Proposta para reduzir o alto índice de turnover em uma indústria de comésticos / Action plan to reduce the high turnover index in a cosmetics manufacturing company

Rosangela dos Santos, Amanda Nataly da Silva Oliveira, Mylena Cordeiro, Kauana dos Santos Lima, Augusto Ferreira da Cunha, Leonardo Ricardo, Rosilda do Rocio do Vale, Leticia Stroparo Tozetti

Resumo


O presente trabalho é uma pesquisa de campo e tem como objetivo elaborar um plano de ação com propostas para reduzir o alto índice de turnover. Foi realizado em uma indústria e Comércio de Perfumes e Cosméticos. No dia 21 de agosto de 2018 foi realizada uma visita na empresa para que pessoalmente fosse possível conhecer e estudar o local e também para coletar as informações dentro da empresa, na mesma data foi realizada uma entrevista informal com a representante do setor de Recursos Humanos, a pesquisa documental também foi utilizada para coletar dados, para a fundamentação teórica do trabalho foi utilizada a pesquisa bibliográfica e a pesquisa na internet. Para o desenvolvimento prático do trabalho foi utilizado o diagrama de Ishikawa para apresentar as principais causas e com o brainstorming foram identificadas as causas e discutidas as alternativas de soluções para as propostas do plano de ação para a empresa. As principais causas que geram o alto índice de turnover identificadas foram: movimentos repetitivos, a falta de planejamento do período sazonal, período sazonal, falta de profissionalismo, falta de treinamento, falta de motivação e falta de ginástica laboral. Utilizando a ferramenta 5W2H foi elaborado o plano de ação com as propostas para reduzir o alto índice de turnover.


Palavras-chave


Alto índice de turnover; Causas do turnover; Soluções do turnover; Plano de ação.

Texto completo:

PDF

Referências


BOHLANDER, G.; SNELL, S. Administração de recursos humanos. Tradução de Maria Lúcia G. L. Rosa e Solange Aparecida Visconti. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

CASCIO, W. F. Managing human resources: productivity, quality of work life, profits. 8th ed. New York: McGraw-Hill/Irwin, 2010. 719 p.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. 9ª ed. Rio de Janeiro: Editora Campus, 2009.

FRUFREK, G, L. Um estudo sobre a rotatividade de pessoal entre profissionais de empresas brasileiras de desenvolvimento de software. Cornélio Procópio, 2015, 85 f, Dissertação, Universidade Tecnológica Federal da Paraná.

GIL, A, C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GIL, A, C. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. 1ª ed. São Paulo: Atlas, 2001.

LACOMBE, F, J, M. Comportamento Organizacional. São Paulo: Saraiva, 2010.

MARCONI, M, A; LAKATOS, E, M. Fundamentos De Metodologia Científica. 7ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MILKOVICH, G, T; BOUDREAU, J, W. Administração de recursos humanos. São Paulo: Atlas, 2008.

MOBLEY, Wiliam H. Turnover: Causas, conseqüências e controle; tradução de Vânia Conde, Porto Alegre: Ortiz, 1992.

PACHECO, L; SCOFANO, A.C.; BECKERT, M.; SOUZA, V de. Capacitação e desenvolvimento de pessoas. 2 ed. Rio de Janeiro: FGV, 2009.

PONTELO, J; CRUZ, L. Gestão de pessoas: manual de rotinas trabalhistas. 7ª ed. Brasília: SENAC - DF, 2014.

RIBEIRO, A, L. Gestão de pessoas. 1ª ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

ROSARIO, C, C. Rotatividade de Pessoal (turnover). São Paulo: Siamar, Serviço Cultural Interamericano e Ed. Ltda, 2006.

SANTOS, M, B. Mudanças organizacionais: métodos e técnicas para a inovação. 3ª ed. Curitiba: Juruá, 2011.

SILVA, M,P. Relação das práticas de gestão de recursos humanos com turnover: um estudo com empresas no norte do Paraná. Ribeirão Preto, 2013, 107 f, Artigo, Universidade de São Paulo – Faculdade de economia, administração e contabilidade de Ribeirão Preto


Apontamentos

  • Não há apontamentos.