. O estudo é caracterizado como uma pesquisa aplicada de caráter qualitativo, classificado como pesquisa descritiva; foram utilizados alguns procedimentos técnicos, como pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e estudo de caso. Os resultados apresentados mostram que a integração entre o balanced scorecard e o orçamento contribuem para a melhoria da gestão entre os indicadores estratégicos de desempenho e o atingimento das metas operacionais.

 


Palavras-chave


Orçamento Base Zero, Planejamento estratégico, Balanced Scorecard, Orçamento renovado.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTHONY, Robert N. A.; WELSCH, Glenn A. Fundamentals of Management Accounting. Homewood: R.D. Irwin, 1981. 679 p.

BORNIA, Antonio Cezar, LUNKES, Rogério João. Orçamento Renovado: Proposta para melhorar o processo orçamentário. In: Congreso del instituto internacional de costos, 8, 2003, Punta del Este. Disponível em: . Acesso em 07 mai. 2018.

BORNIA, Antonio Cezar, LUNKES, Rogério João. Uma Contribuição à melhoria do Processo Orçamentário. Contab. Vista & Rev., v.18, n.4, p.37-59, out./dez. 2007. Disponível em: . Acesso em 08 mai. 2018.

HOJI, Masakazu. Administração Financeira e Orçamentária. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2007.565 p.

KAPLAN, Robert S., NORTON, David P. Estratégia em Ação. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997. 411 p.

KAPLAN, Robert S.; NORTON, David P. Organização orientada para a estratégia. Rio de Janeiro: Elsevier, 2000. 344 p.

LUNKES, Rogério J. Manual de orçamento. São Paulo: Atlas, 2003. 161 p.

PADOVEZE, Clóvis Luís; TARANTO, Fernando Cesar. Orçamento Empresarial: novos conceitos e técnicas. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2009.

BATISTA, Andreia de Ávila. O Orçamento Base Zero (OBZ), O Controle de Custos e a Redução

de Despesas nas Empresas: Agro Industrial Yamakawa e Agro Industrial Nova Andradina.

Revista Raízes e Amidos Tropicais, v.3. Unesp: Botucatu, 2007. Disponível em:

. Acesso em 02 mai. 2018.

PHYRR, Peter. Orçamento Base Zero. Rio de Janeiro: Intercedência, 1981. 218 p.

WELSCH, Glenn A. Orçamento empresarial. 4 ed. São Paulo: Atlas 1996. 397 p.

ZDANOWICZ, José Eduardo. Planejamento Financeiro e orçamento. 4 ed. Porto Alegre: Sagra, 2001. 147 p.

GOMES, Regina Celi Vidal. O orçamento base-zero como técnica de planejamento financeiro. Taubaté: UT, 2000. Monografia(MBA), Departamento de Economia, Contabilidade e Administração de empresas da Universidade de Taubaté. Disponível em:

. Acesso em 02 mai. 2018.

COSTA, Alexandre Marino; MORITZ, Gilberto de Oliveira; MACHADO, Filipe Menezes Vasconcellos. Contribuições do orçamento base zero (OBZ) no planejamento e controle de resultados em organizações empresariais. Revista Contemporânea de Contabilidade. Florianópolis: UFSC, 2007. Disponível em:

. Acesso em 01 mai. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.