Aplicação de metodologias de custeio em empresas de serviços do segmento técnico-profissional / Application of cost methodologies in service companies of the technical-professional segment

Rüdiger Teixeira Pfrimer, Juliana Schmidt Galera

Resumo


O presente trabalho objetivou a possibilidade de aplicação de quatro metodologias de custeio em empresas de serviços, visando compará-las e expor dentre as apresentadas qual se tornaria a mais viável para os cenários descritos. O setor de serviços no caso específico do Brasil é formado por 5 grandes categorias, das quais as empresas do segmento técnico-profissional, pela classificação do IBGE (2017), ocupam o segundo lugar em quantidade na composição total. Diante da redução no volume de rendimentos apresentados por essas empresas no setor como um todo, a análise gerencial com foco na gestão de custos se torna vantajosa para proporcionar mecanismos de controle e percepção do comportamento dos serviços realizados. Sendo realizado o proposto, constatou-se que metodologias com composições mais elaboradas tornam a gestão mais eficaz.

 

 


Palavras-chave


Serviços, Custeio ABC, RKW, Custeio por Absorção, Custeio Variável.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, C. A. et al. Elaboração e análise de diferentes métodos de custeio. 2011. Disponível em:

Acesso em: 14/05/2018.

BERTÓ, D. J.; BEULKE, R. Gestão de custos. 3.ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2014.

BORNIA, A. C. Análise gerencial de custos: aplicações em empresas modernas. 3.ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

BRUNI, A. L.; FAMÁ, R. Gestão de custos e formação de preços: comaplicações na calculadora HP 12C eexcel. 3. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2004.

COGAN, S. Activity-based costing (ABC): a poderosa estratégia empresarial. 3. ed. São Paulo: Editora Pioneira, 2000.

DUBOIS, A; KULPA, L; SOUZA, L.E. Gestão de custos e formação de preços: conceitos, modelos e instrumentos: abordagem do capital de giro e da margem de competitividade. 3. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

IBGE, 2018. Disponível em:

setor-de-servicos-varia-0-1-em-fevereiro> Acesso em: 02/05/2018.

IBGE, 2017. Disponível em:

segmento-de-servico.> Acesso em: 10/09/2017.

LOBRIGATTI, L. A. F. Custos na prestação de serviços. São Paulo: Saiba Mais – Sebrae, 2004.

MARION, J. C. Contabilidade Básica. 8. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

MARTINS, E. Contabilidade de custos. 10. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

MEGLIORINI, E. Custos: análise e gestão. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2012.

PESSOA, V. F. DE P. Contribuições da contabilidade de custos para a gestão de uma empresa de prestação de serviços do setor de engenharia civil. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2014.

REIS, J. G. Análise comparativa do método de custeio por absorção e do sistema de custeio abc nas pequenas empresas prestadoras de serviços contábeis: um estudo de caso. Universidade Federal do Ceará, 2005.

RIBEIRO, F. A. Custos como ferramenta de controle e tomada de decisões estratégicas em serviços de odontologia. Universidade Federal de Pernambuco, 2015.

SANTOS, J. J. Contabilidade e análise de custos: modelo contábil, Métodos de depreciação, ABC: custeio baseado em atividades, análise atualizada de encargos sociais sobre salários. 5. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

SANTOS, J. L. dos; SCHIMIDT, P.; PINHEIRO, P. R.; NUNES, M. S. Fundamentos de Contabilidade de Custos. 22. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

WERNKE, R. Gestão de Custos: Uma abordagem prática. 2. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.