Capacidade Sigma para dados contínuos: estudo de caso em hospital infantil americano / Sigma capacity for continuous data: case study in American children's hospital

Silvia Helena Boarin Pinto, Leila Keiko Canegusuco, Taís Ohtani, Beatriz Ohtani

Resumo


Devido à complexidade das ações adotadas em instituições hospitalares, que almejam entregar mais valor ao cliente e obter redução na variação dos processos, diversos hospitais implantam a metodologia Seis Sigma, no intuito de priorizar a excelência operacional e empresarial. Entre os resultados obtidos com a implantação, destacam-se a supressão de defeitos em toda a organização, o aperfeiçoamento do espaço utilizado, a eliminação de erros e a redução do tempo de espera de pacientes. No Brasil, existem poucos relatos da incorporação do Seis Sigma em hospitais, porém nos Estados Unidos existem vários estudos que mostram o sucesso na aplicação desde 2009. Este artigo apresenta um estudo de caso realizado em um hospital americano, especializado no atendimento de crianças. Por meio do cálculo da Capacidade Sigma, analisou-se o desempenho do processo de turnover de salas de cirurgia e apresentou-se um conjunto de sugestões de melhoria para que o processo se torne mais rápido, mais padronizado e sustentável.

 


Palavras-chave


Seis Sigma; qualidade; capacidade sigma; hospital infantil.

Texto completo:

PDF

Referências


AANA. Certified Registered Nurse Anesthetists Fact Sheet. 2016. Disponível em: Acesso em: 3 de abril 2017.

ASQ. American Society for Quality. Hospitals See Benefits of Lean and Six Sigma. March 2009. Disponível em: Acesso em: 12 de junho de 2017.

CARPINETTI, L. C. R. Gestão da Qualidade: conceitos e técnicas. 2 ed, São Paulo: Atlas, 2012.

CARVALHO, M. M. Medindo o Sigma do Processo. In: ROTONDARO, R.G. (Coord.). Seis Sigma: estratégia gerencial para a melhoria de processos, produtos e serviços. São Paulo: Atlas, 2002.

CHENG, J. L. Six sigma and TQM in Taiwan: an empirical study of discriminate analysis. Total Quality Management & Business Excellence, v. 20, n. 3, p. 311-326, 2009.

DEXTER, F.; ABOULEISH, A.E.; EPSTEIN, R.H.; WHITTEN, C.H.; LUBARSKY, D. A. Use of Operating Room Information System Data to Predict the Impact of Reducing Turnover Times on Staffing Costs. Anesthesia & Analgesia, v. 97, n. 2, p. 1119-1126, Outubro, 2003.

ECKES, G. A Revolução Seis Sigma. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

FOSTER, T. Data for benchmarking your OR’s performance. 2012. Disponível em: Acesso em: 12 de junho de 2017.

FURTERER, S. L. Lean Six Sigma case studies in the healthcare enterprise. 1st ed. New York: Springer, 2014.

KUMAR, M., ANTONY, J. Multiple case-study analysis of quality management practices within UK Six Sigma and non-Six Sigma manufacturing small- and medium-sized enterprises. Journal of Engineering Manufacture, v. 223, Part B, p. 925-934, 2009.

LEE, T. Practice Matters: Lean and Six Sigma. Contemporary OB/GYN, p. 28-42, 2016.

LINDERMAN, K. et al. Six Sigma: a goal-theoretic perspective. Journal of Operations Management, v. 3, n.21, p. 193-203, 2003.

LUNA, E. Seis Sigma pode ajudar seu hospital. Disponível em: Acesso em: 12 de junho de 2017.

MATHIAS, J. Benchmarking OR Turnover Times. OR Manager, v.16, n. 6, p. 1-4, 2000.

PANDE, P.; NEUMAN, R. P; CAVANAGH, R. R. Estratégia Seis Sigma: como a GE, a Motorola e outras grandes empresas estão aguçando seu desempenho. Tradução: Cristina Bazán Tecnologia e Lingüística. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001.

PEREIRA, L. T. K.; GODOY, D.M.A; TERÇARIOL, D. Estudo de caso como procedimento de pesquisa científica: reflexão a partir da Clínica Fonoaudiológica. Psicologia: Revisão e Crítica, vol22, no.3, Porto Alegre, 2009.

PERRY, T. R. The Certified Registered Nurse Anesthetist: Occupational Responsibilities, Perceived Stressors, Coping Strategies, and Work Relationships. Doctoral dissertation, Virginia Polytechnic Institute and State University, Virginia, EUA, 2002.

PYZDEK T.; KELLER P. Seis Sigma: Guia do Profissional. Rio de Janeiro: Alta Books, 3.ed., p. 148, 2011.

ROTONDARO, R. (Org). Seis Sigma: Estratégia Gerencial para a Melhoria de Processos, Produtos e Serviços. São Paulo: Atlas, 2002.

SMI GROUP. Rapid Operating Room Turnover. S.d. Disponível em: Acesso em: 10 de abril 2017.

STAPLETON, D., GHANDOUR, N. Maximizing Operating Turnover Time Efficiency via Process Mapping and Critical Path Modeling. University of Wisconsin, Wisconsin, EUA, 2013.

TERRA, V. T. Estratégia Seis Sigma: em busca da Competitividade. Maio 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 de junho de 2017.

YIN, R. K. Case study research. London: Sage-UK Publications, 2013.

WIELE, T., IWAARDEN & J., POWER, D. Six Sigma Implementation in Ireland: the Role of Multinational Firms. International Journal of Quality & Reliability Management, v. 27, n. 9, p. 1054-1066, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.