Conhecendo o setor florestal e perspectivas para o futuro

Nayara Guetten Ribaski

Resumo


O setor florestal brasileiro movimenta cerca de US$ 132 bilhões anualmente e está em crescimento, em níveis internacionais é responsável por 2% do PIB mundial (BERGER; JÚNIOR, 2009),destacando forte atratividade nos investimentos florestais. Segundo Soares et al. (2010), apesar de uma série de restrições impostas por gargalos históricos nas estruturas tributárias, trabalhistas e previdenciárias, o país, em decorrência do crescimento do consumo interno e da estabilidade econômica, tem se tornado atraente para os investidores de todo o mundo, principalmente para os chineses, que devem se tornar os maiores investidores estrangeiros no Brasil este ano.


Palavras-chave


Floresta; setor; conhecendo

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLORESTAS PLANTADAS– (ABRAF). Anuário Estatístico da ABRAF 2010 – Ano base 2009. Brasília 2010.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLORESTAS PLANTADAS– (ABRAF). Anuário Estatístico da ABRAF 2012– Ano base 2011. Brasília 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FLORESTAS PLANTADAS– (ABRAF). Anuário Estatístico da ABRAF 2011– Ano base 2010. Brasília 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MADEIRA PROCESSADA MECANICAMENTE (ABIMCI). Estudo Setorial 2006 – Ano Base 2005. Curitiba: 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MADEIRA PROCESSADA MECANICAMENTE (ABIMCI). Estudo Setorial 2009 – Ano Base 2008. Curitiba: 2009.

ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DE BASE FLORESTAL (APRE). Estudo Setorial 2017- 2018. Curitiba: 2018

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL (BNDES), Painéis de madeira reconstituída, área de setores produtivos. Rio de Janeiro: BNDES, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20/12/2010.

BERGER, R.; JUNIOR, J. B. P. Importância econômica e social do setor florestal. Curitiba: julho/2009.

CAMARGO, Sophia. Dólar mais alto deixa o brasileiro mais pobre; veja quem ganha e quem perde. UOL, São Paulo, publicado em: 23/09/2015. Atualizada em: 21/01/2016. Acessado em: 10/06/2018. Disponível em:

FAJARDO, S. Aspectos da ocupação, da formação da estrutura produtiva e das transformações na paisagem rural no território paranaense. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v. 7, n. 20, p. 89-101, fev. 2007.

FONSECA, F. H. Tendências e perspectivas para o setor de florestas plantadas. Revista Opiniões, Ribeirão Preto, 2009

FOOD AND AGRICULTURAL ORGANIZATION (FAO).The State of Food and Agriculture.Roma, 2008.

INFORMA ECONOMICS. Preço da terra bate recorde no país.O Estado de São Paulo, Caderno de economia,São Paulo. 05 fev. 2011.

INSTITUTO DO HOMEM E MEIO AMBIENTE DA AMAZÔNIA (IMAZON). A atividade madeireira na Amazônia brasileira: produção, receita e mercados.Belém, 2010.

IWAKIRI, S. Painéis de madeira reconstituída. FUPEF. Curitiba, 2005.

JUVENAL, T. L.; MATTOS, R. L. G. Brasil e a importância do reflorestamento. BNDES Setorial. Setor Florestal, n. 16, Rio de Janeiro, 2002. 30p. Disponível em: . Acessoem: 22/01/2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR (MDIC). Brasília: MDIC, 2008.Disponível em: . Acesso em: 07/10/2010.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (MTE). Brasília: Ministério do Trabalho e emprego, 2010. Disponível em: http://sgt.caged.gov.br/. Acesso em: 01/11/2010

PAINEL FLORESTAL. Campo Grande: Painel Florestal, 2011. Disponível em: . Acesso em: 17/04/2011.

PAINEL FLORESTAL. Preços da madeira para celulose e serraria estão entre os menores do mundo.Disponível em: . Acesso em: 20/11/2012.

SERVIÇO FLORESTAL DO BRASIL – SFB. Florestas do Brasil em resumo – 2010: dados de 2005 – 2010. Ministério do Meio Ambiente: Serviço Florestal Brasileiro. Brasília, 2010.

SCHMID, Marcelo. Perspectiva para o mercado florestal brasileiro em 2018. Publicado em: 12/01/1982. Acessado em: 27/07/2018. Disponível em:

SOARES, N. S.; REZENDE, A. M.; SILVA, M. L.; MOURA, A. D. Melhor desempenho em outubro e perspectivas de vendas Do final de ano podem amenizar os efeitos da crise no setor Florestal. Análise Conjuntural de novembro de 2012. Disponível em: . Acesso em: 16/11/2012.

SOARES, N. S.; REZENDE, A. M.; SILVA, M. L.; CORDEIRO, S. A.; MOURA, A. D. Setor Florestal Brasileiro Cresce e Mantém-se Atraente para Investimentos. Análise Conjuntural de julho de 2010. Disponível em: . Acesso em: 16/06/2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.