Análise de deformações em guarda-corpo metálico conforme cargas da NR 18, RTP 01 e NBR 6120 / Analysis of deformations in metallic guardrails according to loads of NR 18, RTP 01 and NBR 6120

Maria Carolina Rovani, Letícia Nonnenmacher, Marcelo Fabiano Costella

Resumo


O presente estudo objetiva avaliar o comportamento de uma estrutura de guarda-corpo metálico submetido às cargas de 90 kgf para o travessão superior e 66 kgf para o travessão inferior (cargas concentradas no centro da estrutura), estabelecidas na nova proposta da NR 18, além dos valores distribuídos de 150 kgf/m abordado pela RTP 01 e 80 kgf/m definido na NBR 6120. Como método de pesquisa, foi primeiramente estabelecido um modelo baseado na NR 18 com discretização 2D a partir do software Ansys e a partir do qual foram adotados parâmetros de condições de vinculação e meios de união entre os elementos. Posteriormente, os carregamentos pré definidos foram aplicados sobre três variações de distanciamento entre os montantes verticais da estrutura, sendo elas: 1,50 metros, 2,00 metros e 2,50 metros. A análise das deformações ocasionadas aos diferentes arranjos foi realizada utilizando-se o Método dos Elementos Finitos (MEF). Os resultados indicaram que a deformação permitida foi respeitada em todos os vãos quanto à aplicação das cargas estabelecidas na nova proposta da NR18, e para a carga da NBR 6120 nos vãos de 1,50 e 2,0 m. A contribuição desse artigo oriundo de especialização em engenharia de segurança do trabalho é de discussão da nova proposta da NR18, a qual propõe cargas aplicáveis a guarda-corpo provisórios que não estão incorporadas à RTP 01 existente, de natureza de difícil aplicação em função do elevado carregamento.


Palavras-chave


Segurança do trabalho; NR-18; Guarda-corpo metálico; Análise estrutural.

Texto completo:

PDF

Referências


AEPS - ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. Estatísticas de acidentes de trabalho. Brasília – Distrito Federal, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 de abril de 2015.

ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6120: Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. Rio de Janeiro: ABNT, 2000.

_______. NBR 8800: Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios. Rio de Janeiro: ABNT, 2008.

BARUFFI, Diniane. Análise numérica e experimental de estruturas de guarda-corpos para a Segurança do Trabalho na Construção Civil. 2017. 117f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental) – Universidade de Passo Fundo. Passo Fundo, 2017.

BRASIL. MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. NR 18: Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Brasília: MTE, 2015a.

_______. _______. Revisão da Norma Regulamentadora sobre Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - NR 18. Portaria n. 383, de 21 de maio de 2013. Brasília, 2013.

_______. _______. Revisão da Norma Regulamentadora sobre Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - NR 18. Portaria n. 383, de 21 de maio de 2013. Versão consolidada pelo Comitê Permanente Nacional na reunião de 9 jul. 2015. Brasília, 2015b.

COSTELLA, M. F.; PILZ, S. E.; SORGATO, P. L.; BALDISSERA, A. Ensaio estático e dinâmico de proteções coletivas contra quedas de altura em canteiros de obras. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 5, 2014, Maceió. Anais... Maceió: ENTAC, 2014.

FUNDACENTRO. Recomendação técnica de procedimentos – RTP 01: Medidas de proteção contra quedas de altura. São Paulo, 2003.

OCCUPATIONAL SAFETY AND HEALTH ADMINISTRATION. OSHA 1926.502: Fall protection systems criteria and practices. United States Department of Labour: 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.