Utilização do lodo de esgoto na produção de mudas e no cultivo do eucalipto (Eucalyptus spp)

João Felipe de Oliveira Nunes Ibrahim, Irineu Vieira da Silva Junior, Fabiana da Costa Barros, Doris Rakel Monteiro Paez, Alexandre Lioi Nascentes, Leonardo Duarte Batista da Silva

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo analisar, por meio de uma revisão bibliográfica atualizada, a viabilidade da utilização do lodo como substrato na produção de mudas de espécies florestais e como fonte alternativa de adubo para a cultura do eucalipto. Foram utilizadas como bases de pesquisa: SciELO, Portal de Periódicos da CAPES, portais de teses de diversas universidades, Scopus, Bireme e SienceDirect, além de livros e publicações técnicas como manuais, notas e normas.


Palavras-chave


Biossólidos; Pinus; Substrato.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, C. A. & MATTIAZZO, M. E. 2000. Nitratos e metais pesados no solo e nas árvores após aplicação de biossólido (lodo de esgoto) em plantações florestais de Eucalyptus grandis. Scientia Forestalis, v 58, p 59-72.

ANDRADE, C. A. Fração orgânica de biossólidos e efeito no estoque de carbono e qualidade da matéria orgânica de um Latossolo cultivado com eucalipto. 2004. 121p. Tese (Doutorado em Agronomia) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

ANDRADE, C. A.; OLIVEIRA, C.; CERRI, C.C. 2005. Qualidade da matéria orgânica e estoques de carbono e nitrogênio em latossolo tratado com biossólido e cultivado com eucalipto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, n 29, p 803-816.

BARREIROS, R. M.; GONÇALVES, J. L. M.; SANSÍGOLO, C. A.; POGGIANI, F. 2007. Modificações na produtividade e nas características físicas e químicas da madeira de Eucalyptus grandis causadas pela adubação com lodo de esgoto tratado. Revista Árvore, Viçosa, v 31, n 1, p 103-111.

BELLOTE, A. F. J., SILVA, H. D. In:Sistemas de Produção, 4. Embrapa Florestas. 2003. Disponível em http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Eucalipto/CultivodoEucalipto/05_03_adubacao_e_calagem.htm.

CALDEIRA, M. V. W.; GONÇALVES, E. O.; TRAZZI, P. A.; DELARMELINA, W. M.; ROCHA, R. L. F. Crescimento de mudas de Eucalyptus grandis utilizando lodo de esgoto, fibra de coco e palha de café in natura. FLORESTA, v.44, n.2, p.195-206, 2014. Disponível em https://revistas.ufpr.br/floresta/article/view/30170.

CAMPOS, F. S.; ALVES, M. C. 2008. Uso de lodo de esgoto na reestruturação de solo degradado. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v 32, p 1389-1397.

CONAMA. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução –. Resolução no 375/2006. Ministério do Meio Ambiente Define critérios e procedimentos para o uso agrícola de lodos de esgoto gerados em estações de tratamento de esgoto sanitário e seus produtos derivados. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, n 167, p 141-146, 30 ago 2006.

FARIA, L. C. Fertilização de povoamentos de eucalipto com biossólido da ETE de Barueri, SP: demanda potencial e nível mínimo de resposta. 2000. 85p. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

FARIA, L. C.; RODRIGUEZ, L. C. E. 2000. Aplicabilidade de biossólido em plantações florestais: V. avaliação do potencial de uso do resíduo da ETE de Barueri, SP. In: BETTIOL, W.; CAMARGO, O. A. (Ed). Impacto Ambiental do Uso Agrícola do Lodo de Esgoto. Jaguariúna: EMBRAPA Meio Ambiente, cap. 12, p 209-213.

FIRME, L. P. Produção de madeira e elementos potencialmente tóxicos no sistema solo- eucalipto tratado com lodo de esgoto. 2009. 81p. Tese (Doutorado em Ciência). Centro de energia nuclear na agricultura da USP, Piracicaba.

FORTES NETO, P. 2000. 113p. Degradação de biossólido incorporado ao solo avaliada através de medidas microbiológicas. Tese (Doutorado) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

GONZAGA, M. I. S.; MACKOWIAK, C.; ALMEIDA, A. Q.; CARVALHO JÚNIOR, J. I. T. Sewage sludge derived biochar and its effect on the growth and morphological traits of Eucalyptus grandis w.hill ex maiden seedlings. Ciência Florestal, Santa Maria, v.28, n.2, p.687-695, 2018. Disponível em http://dx.doi.org/10.5902/1980509832067.

GUEDES, M. C. Efeito do lodo de esgoto (biossólido) sobre a nutrição, ciclagem de nutrientes e crescimento de sub-bosque, em plantação de eucalipto. 2000. 74p. Dissertação (Mestrado) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

GUEDES, M. C.; ANDRADE, C. A.; POGGIANI, F.; MATIAZZO, M. E. 2006. Propriedades químicas do solo e nutrição do eucalipto em função da aplicação de lodo de esgoto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v 30, p 267-280.

