Tecnologias logisticas aplicadas no atendimento ao cliente do segmento varejista / Logistics technologies applied in customer service of the retail segment

Filipe de Castro Quelhas

Resumo


O varejo é essencialmente um operador logístico, ou seja, um elo entre o consumidor final e o fornecedor. Em decorrência disso, as relações com os fornecedores e com o mercado consumidor representam, ao mesmo tempo, problemas e oportunidades para a melhoria das operações comerciais varejistas. Todo este encadeamento tem como elo inicial o próprio consumidor, cuja disposição de compra constitui-se no fato gerador das ações produtivas e comerciais. O setor varejista, ao atuar junto ao consumidor, possui papel preponderante, definindo a direção das cadeias produtivas.  Os conceitos logísticos modernos aplicados ao sistema produtivo são bastante abrangentes, envolvendo diversas áreas e foco de atuação. Absorver estes conceitos requer elevado nível de conhecimento e competência dos agentes envolvidos, bem como o uso de modernos recursos de infra-estrutura. Dentre as diversas áreas englobadas na logística da cadeia de suprimentos, podem-se citar aquelas mais relevantes: transporte, armazenagem e gestão de estoques. Devido à vasta literatura sobre logística e tecnologia da informação, o trabalho aqui apresentado faz uma abordagem do tema no âmbito da logística integrada e da cadeia de suprimentos dentro dos hipermercados. A fundamentação teórica qualitativa segue a bibliografia tradicional bem como fontes secundárias como teses, dissertações, Internet, textos periódicos e jornais.

 

 

 


Texto completo:

PDF

Referências


BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos. Porto Alegre: Bookman, 2001.

BALLOU, Ronald H. Logística Empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, 1993.

BOGMANN, Itzhak Meir. Marketing de Relacionamento: a importância de fidelizar seus clientes. Disponível em: Acesso: 5/08/2014

BRAZÃO, Anderson. Etiquetas Eletrônicas. Art. pub. em 2005. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

BRETZKE , Miriam. Marketing de relacionamento e competição em tempo real: com CRM (Customer relationship management). São Paulo: Atlas, 2000.

BRETZKE, Miriam. Marketing de relacionamento e competição em tempo real com CRM (Customer Relatioship Management). 1a. ed, São Paulo, Atlas, 2000.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CASTRO, José Áureo do Carmo. Atendimento ao Cliente na Loja Tangará da rede de Supermercado Araújo na Cidade de Rio Branco/AC. Monografia (bacharelado) – Universidade de Brasília, Departamento de Administração - EaD, 2008.

CERIBELLI, Harrison Bachion; CERIBELI, Rogério Ferreira e MERLO, Edgard. Implementando um programa de relacionamento com o cliente: um estudo de caso no varejo brasileiro. Revista de Estudos Sociais - ano 12, n. 23, v. 1, 2010.

CERVO, Amado Luiz, BERVIAN, Pedro Alcino e DA SILVA, Roberto. Metodologia Cientifica. 6. Ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CHING, Hong Yuh. Gestão de estoques na cadeia de logística integrada – Supply Chain. São Paulo: Atlas, 1999.

CHURCHILL JR, Gilbert A., PETER, J. P. Marketing: criando valor para os clientes. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2000.

COBRA, Marcos. Marketing Básico: Uma Abordagem Brasileira. 4. ed., São Paulo: Atlas 1997.

COSTA, Aldo do Couto et al. EDI - Eletronic Data Interchange: Companhia de informática do Paraná - Celepar. Paraná: 2003. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

CRIE – Centro de referência em inteligência empresarial. Sistemas de Inteligência Empresarial. Art. pub. em 2004. Disponível em: . Acesso em 5/08/2014

DIAS, Marco Aurélio P. Administração de materiais:uma abordagem logística. São Paulo: Atlas, 1993.

DORNIER, Philippe-Pierre. Logística e operações globais: texto e casos. São Paulo: Atlas, 2000.

FILHO, Hélio Zanquetto e PIZZOLATO, Nélio D. “Desempenho na Cadeia Logística: ênfase no sistema de custeio”. Anais do ENEGEP 2000, São Paulo.

FREIRE, Luiz. Etiquetas de Rádio Frequência. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOULART, António Marcos A., et al. Logística: teoria e prática em supermercados de pequeno porte. Anais do XI SIMPEP, Bauru, SP, 2004.

GRÖNROOS, Christian. Marketing: gerenciamento e serviços. 2ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

GUBIANI, Ronaldo Jean. A Influência da Qualidade no Atendimento ao Cliente do Setor Varejista de Supermercados de Juara - MT. 2006. 70 f. . Trabalho de Conclusão de Curso – UNEMAT – Campus Universitário de Sinop, Núcleo Pedagógico de Juara – MT.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

KOTLER, P. ; ARMSTRONG, G. Princípios de marketing. Rio de Janeiro: Prentice-Hall do Brasil, 2000.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do novo milênio. 10. ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2000.

LAS CASAS, A. L. Marketing De Varejo. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Marketing de varejo. São Paulo: Atlas, 1992.

LAUDON, K. C. & LAUDON, J. P. Sistemas de Informação. 4. ed. Rio de Janeiro: 1999.

LEIRIA, Luis Portela Cristina et al. Enciclopédia da rede. São Paulo, Ediouro, 1998.

