Ocorrência e lesões causadas por ascarídeos em Pavo cristatus (Phasianidae) de criatório não comercial em Jataí, Goiás

Dirceu Guilherme de Souza Ramos, Ana Paula e Jesus Silva, Rayssa Rossi de Abreu, Ana Carolina Romanatto Wessel, Nathanny Gonçalves Dias, Igor Borges de Oliveira, Letícia Fernandes Barbosa Nunes, Matheus Rezende de Freitas, Klaus Casaro Saturnino

Resumo


Ascarídeos são endoparasitas do sistema digestivo, em sua maioria, que pertencem a Família Ascarididae. A ocorrência deste grupo de parasitas é relacionada em praticamente todas as espécies de animais domésticos, e também em humanos, sendo Ascaridia galli e Heterakis gallinarum as espécies de maior ocorrência. Não hematófagos, estes parasitas se alimentam do quimo intestinal e são associados ao emagrecimento, obstrução de alças intestinais e em alguns casos rompimentos de alça, além da transmissão de patógenos. Já foram descritas ocorrências destas espécies em galinhas, perus, gansos, pombos, perdizes, galinhas da angola e mesmo em aves selvagens, incluindo pavões e apesar da grande quantidade de descrições, a compreensão dos danos causados em cada uma não é bem relacionada, incluindo em situações de criações mistas de aves. O objetivo deste trabalho é relatar as lesões e danos causados em dois pavões de criatório não comercial, no município de Jataí, Goiás. Ao exame de necropsia foi observado estado corporal debilitado, atrofia muscular esquelética, carência de tecido adiposo de reserva abdominal e presença endoparasitas na moela e no intestino. No óstio duodeno estomacal observou-se embolo parasitário, obstruindo o lúmen do óstio. Microscopicamente, observou-se extensa e severa necrose da mucosa, caracterizada pela perda das vilosidades e presença de debris celulares entremeados pelo bolo fecal. Foram observadas lesões no pulmão, rim e fígado. Os parasitas encontrados foram identificados de acordo com chaves taxonômicas como A. galli e H. gallinarum. Os danos encontrados são esperados em quadros de parasitismo por estas espécies, sendo as mesmas associadas com a causa mortis dos animais. Ressalta-se que devido ao alto valor de mercado de aves desta espécie, é importante o diagnóstico e controle desta parasitose, a fim de se evitar a morte dos hospedeiros.


Palavras-chave


Avicultura; Ascaridia galli; Heterakis gallinarum; Patologia.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, R. C.; CHABAUD, A. G.; WILMOTT, S. Keys to the Nematode Parasites of Vertebrates: Archival Volumes. Cambridge: Cabi; 2009.

ANDERSON, R. M.; MAY, R. M. Population biology of infectious diseases. Part I. Nature, v.280, p.361-367, 1979.

BORGSTEEDE, F. H. M. The effect of parasites on wildlife. Veterinary Quarterly., v.18, supl.3, p.138-140, 1996.

BOWMAN, D. D. Georgis' parasitology for veterinarians. 9.ed. St. Louis: Saunders Elsevier, 2009. 451p.

COELHO, H. E. Patologia das Aves. São Paulo: Tecmedd, 2006.

GIBBONS, L. M. Keys to the Nematode Parasites of Vertebrates: Supplementary Volume. Cambridge: Cabi; 2010.

HOFFMAN, R. P. Diagnóstico de parasitismo veterinário. Porto Alegre: Sulina; 1987.

TEIXEIRA, M.; MONTEIRO, J. P.; CATENACCI, L. S.; RODRIGUES, M. L. A.; CARVALHO, M.; SATO, B. Ascaridiasis in peafowl Pavo cristatus (Phasianidae) due to Ascaridia galli Schrank, 1788. Journal of Zoo and Wildlife Medicine. v. 43, n. 3, p. 585-587, 2012.

VICENTE, J. J.; RODRGUES, H. O.; GOMES, D. C.; PINTO, R. M. Nematóides do Brasil. Parte IV: nematóides de aves. Revista Brasileira de Zoologia. v.12, suppl. 1, p. 1-273, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.