GUEDES, M. C.; POGGIANI, F. 2003. Variação dos teores de nutrientes foliares em eucalipto fertilizado com biossólido. Scientia Forestalis. n 63, p 188-201.

GUEDES, M.C. Ciclagem de nutrientes após aplicação de lodo de esgoto (biossólido) sobre latossolo cultivado com Eucalyptus Grandis. 2005. 154p. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

LIRA A. C. S. de; GUEDES, M. C.; SHALCH, V. 2008. Reciclagem de lodo de esgoto em plantação de eucalipto: carbono e nitrogênio. Engenharia Sanitária Ambiental v 13, n 2, p 207-216.

MARTINS, L. F. S. Configuração do sistema radicular das árvores de Eucalyptus grandis em resposta à aplicação de doses crescentes de biossólido. 2002. 73p. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

MOLINA, M. V. Nitrogênio e Metais pesados em latossolo e eucalipto cinquenta e cinco meses após a aplicação de biossólido. 2004. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba.

MOLINA, M. V.; MATIAZZO, M. E.; ANDRADE, C. A. & POGGIANI, F. Nitrogênio e metais pesados no solo e em árvores de eucalipto decorrentes da aplicação de biossólido em plantio florestal. Scientia Florestalis, n 71, p 25-35, 2006.

POGGIANI, F.; BENEDETTI, V. Aplicabilidade do lodo de esgoto urbano em plantações de eucalipto. Silvicultura, n 80, p 48-52, 1999.

POGGIANI, F.; GUEDES, M. C.; BENNEDETTI, V. 2000. Aplicabilidade do Biossólido em plantações florestais I. Reflexo do ciclo dos nutrientes. In: BETIOL,W.; CAMARGO, O. A. (Ed.). Impactos Ambientais do uso agrícola do lodo de esgoto. Jaguariúna: EMBRAPA Meio Ambiente, cap. 8, p 162-178.

ROCHA, G. N. Monitoramento da fertilidade do solo, nutrição mineral e crescimento de um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido. 2002. 48p. Dissertação (Mestrado) – Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba.

ROCHA, G. N.; GONÇALVES, J. L. M.; MOURA, I. M. 2004. Mudanças da fertilidade do solo e crescimento de um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido. Revista Brasileira de Ciência do Solo. Viçosa-MG, v 28, n 4, p 623-639.

SILVA, P. H. M. Produção de madeira, ciclagem de nutrientes e fertilidade do solo em plantios de Eucalyptus grandis, após aplicação de lodo de esgoto. 2006. 117p. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba.

SILVA, P. H. M.; POGGIANI, F. 2005. Lodo de Esgoto tratado (biossólido) em Plantações Florestais. IPEF- Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais. Disponível em: http://www.ipef.br/silvicultura/lodo.asp

SILVA, P. H.; POGGIANI, F.; GONÇALVES, J. L. M.; STAPE, J. L.2008. Volume de madeira e concentração foliar de nutrientes em parcelas experimentais de Eucalyptus grandis fertilizadas com lodos de esgoto úmido e seco. Revista Árvore, Viçosa, v 32, n 5, p 845-854.

SILVA, F. A. M.; NUNES, G. M.; ZANON, J. A.; GUERRINI, I. A.; SILVA, R. B. Resíduo agroindustrial e lodo de esgoto como substrato para a produção de mudas de eucalyptus urograndis. Ciência Florestal, Santa Maria, v.28, n.2, p.827-828, 2018. Disponível em http://dx.doi.org/10.5902/1980509832101.

SILVA, M. I.; MACKOWIAK, C.; MINOGUE, P.; REIS, A. F.; MOLINE, E. F. V. Potential impacts of using sewage sludge biochar on the growth of plant forest seedlings. Ciência Rural, Santa Maria, v.47, n.1, p.1-5, 2017. Disponível em https://dx.doi.org/10.1590/0103-8478cr20160064.

VAZ, L. M. S.; GONÇALVES, J. L. M. 2002. Crescimento inicial e fertilidade do solo em um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido. Sitientibus, Feira de Santana, n 26, p 151-174. Disponível em http://www2.uefs.br/sitientibus/pdf/26/crescimento_inicial_e_fertilidade_do_solo.pdf

VAZ, L. M. S; GONÇALVES, J. L. M. 2002. Uso de biossólidos em povoamento de eucalipto: efeito em atributos químicos do solo, no crescimento e na absorção de nutrientes. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v 26, n 3, p 747-758.

VAZ, L. S. V. Crescimento inicial, fertilidade do solo e nutrição de um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido. 2000. 41p. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.