Leiomiossarcoma no trígono vesical de cadela – relato de caso / Leiomiossarcoma no trígono vesical de cadela – relato de caso

Gabriel Silva, Ítalo Virgulino dos Santos, Guilherme Santos Souza, Iara Macedo de Melo Gomes, Izanio Macedo de Melo Gomes, Paulo Vítor Modesto Batista

Resumo


Objetivou-se neste trabalho relatar a apresentação clínica, diagnóstico, conduta clínica, tratamento e recuperação de uma cadela acometida com leiomiossarcoma no trígono vesical. O leiomiossarcoma é uma neoplasia mesenquimal maligna originada em estruturas com musculatura lisa, altamente metastática de rara incidência e alta agressividade que acometem principalmente o trato intestinal e reprodutivo, são mais frequentes na bexiga se comparado com outras partes do sistema urogenital, a tutora relatou que a cadela apresentava disúria e hematúria, no exame clínico foi identificado sensibilidade a palpação abdominal e bexiga distendida, no exame ultrassonográfico foi observado conteúdo anecóico em seu interior, de estrutura amorfa, irregular, heterogênea na região do trígono vesical, sendo sugerido remoção cirúrgica da massa tumoral. A utilização de exames de imagem e conduta cirúrgica foi de extrema importância para efetivação do tratamento do tumor, melhora clínica e qualidade de vida do animal.


Palavras-chave


Objetivou-se neste trabalho relatar a apresentação clínica, diagnóstico, conduta clínica, tratamento e recuperação de uma cadela acometida com leiomiossarcoma no trígono vesical. O leiomiossarcoma é uma neoplasia mesenquimal maligna originada em estrutura

Texto completo:

PDF

Referências


Andrade, R. L. F. S., Oliveira, D. M., Dantas, A. F. M., Souza, A. P. D., Nóbrega Neto, P. I. D., & Riet-Correa, F. 2012. Tumores de cães e gatos diagnosticados no semiárido da Paraíba. Pesq. Vet. Bras, 32(10), 1037-1040. - Daleck, C. R., & De Nardi, A. B. 2016. Oncologia em cães e gatos. Grupo Gen-Editora Roca Ltda. - dos Funcionários, R. 2007. Avaliação ultra-sonográfica e pelo Doppler colorido do carcinoma de células transicionais da bexiga em cães. Arq. Bras. Med, 59(6), 1400-1407. - Edris B, Espinosa I, Muhlenberg T, et al. 2012. ROR2 is a novel prognostic biomarker and a potential therapeutic target in leiomyosarcoma and gastrointestinal stromal tumour. The journal of pathology. 227(2): 223-233. - Etges, G. A. F., Canal, C., Ribeiro, F. V., Sonaglio, F., Zaffari, E. L. P., Biondo, N., & Prati, L. A. (2014). LEIOMIOSSARCOMA UTERINO EM CANINO GOLDEN RETRIEVER. Congresso Regional De Medicina Veterinária, 1(1), 9-10. - Ettinger, S. J., & Feldman, E. C. 2004. Tratado de medicina interna veterinária. 5ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1583-1614. - Fossum, T. 2015. Cirurgia de pequenos animais. - Elsevier Brasil. Inkelmann, M. A., Kommers, G. D., Fighera, R. A., Irigoyen, L. F., Barros, C. S., Silveira, I. P., & Trost, M. E. 2011. Neoplasmas do sistema urinário em 113 cães. Pesq. Vet. Bras, 31(11), 1102-1107. - Lega E, Vasconcellos ALD, Raposo TMM, et al. 2012. Leiomiossarcoma intestinal canino-relato de caso. Veterinária e Zootecnia. 19(1): 95-97. - Souza, V. L. D., Estanislau, C. D. A., Ranzani, J. J. T., Minto, B. W., Kairalla, L. D., Carvalho, C. M., ... & Brandão, C. V. S. 2016. LEIOMIOSSARCOMA VESICAL EM CADELA-RELATO DE CASO. Veterinária e Zootecnia, 23(3), 385-390.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.