Formação tecnologia e currículo: importantes contribuições para a prática docente / Training technology and curriculum: important contributions to the teaching practice

Selma Bessa Sales, Eliziete Nascimento de Menezes

Resumo


O presente artigo trata de uma experiência de formação de professores readaptados sob o olhar da educação à distância na perspectiva de inovação das práticas pedagógicas com o uso de objetos digitais de aprendizagem (ODAS). Nosso objetivo foi descrever o processo de formação continuada dos professores considerando o uso de ODAS para o desenvolvimento do currículo no contexto escolar. A formação se deu com os docentes em situação de readaptação no Sistema Público Municipal de Ensino de Fortaleza-CE, realizada pela Célula de Inovação Educacional/Núcleo de Tecnologia Educacional. O cenário de investigação teve como base de análise a participação nas atividades desenvolvidas pelos docentes no curso “Tecnologia e Currículo”, evidenciando o uso de ODAS e acesso aos diferentes materiais de referência como ressignificação das formas tradicionais de aprender. A metodologia da pesquisa contou com os seguintes aspectos: 1) aplicação de questionário de diagnóstico inicial na ferramenta Google Drive 2) aplicação de questionário de observação da participação do cursista na plataforma Escola Digital Fortaleza 3) experiências através do compartilhamento das ações nos fóruns. O curso apresentou propostas práticas de como desenvolver e utilizar os ODAS, no contexto do processo ensino aprendizagem, através da vivencia de uso de ferramentas digitais diversas: vídeos, jogos, mapas interativos, simuladores, revistas digitais etc, compreendidos como recursos digitais que contribuem para o processo de construção do conhecimento e não apenas como um recurso auxiliar no ensino. Os resultados apontaram que, nessa perspectiva de criação, e uso dos ODAS, os professores aprenderam fazendo, criando e planejando suas aulas inovando a produção do saber e repensando práticas pedagógicas à proporção que avançavam na apropriação e uso dessas ferramentas digitais. Conclui-se a partir dos resultados obtidos que a formação além de agregar novos conhecimentos e procedimentos didáticos, trouxe a clareza de como atuar concretamente no espaço escolar com o uso de ferramentas digitais, gerando novas formas de ensinar e aprender para a melhoria da autoestima dos sujeitos implicados no processo da formação, bem como a superação da situação de exclusão digital vivenciada por alguns, para uma nova investida na trajetória profissional.


Palavras-chave


Formação de Professores. Tecnologia. Objetos Digitais de Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, L. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo- RBAAD – 2011 pág.85. Disponível em: Acesso em: julho 2016.

BRASIL. Lei nº 6.794, de 27 de dezembro de 1990. Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Fortaleza. Diário Oficial do Município, Fortaleza, Ce, C. IV -Seção I, Art. 27 p. 11e 12. Disponível em: Acesso em: Maio 2016.

LÉVY. P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34: Cortez, 1993.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações – 11ª ed. Campinas, SP; Autores Associados, 2011.

SILVA, Marco (Org.). Educação online. São Paulo: Loyola, 2006.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional / Maurice Tardif. 17. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.