Desempenho de caprinos de diferentes genótipos alimentados com distintas relações volumoso/concentrado / Capital performance of different feeded genotypes with different volume / concentrate relations

Keith Ranny Pereira Cruz, Maiza Araújo Cordão, Marcílio Fontes Cezar, Wandrick Hauss Sousa, Maria das Graças G. Cunha, José Morais Pereira Filho, Felipe Queiroga Cartaxo, Cecília Clarice Pereira dos Santos

Resumo


Objetivou-se avaliar o desempenho produtivo de diferentes genótipos caprinos submetidos a dietas com distintas relações volumoso/concentrado. O experimento foi conduzido na Estação Experimental de Pendência, EMEPA-PB, Soledade. Foram utilizados 30 caprinos dos grupos genéticos: SRD, ½ Boer x SRD e ½ Savana x SRD, com média de 120 dias de idade e de 18 kg de peso vivo. Os caprinos receberam duas diferentes dietas: 50 volumoso/50 concentrado e a outra com 30 volumoso/70 concentrado. Para o ganho de peso total (GPT) e o ganho de peso médio diário (GPMD) ocorreu interação entre os fatores (genótipos x relação volumoso:concentrado) (P<0,05), assim como ocorreu interação (P<0,05) para peso ao abate (PA) entre os animais que receberem a dieta com 30V:70C. Quanto às características biométricas observa-se que houve diferenças para altura da cernelha, altura da garupa, comprimento do corpo e comprimento da perna (P<0,05) para os genótipos caprinos, enquanto que para o perímetro torácico e circunferência da perna não houve diferenças significativas (P>0, 05). Já em relação às relações volumoso: concentrado não houve diferenças em nenhuma das medidas (P>0,05). O desempenho de caprinos mestiços Boer e Savana são superiores aos animais sem padrão racial, quando alimentados com dieta com relação 50:50 e 30:70 volumoso concentrado.


Palavras-chave


cruzamento industrial, ganho de peso, manejo nutricional, produção animal.

Texto completo:

PDF

Referências


CARDOSO, A.R.; CARVALHO, S.; GALVANI, D.B. et al. Comportamento ingestivo de cordeiros alimentados com dietas contendo diferentes níveis de fibra em detergente neutro. Ciência Rural, v.36, n.2, p.604-609, 2006.

CARTAXO, F.Q.; LEITE, M.L.M.V.; SOUSA, W.H. et al. Desempenho bioeconômico de cabritos de diferentes grupos genéticos terminados em confinamento. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 14, p. 224-232, 2013.

CEZAR, M.F.; SOUSA, W.H. Carcaças ovinas e caprinas: obtenção- avaliação- classificação. Uberaba: Editora Agropecuária Tropical, 2007.

COSTA, R.G.; SANTA CRUZ, S.B.; MEDEIROS, A.N. Desempenho de cabritos mestiços bôer em sistema semi-extensivo, durante o aleitamento. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 2002, Recife, Anais... Recife: SBZ, 2002.

COSTA, R.G.; MEDEIROS, A.N.; SANTOS, N.M. et al. Qualidade da carcaça de caprinos Saanen alimentados com diferentes níveis de volumoso e concentrado. Agrária (Recife), v. 3, p. 186-190, 2008.

DANTAS, A. F. Características da carcaça de ovinos Santa Inês Terminados em pastejo e submetidos a diferentes níveis de suplementação.2006. 32p. Dissertação. (Mestrado em Zootecnia). Universidade Federal de Campina Grande, Patos, 2006.

DI RIENZO J.C.; W ROBLEDO, F.; CASANOVES, M.G. et al. Infostat, Versión 2008p. Estadística y Biometría, Facultad de Ciencias Agropecuarias, Universidad Nacional de Córdoba. 2008.

GONZAGA NETO, S.; SILVA SOBRINHO, A.G. ; ZEOLA, N.B.L. et al. Quantitative characteristics of the carcass of Morada Nova lambs fed different dietary ratios of forage and concentrate. Brazilian Journal of Animal Science, Viçosa, MG, v. 35, n. 3, p. 1487-1495, 2006.

MANERA, D.B.; VOLTOLINI, T.V.; MASCIOLI, A.S. et al. Desempenho produtivo e características de carcaça de cabritos alimentados com diferentes proporções de concentrado. Revista Caatinga, Mossoró, v. 22, n. 4, p. 240-245, 2009.

MENEZES, J.J.L.; GONÇALVES, H.C.; RIBEIRO, M.S et al. Desempenho e medidas biométricas de caprinos de diferentes grupos raciais. Brazilian Journal of Animal Science, v. 36, p. 635-642, 2007.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL – NRC. Nutrient requirements of small ruminants. Washington, D.C.: National Academy Press, 2007. 362

PEREIRA, R.Â.G.; QUEIROGA, R.C.R.E.; VIANNA, R.P.T. et al. Qualidade química e física do leite de cabra distribuído no Programa Social "Pacto Novo Cariri" no Estado da Paraíba. Rev. Inst. Adolfo Lutz. v.64, n.2, p. 205-211. 2005.

ROSA, T.G.; PIRES, C.C.; SILVA, J.H.S. et al. Proporções e coeficientes de crescimento dos não-componentes da carcaça de cordeiros e cordeiras em diferentes métodos de alimentação. Revista Brasileira de Zootecnia, v.31, n.6, p.2290- 2298, 2002.

SANTANA, A.F.; COSTA, G.B.; FONSECA, L.S. Correlações entre peso e medidas corporais em ovinos jovens da raça Santa Inês. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v.1, p.74- 77, 2001.

SAS- STATISTICS ANALYSIS SYSREMS INSTITUTE.2003. User’s Guide.

North Caroline Sas Institute Icn. 2003.

SILVA, D.J.; QUEIROZ, A.C. Análise de Alimentos: métodos químicos e biológicos. 3. ed. Viçosa, MG: Universidade Federal de Viçosa, 2002. 235p.

SOLAIMAN, S.; MIN, B. R.; GURUNG, N. et al. Assessing feed intake, growth performance, organ growth, and carcass characteristics of purebred Boer and Kiko male kids fed high concentrate diet. Small Ruminant Research, v. 98, P. 98–101, 2011.

SOUSA, B.B.; BENICIO, A.WA.; BENICIO, T.M.A. Caprinos e ovinos adaptados aos trópicos Goats and sheep adapted to the tropics. J Anim Behav Biometeorol, v.3, n.2, p.42-50, 2015.

SOUSA, W.H.; BRITO, E.A.; MEDEIROS, A.N. et al. Características morfométricas e de carcaça de cabritos e cordeiros terminados em confinamento. Revista da Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 38, p. 1340-1346, 2009.

VASCONCELOS, R.V; LEITE, E.R. BARROS, N.N. Terminação de caprinos e ovinos deslanados no nordeste do Brasil. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 1., 2000, João Pessoa. Anais. João Pessoa: EMEPA-PB, p. 97-106, 2000.

ZAPATA, J.F.F.; SEABRA, L.M.A.J.; NOGUEIRA, C.M. et al. Características de carcaça de pequenos ruminantes do Nordeste do Brasil. Revista Ciências Animal, v. 11 n. 2, p. 79-86, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.