LIBERATO, Maria José. Um estudo sobre as condições de distribuição de mercadorias na região metropolitana de São Paulo: o papel de ações colaborativas na busca de alternativas eficientes. Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas: Campinas, 2005.

LIKES, Davi Augusto. Avaliação da Satisfação dos Clientes no Setor supermercadista: estudo de caso. Trabalho de Conclusão do Curso de Mestrado Profissionalizante. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2004.

LOVELOCK, C., WRIGHT L. Serviços: marketing e gestão. São Paulo: Saraiva, 2002.

MACHADO, Virgílio A, P. Logística de uma Rede de Hipermercados. Art. pub. em 2006. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

MARIETTO, Marcio Luiz et al., Estratégia, competências e aprendizagem: o caso de um supermercado na cidade de Sorocaba. REGE , São Paulo – SP, Brasil, v. 19, n. 1, p. 73-85, jan./mar. 2012.

MARIN, Edward Robinson; MORETTI, Sérgio Luiz do Amaral. A responsabilidade social empresarial e o marketing: reflexos na atitude e na lealdade de supermercados em São Paulo. Revista Alcance - Eletrônica, Vol. 19 - n. 01 - p. 24-34 - jan./mar. 2009.

MCKENNA , Regis. Marketing de relacionamento: estratégias bem-sucedidas para a era do cliente. 10. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

MCKENNA, R. Marketing de Relacionamento: estratégias bem-sucedidas para a era do cliente. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

MENDES, Carlos et al. O aparecimento do EDI. Art. pub. em 1997. Disponível em . Acesso em 17 de nov. de 2013.

NICKELS, William G.; WOOD, Marian B. Marketing: relacionamentos, qualidade, valor. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

O’BRIEN, J. A . Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era da internet. São Paulo: Saraiva, 2003

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças. Sistemas de informações gerenciais. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

PARENTE, Juracy. Varejo no Brasil. São Paulo: Atlas, 2000.

PILARES, Nanci Capel. Atendimento ao cliente: o recurso esquecido. São Paulo: Nobel, 1989.

PORTER, Michael E. Estratégia Competitiva: técnica para análise de indústria e da concorrência. 2° edição. São Paulo: Campus, 1989.

POZO, Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística, 3 ed., São Paulo: Atlas, 2004.

PRESCOTT, John E. MILLER, Stephen H. Inteligência Competitiva na prática: técnicas e práticas bem-sucedidas para conquistar mercados. Rio de Janeiro: Campus, 2002

QUEIROZ, Inês Alves e CRUZ, Marta Monteiro da Costa. “Estado da Arte sobre a Supply Chain Management.” Anais do ENEGEP 1999, Rio de Janeiro.

QUEIROZ, Márcio Fabrício Lima de. Qualidade e Excelência no Atendimento ao Cliente: um estudo de caso da empresa Vivo. Manaus: Fucapi, 2005.

REZENDE, Denis A. Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informação. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

RINALDI, José Gilberto Spasiani; MORABITO, Reinaldo e TACHIBANA, Vilma. A importância da rapidez de atendimento em supermercados: um estudo de caso. Gest. Prod., São Carlos, v. 16, n. 1, p. 1-14, jan.-mar. 2009.

SLACK, Nigel. et al. Administração da Produção. 2a ed. São Paulo: Atlas, 2002.

SUPERHIPER PANORAMA. Canais de distribuição. SuperHiper Panorama, São Paulo, p. 142-146. 2007d.

SUPERHIPER PANORAMA. Gerenciamento por categorias: conceito, processo e resultados. SuperHiper Panorama, São Paulo, p. 118-122. 2007c.

SUPERHIPER PANORAMA. Mercado: a cadeia de abastecimento. SuperHiper Panorama, São Paulo, p. 96-102. 2007b.

SUPERHIPER PANORAMA. Setor: a evolução contínua. SuperHiper Panorama, São Paulo, p. 18-29. 2007a.

SUPERHIPER PANORAMA. Tecnologia. SuperHiper Panorama, São Paulo, p. 150-153. 2007e.

TAKAHASHI, Tadao. Sociedade da Informação no Brasil: Livro Verde. Ministério da Ciência e Tecnologia: Brasília: Setembro, 2000.

TEIXEIRA, Karen Suyan de Oliveira. Avaliação da Qualidade de Serviços: Estudo de caso em um supermercado na cidade de Jacinto Machado. Universidade do Extremo Sul Catarinense. Trabalho de Conclusão de Curso. UNESC, 2010.

TOFOLI, Eduardo Teraoka e TOFOLI, Irso. A busca da qualidade no atendimento em empresas do setor supermercadista da Região noroeste do Estado de São Paulo. FACEF Pesquisa. V. 9, n.1, 2006.

UDRÉ, Gilberto. A Etiqueta Inteligente. Art. pub. em 2005. Disponível em . Acesso em 5/08/2014

VERGARA, S.C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. São Paulo : Atlas, 2000.

VIRILIO, Paul. A bomba informática. São Paulo, Estação Liberdade, 1999.

WALKER, Denis. O cliente em primeiro lugar. São Paulo: Makron Books do Brasil, 1991.

WHITELEY, Richard C. A empresa totalmente voltada ao consumidor. Rio de Janeiro: Campus, 1992.

ZENONE, Luiz Claudio. O Database marketing como agente facilitator. Grandes Idéias em Marketing. Vol. 04, No. 42, fev. 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.